Início » Brasil » ‘Cúpula Conservadora’ terá ex-astrólogo e defensor de Pinochet
EVENTO EM FOZ DO IGUAÇÚ

‘Cúpula Conservadora’ terá ex-astrólogo e defensor de Pinochet

Espécie de anti-Foro de São Paulo, ‘megaevento’ será em Foz do Iguaçu, organizado pela campanha de Bolsonaro

‘Cúpula Conservadora’ terá ex-astrólogo e defensor de Pinochet
Cúpula reunirá aqueles dispostos a solapar os pontos pacíficos das democracias liberais (Foto: cupulaconservadora)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

No próximo sábado, 28 de julho, a cidade de Foz do Iguaçú, no Paraná, receberá um “megaevento” organizado pela campanha de Jair Bolsonaro, o candidato à presidência da República forjado no vazio de lideranças políticas tão destacadas quanto consequentes nos campos da esquerda e do liberalismo brasileiros. Trata-se da assim chamada Cúpula Conservadora das Américas, em cuja apresentação oficial se diz que:

“No dia 28 de julho, vamos reunir importantes líderes e economistas liberais da América Latina para debater os problemas atuais que ocorrem em nosso país e no mundo. Serão autoridades do Brasil, Paraguai, Chile, Colômbia e Estados Unidos juntos em Foz do Iguaçu em 4 mesas-redondas abordando economia, segurança, cultura e política”.

Mas a cúpula, a rigor, não levará a Foz do Iguaçu a nata do liberalismo democrático das Américas; Levará à região da tríplice fronteira, isto sim, alguns dos pontas de lança da direita digamos que a mais disposta a solapar alguns dos pontos pacíficos das democracias liberais, como o respeito aos direitos humanos e ao poder civil – e aos direitos civis –, a começar pelo próprio capitão da reserva postulante ao Palácio do Planalto.

Trata-se da direita que se apresenta como remédio contra o “esquerdismo” do Foro de São Paulo, cuja mais recente cúpula aconteceu há poucos dias, em Cuba. Entre eles, por exemplo, o escritor, jornalista e “filósofo” Olavo de Carvalho, antigo astrólogo da revista Veja, e que talvez tenha sido a figura que mais ajudou a difundir no país (um país de tantas mazelas estruturais, um país de tantos males perpetuados pelos séculos) a ideia de que o Foro de São Paulo é “o maior inimigo do Brasil”.

Há alguns anos Olavo de Carvalho ganhou da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro a medalha Tiradentes, por indicação do deputado estadual Flavio Bolsonaro, hoje líder nas pesquisas para a disputa por uma vaga no Senado pelo Rio de Janeiro. Na Cúpula Conservadora das Américas, Olavo de Carvalho estará na mesa sobre cultura, e falará das 13:30h às 15h, a quem interessar possa.

‘Realista e condizente com a realidade’

Também há alguns anos o “filósofo” escreveu o seguinte em sua conta numa rede social, sobre quem costuma se interessar pelo que ele tem a dizer: “aparentemente, não tenho alunos nem leitores: tenho seguidores, devotos, fiéis, militantes e cultores idolátricos. Todos iletrados e de baixíssimo QI”.

Outro que não tem alunos nem leitores, mas ainda tem súditos, e que vai dividir com Olavo de Carvalho a mesa sobre cultura na Cúpula Conservadora das Américas é o “príncipe” Luiz Philippe de Orleans e Bragança, apresentado no programa da cúpula como “ativista político” e “líder do movimento Acorda Brasil”. Na última segunda-feira, 23, o nobre anunciou que está escrevendo (junto com “um grupo de ativistas altamente qualificados”) uma nova Constituição para o Brasil. Segundo ele, em vídeo publicado nas redes sociais, a nova Constituição, por assim dizer, será “realista e condizente com a nossa realidade”.

Já a mesa sobre segurança será dividida entre o promotor do Ministério Público do Rio Grande do Sul Diego Pessi – autor do livro “Bandidolatria e Democídio”, um dos maiores relativizadores dos direitos humanos do país – e o general da reserva Augusto Heleno, que por um triz não foi anunciado como vice numa chapa “puro sangue”, ou “verde oliva”, com Jair Bolsonaro.

E será o capitão Jair a estrela da mesa sobre política, que dividirá com José Antonio Kast, apresentado pela organização da Cúpula Conservadora das Américas como “terceiro lugar nas eleições presidenciais no Chile em 2018”. Não estará em Foz do Iguaçu por causa disso, porém. Estará lá porque é um notório defensor da ditadura de Pinochet, de Alberto Fujimori, conhecido por denunciar a “ditadura gay”.

A quem interessar possa…

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. ANTUNES BRANCO disse:

    O ARTIGO ACIMA DEVE TER SIDO ESCRITO POR MAIS UM ESQUERDOPATA DO LULOPETISMO. E’ SO A GENTE VER O QUE ACONTECEU NO FORO DE SAO PAULO DESTE ANO – QUE OCORREU EM CUBA – PARA VER QUE REALMENTE O FORO DE SAO PAULO E’ O MAIOR INIMIGO DO BRASIL – E DA AMERICA LATINA – SEM SOMBRA DE DUVIDAS !
    AS HOMENAGENS A MADURO E ORTEGA REALMENTE SAO DIGNAS DE UM SANATORIO MENTAL
    O SR HUGO SOUZA PODERIA ATE CRITICAR A CUPULA CONSERVADORA DAS AMERICAS DE UMA FORMA MAIS CONSTRUTIVA , MAS PELAS IMBECILIDADES QUE COLOCA DEVE SER UM DOS ELEITORES DO UNICO CANDIDATO PRESIDIARIO DO MUNDO .
    ME CAUSA ESPANTO O OPINIAO E NOTICIA COLOCAR ESSE ARTIGO EM SUA PAGINA.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *