Início » Brasil » Datafolha indica que 60% da Câmara votarão a favor do impeachment
IMPEACHMENT

Datafolha indica que 60% da Câmara votarão a favor do impeachment

Pesquisa do Datafolha revela que maioria dos deputados votará a favor do impeachment. Percentual não é suficiente para dar prosseguimento ao processo

Datafolha indica que 60% da Câmara votarão a favor do impeachment
Serão necessários 342 votos para encaminhar o processo ao Senado (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Uma pesquisa do Datafolha publicada nesta sexta-feira, 8, no jornal Folha de S. Paulo revela que 60% dos deputados federais dizem que votarão a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff. O levantamento foi feito entre 21 de março e 7 de abril. A votação está prevista para ocorrer no próximo dia 17 de abril.

No entanto, se essa projeção se confirmar para todos os 513 parlamentares votantes, o processo de impeachment não seria aprovado, já que teria 308 votos, 34 a menos do que os 342 necessários (dois terços do Congresso) para encaminhá-lo ao Senado.

Leia também: Abstenções podem ser decisivas para o impeachment na Câmara
Leia também: ‘Dilma por um fio’, diz revista ‘Economist’

Do outro lado, cerca de 21% dos parlamentares disseram que votarão contra o impeachment de Dilma, o que representaria 108 deputados a favor da permanência da presidente. Para que o processo não avance, Dilma precisa que 172 parlamentares votem contra seu impedimento. A votação do próximo dia 17 deverá ser definida pelo voto dos parlamentares indecisos, que representam cerca de 18% dos votos.

A pesquisa também faz uma projeção dos votos nas principais bancadas da Câmara. De acordo com o Datafolha, 57% dos parlamentares do PP são pró-impeachment e 30% estão indecisos. Já no PMDB, que anunciou sua saída do governo no mês passado, 59% dos seus deputados são a favor, 24% contra e 21% indecisos.

É o terceiro levantamento feito pelo Datafolha com parlamentares sobre o impeachment. Comparando com pesquisas anteriores, houve uma evolução dos parlamentares favoráveis à saída de Dilma – em dezembro de 2014 eram 42%. Também houve recuo do percentual de deputados indecisos (27% em dezembro) e contrários ao impeachment (31%).

Fontes:
Folha S. Paulo-Na Câmara, 60% dizem votar pelo impeachment de Dilma Rousseff
O Globo-Datafolha: 60% dos deputados afirmam votar pelo impeachment

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

5 Opiniões

  1. Roberto1776 disse:

    O que não dá para entender é um partido que começou com uma proposta de direita, o pepê, estar na base de apoio da maior vanguarda do atraso que o país já conheceu nos últimos 126 anos, um petê capaz de ruborizar, se vivos fossem, o jango, o getúlio e possivelmente o pior de todos, o briza.

  2. Ludwig Von Drake disse:

    As atitudes e a aparência da Dona Dillma não são de uma pessoa saudável. Fico a pensar se ella não estaria com algum problema, algum encosto.

  3. Vitafer disse:

    Carlos, você deve estar galhofando, né!

  4. carlos doria disse:

    Cunha para presidente!

    Abaixo o PT e Dilma.

  5. Renato Cesar disse:

    Se é uma previsão do datafolha (KKKKK), uma entidade aparelhada pelo PT, então, com certeza, esse número é bem maior. Esse instituto (???) não tem credibilidade nenhuma.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *