Início » Brasil » Consultoria de Palocci faturou R$ 35 milhões entre 2007 e 2010
Mandato de deputado

Consultoria de Palocci faturou R$ 35 milhões entre 2007 e 2010

A empresa Projeto teve 60 clientes entre 2007 e 2010, quando Palocci era deputado federal

Consultoria de Palocci faturou R$ 35 milhões entre 2007 e 2010
O ano em que a consultoria de Palocci mais faturou foi 2010 (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo revelou que a empresa de consultoria de Antonio Palocci, a Projeto, faturou R$ 34,9 milhões no período em que o ex-ministro da Fazenda exercia mandato de deputado federal, entre 2007 e 2010.

Entre os clientes estão 60 empresas de diferentes setores da economia, incluindo empresas de planos de saúde, de alimentação e incorporadoras de imóveis.

Os principais clientes no período citado foram a Amil, o escritório de advocacia do ex-ministro da Justiça Marcio Thomas Bastos e a Caoa Montadora de Veículos, com pagamentos acima de R$ 5 milhões cada.

A consultoria Projeto recebeu também um total de R$ 4,36 milhões de 19 clientes ligados ao sistema financeiro nacional. Entre os bancos os principais clientes foram o Safra, o Itaú, o Real e o Santander.

A investigação conduzida pelo Ministério Público Federal no Distrito Federal revelou ainda que os clientes do sistema financeiro foram responsáveis por 12,5% da arrecadação da consultoria entre 2007 e 2010.

O ano em que a Projeto mais faturou foi 2010, quando Antonio Palocci também atuou como um dos coordenadores da campanha presidencial de Dilma Rousseff.

Antonio Palocci afirmou, por meio de sua assessoria, que nunca houve interferência ou confusão entre a atividade de consultor e sua atuação parlamentar, e ainda que não há impedimento legal ao exercício simultâneo do mandato parlamentar e de outras atividades profissionais.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Palocci recebeu R$ 35 mi quando deputado

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *