Início » Brasil » Conheça o deputado do PT que quer acabar com o ‘dinheiro vivo’
Projeto de lei

Conheça o deputado do PT que quer acabar com o ‘dinheiro vivo’

Reginaldo Lopes defende a extinção do papel-moeda num prazo de cinco anos

Conheça o deputado do PT que quer acabar com o ‘dinheiro vivo’
Projeto do deputado Reginaldo Lopes tem apenas três artigos (Fonte: Reprodução/Veja)

O deputado Reginaldo Lopes (PT-MG), que é também secretário de Assuntos Institucionais do PT, acaba de apresentar na Câmara um projeto de lei que visa acabar com a circulação de dinheiro em espécie no Brasil.

Segundo o projeto de apenas três artigos do deputado, o papel-moeda seria extinto no Brasil num prazo de cinco anos e substituído totalmente pelo uso de cartões eletrônicos. O projeto prevê ainda que os bancos não poderiam cobrar taxas por operações de débito.

Reginaldo Lopes defende seu inusitado projeto de lei dizendo que o fim do chamado “dinheiro vivo” reduziria “a violência, a corrupção, a lavagem de dinheiro e o tráfico de drogas”, e que a sonegação praticamente seria eliminada.

Fontes:
Veja - Deputado petista quer acabar com o dinheiro

16 Opiniões

  1. Joel L. Vieira disse:

    Pensei em já ter visto e ouvido de tudo! O Pt e seus deputados e apoiadores ideológicos, além de terem dormido hoje (2016) e acordado no século passado, no início do século, mais precisamente, me passa a impressão que intransigência pouca é bobeira. O estado deve ter ocupação mínima no meio social, uma ingerência singular e produtiva, sem méritos, pois existe ali para fazer sua obrigação, ADMINISTRAR. Hoje, este governo não nos dá garantia de nenhuma lisura moral para propor quaisquer iniciativas. Medidas como esta tem um vies ditatorial, confortável para o estado que teria um controle total do meio circulante. Portanto, com essa administração que temos hoje, com esses atuais políticos( a maioria, corruptos) o melhor que temos a fazer é prevenirmos! Façam a sua parte, o governo não vive sem o seu capital!

  2. Clovis disse:

    não é uma boa não vai solucionar, primeiro tem que ver se isso agrada a população perguntar
    ao povo segundo pena dura para corruptos se mais nem menos ,esse projeto vai fazer com que o controle financeiro passe para as mãos dos corruptos, sou contra esse projeto ,não pode ser aprovado ,tem que ver opinião do povo

  3. Vanias disse:

    Até parece!!! ia sumir pontos da nossa conta rapidinho!!! Darão um jeito de levar nossos pontos para outras contas!e qdo formos viajar?….no exterior tbm usaríamos pontos em restaurantes etc etc???…Ah…vá caçar coquinho, Não tem o q fazer,ficam inventado porcarias para o povo trouxa acreditar!!!!…..Affffff…ni guém merce uma b dessa no Congresso Nacional!!! Bah!!!

  4. José Maria Alves disse:

    Sim, funciona, o papel moeda seria substituído por pontos. Salário por exemplo, seria creditado em pontos á serem gastos no cartão. Da mesma forma o banco creditaria pontos nos depósitos e não mais papel nem moeda. Só que isto desempregaria juízes, delegados, policiais, seguranças, etç. Além do que, isto reduziria drasticamente a população carcerária, pensem!…

  5. José Maria Alves disse:

    Sim, ao invés de papel moeda você somaria pontos. Se o salário é 780 reais, então seriam 780 pontos á serem gastos no cartão somente. Não haveria mais como assaltar e se um ladrão roubasse digamos um relógio ele venderia para quem?… Funciona sim, só que iria desempregar juizes, delegados, policiais e reduziria em quase 90 por cento a prisão carcerária. As drogas por exemplo, seriam pagas de que forma?!…

  6. Agapito costa disse:

    Eu não tenho mais opinião sobre este bando de ladrões que querem se perpetuar no poder.
    Temos é que fazermos uma intervenção militar e recuperar o país, após noventa dias convocar eleições direta novamente.
    Os interessados a concorrem aos cargos políticos terão que se submeter há um rigoroso teste de aptidão.

  7. Hélen disse:

    MUITOS PODEM NÃO ENTENDER O REAL SENTIDO NESSE NOVO PROJETO QUE ELES QUEREM IMPLANTAR. A BÍBLIA MOSTRA MUITO BEM EM APOCALIPSE OS SINAIS DO FINS DOS TEMPOS, MAS PARA AQUELES QUE TEM UMA MENTE FECHADA FICA DIFÍCIL DE ENTENDER, NOS EUA JÁ FOI IMPLANTANDO ESSA HISTÓRIA DE MICRO-CHIP, MUITOS NEM PERCEBEM QUE ESSE PLANO É DIABÓLICO, LEIAM A BÍBLIA E VOCÊS ENTENDERAO O POR QUE DE TODO ESSE INTERESSE EM TIRAR O DINHEIRO VIVO DE CIRCULAÇÃO, RESPEITO A OPINIÃO DE TODOS E ESPERO DE RESPEITEM A MINHA TAMBÉM, NÃO SOU LOUCA MAS ESTAMOS VENDO POR AI VÁRIOS INDÍCIOS DO FIM DOS TEMPOS. ENTÃO VAMOS SER SÁBIOS E ACEITAR QUE O PT QUER DOMINAR TOTALMENTE A HUMANIDADE, SÃO MUITOS ESCÂNDALOS, DEPUTADOS QUERENDO FAZER COISAS ABSURDAS, CHEGA!!!! ACORDA BRASIL.

  8. jovelino bispo vieira disse:

    ACONSELHO A TOMAR MUITO CUIDADO, TUDO QUE O “PT” FAZ ….CADA PROJETO…TEM SEMPRE UMA SEGUNDA INTENCAO POR DE TRAZ, EX: REGULACAO.DE MIDIA, CONSELHOS POPULARES, O PT E MOVIDO POR UMA IDEOLOGIA NEFASTA E ANTIDEMOCRATICA, EM SE TRATANDO DE “PT” TODO CUIDADO E POUCO

  9. Paulo Fernando disse:

    Continuo não entendendo essas coisas desses projetos porque não vejo como solução que espera a sociedade.

  10. Patrícia Peregrino disse:

    Claro que seria interessante, a intenção de acabar com a corrupção, lavagem de dinheiro etc.. estaria inserido. Independentemente de ser do PT , ou de qualquer outro partido. O que devemos entender é que enquanto estivermos “partidos” e não “inteiros” pelo Brasil, não aparecerá nenhum “Salvador da Pátria para “nos acudir nãoo”” ..Vamos deixar de besteiras e de querer ser ingênuos , pois bem sabemos de onde vem tantas falcatruas e não é só do PT ou de quem quer que seja com um sinal, mas sim de todo povo brasileiro que deve tomar vergonha na cara , levantar de seu conforto e buscar as mudanças que queremos ver, ok???

  11. Helene disse:

    E a economia ficará toda dolarizada…

  12. Joma Bastos disse:

    Acabar com o dinheiro vivo com um projeto-lei é utópico.
    Mas concordo parcialmente com este projeto-lei. O papel moeda irá desaparecer gradualmente com naturalidade, mas há algo que deveria ser para já obrigatoriamente executado: os bancos não deveriam poder cobrar taxas por operações de cartão de débito/transferência e assim todas as pensões, bolsas, subsídios e outros pagamento oficiosos, só deveriam/poderiam ser pagos através de transferência direta nas respetivas contas bancárias.

  13. jayme endebo disse:

    É o maldito Estado querendo controlar a vida do cidadão. Acabar com a corrupção? simples acabem com os politicos primeiro.

  14. Idur Feix disse:

    Um deputado do PT falando em acabar com a corrupção?É piada não é?

  15. Antonio Campos Monteiro Neto disse:

    Uma proposta interessante, mas concordando com André Queiroz, um tanto utópica. Somente uma observação: a “moeda escritural” existe desde que se abandonou o padrão metálico na economia.

  16. André Luiz D. Queiroz disse:

    Se o nobre deputado conseguir apontar um único país do mundo que conseguiu extinguir o uso do papel-moeda…! As intenções do projeto de lei podem até ser boas (e “De boas intenções, o Inferno está cheio!”, já dizia o antigo adágio…), mas não há a menor possibilidade de tal ideia ir à frente nos dias de hoje.
    Pode ser que, num futuro não tão distante (20, 30 anos…?), as economias convirjam para o dinheiro eletrônico em praticamente todas as transações, à medida que a tecnologia evolui e se torna mais acessível (no Japão, por exemplo, é possível pagar muita coisa por meio dos onipresentes celulares, simplesmente aproximando o aparelho do sensor de leitura, como nas catracas das estações de metrô), mas isso é algo que virá gradativamente, e não por força de lei! Além do quê, a exclusividade do dinheiro eletrônico criará outros problemas práticos: primeiro, uma dependência excessiva da chamada ‘moeda escritural’ (que só existe no registro contábil) no sistema bancário, que assim teria em suas mão o controle da economia do país; o segundo problema evidente, é a dependência de sistemas computacionais de grande capacidade para gerir toda a infinidade de transações comerciais. E se faltar energia para essas centrais de processamento, como é que fica?… Como vivemos no Brasil de hoje a eminência de apagões, é mais do que evidente que o prazo de 5 anos imaginado pelo nobre deputado para acabar com a circulação de papel moeda no país, não passa de utopia.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *