Início » Brasil » CVM investiga Mantega por induzir investidores da Petrobras a erro
política de controle de preços

CVM investiga Mantega por induzir investidores da Petrobras a erro

Além do ex-ministro, outros sete ex-conselheiros da Petrobras são investigados por adotar medidas que causaram um prejuízo de US$ 20 bilhões a estatal

CVM investiga Mantega por induzir investidores da Petrobras a erro
A investigação não tem nenhuma relação com a Operação Lava-Jato (Foto: Wikimedia)

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu uma investigação contra o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega e outros sete ex-membros do Conselho de Administração da Petrobras por induzir investidores ao erro ao aprovar medidas de controle de preço dos combustíveis que prejudicaram os negócios da estatal.

Além de Mantega, são alvos da investigação o presidente do BNDES, Luciano Coutinho; a presidente da Caixa, Miriam Belchior; o presidente da Eletrosul, Marcio Zimmermann; e os ex-conselheiros da estatal Francisco de Albuquerque; Jorge Gerdau Johannpeter, José Maria Ferreira Rangel, e Sérgio Franklin Quintela. Dos oito investigados, apenas Coutinho permanece no conselho.

A investigação não tem nenhuma relação com a Operação Lava-Jato. Ela tem como objetivo apurar a responsabilidade dos investigados na aprovação do Plano de Negócios 2014-2018 da estatal e na política de controle de preços dos combustíveis, medidas que causaram um prejuízo de US$ 20 bilhões a Petrobras entre 2011 e 2014.

A política de controle de preços foi usada pelo governo para manter a inflação sob controle em anos de intensos gastos públicos. Se ficar comprovada a responsabilidade dos investigados, eles podem ser multados e impedidos de assumir cargos de administração ou de conselhos em empresas abertas.

Em nota, a CVM informou que “a acusação se baseia na falsa expectativa que foi gerada ao mercado em razão da divergência entre as divulgações feitas pela companhia sobre a política de preços e a forma como ela foi levada a efeito pelos administradores na prática”.

Fontes:
The Wall Street Journal-Brazil Probes Ex-Finance Minister Mantega

1 Opinião

  1. Marluizo Pires Cruz disse:

    Diante de tantos investigados, vem a confirmar o que tinha dito, “As maldades do Estado não é coisa de uma pessoa só”.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *