Início » Brasil » Cunha diz que ruptura entre PT e PMDB teria sido melhor
Hostilidade

Cunha diz que ruptura entre PT e PMDB teria sido melhor

Presidente da Câmara afirmou neste domingo que o PMDB está 'cansado de ser agredido pelo PT constantemente'

Cunha diz que ruptura entre PT e PMDB teria sido melhor
Presidente da Câmara, Eduardo Cunha (Fonte: Reprodução/Agência Câmara)

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi vaiado no último sábado, 13, no encerramento do Congresso Nacional do PT em Salvador. Pelo Twitter, ele afirmou que a aliança do PT com o PMDB “não se repetirá”.

Cunha também agradeceu a petistas pelas vaias e críticas durante o congresso, ressaltando que “isso é sinal que estou no caminho certo”.

O presidente da Câmara afirmou ainda neste domingo, 14, também pelo Twitter, que o PMDB está “cansado de ser agredido pelo PT constantemente”.

“Talvez tivesse sido melhor que eles aprovassem no congresso o fim da aliança e não sei se num congresso do PMDB terão a mesma sorte”, ressaltou Cunha.

Durante o congresso do PT em Salvador, várias lideranças do partido propuseram fim da aliança com o PMDB. Parlamentares petistas que atuam na linha de frente governista no Congresso, no entanto, defenderam a aliança com o PMDB em nome da “governabilidade”.

Fontes:
G1 - Cunha agradece a petistas por hostilidade: 'estou no caminho certo'

1 Opinião

  1. Antonio Manoel G G Rato disse:

    A GRANDE CRISE ESTÁ POR VIR

    A situação é trágica e preocupante :

    O Executivo está desorientado e sem apoio popular.

    O Legislativo está e opera impregnado de oportunismo, fisiologismo e clientelismo e sem compromisso com as necessidades do país.

    O Ajuste Fiscal só resolve a situação de emergência.

    Nesse panorama, as reformas necessárias a recolocar o Brasil no rumo do desenvolvimento econômico e social, não acontecerão.

    A nova classe média habituou-se ao consumo

    E aí… ?

    Acho que a verdadeira grande crise nos espera…,Infelizmente.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *