Início » Brasil » Dedos no gatilho
COLUNA ESPLANADA

Dedos no gatilho

Decreto da posse e porte de armas do presidente Jair Bolsonaro corre risco de cair

Dedos no gatilho
Há possibilidade de derrota para o presidente (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

O decreto da posse e porte de armas do presidente Jair Bolsonaro corre risco de cair. Senadores da Rede, Cidadania, PT e PROS articulam para que tramitem em regime de urgência todos os projetos de decreto legislativo que questionam a flexibilização. São quatro PDLs no Senado que pedem a suspensão dos efeitos do Decreto 9.785 assinado pelo presidente. O plenário já aprovou requerimento da senadora Simone Tebet (MDB-MS) que determinou a tramitação conjunta dos projetos. Se aprovada a urgência, os textos não terão que passar pelas demoradas sessões da Comissão de Constituição e Justiça, e serão analisados diretamente no plenário da Casa Alta.

Em suma

Muitos parlamentares reclamam que o tema deveria passar por debate no Congresso.

Sem coldre

Há possibilidade de derrota para o presidente. Por exemplo, ele não tem maioria hoje no Senado para aprovar a Reforma da Previdência – se passar na Câmara.

Garoto propaganda?

O lobby da indústria do cigarro pega pesado e usa a boa vontade do ministro Sérgio Moro para tentar reduzir carga tributária. O Palácio já sacou e alertou o ministro.

Aliás…

…alguém aí já viu o Sérgio Moro com um cigarro na mão? Muito menos na boca.

Da proa

A saída da empresária bolsonarista Leticia Catelani da Apex Brasil, onde fora nomeada diretora de Negócios, foi mais constrangedora que o divulgado por ela nas redes sociais. Letícia mal passou da portaria ao voltar para pegar suas coisas após a demissão. O presidente Bolsonaro soube e determinou ao novo presidente da Apex, almirante Sérgio Segovia, que se retratasse. Não se sabe se houve o pedido de desculpas.

Segredo de aliada

Catelani era ligada aos ‘olavistas’ e contra a forte ascensão dos militares no Governo. E qual o poder dela sobre o presidente Bolsonaro? Empresária de família rica paulista, ela abraçou a candidatura há mais de ano, e foi ela quem arrumou jatinho para Bolsonaro viajar de Juiz de Fora para internação no Albert Einstein (SP), quando sofreu atentado.

Cadê a mamadeira??

Um importante ex-mandatário com bela esposa deputada federal foi acometido por crise numa agenda oficial de viagens dela em comitiva. Ligou várias vezes à noite, durante dias, avisando que o filho pequeno passava mal. Era só ciúme e saudade.

Rota feminina

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Governo do Rio lança amanhã o projeto ‘Uma Por Todas’. A estreia será com dois ônibus equipados para atender mulheres em situação vulnerável em 13 municípios do noroeste fluminense.

Lupa neles

Chegou ao gabinete do ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro, o caso revoltante da morte, há dias, do jovem Andrei Francisquini. A família acusa a PM de erro numa abordagem em Santo Antônio da Platina (PR) e quer federalizar a investigação.

CULTURA

Leitura de Bibi

Herdeiros colocaram em leilão a biblioteca da saudosa Bibi Ferreira – exatos 538 livros. ‘Jeremias, O Bom’, de Ziraldo, e ‘A Glória e seu cortejo de horrores’, de Fernanda Torres, autografados para a cantora, foram vendidos por R$ 140, cada. Há outras preciosidades e raras primeiras edições no site do leiloeiro Antônio Ferreira.  

100 de Dias Gomes

A família de Dias Gomes organiza ações para o centenário do dramaturgo, em outubro de 2022. Haverá exposições, montagens de peças e filmes, como ‘O Santo Inquérito’. A Coluna revelou que sua viúva encontrou originais de nova adaptação para o filme ‘O Pagador de Promessas’ – que ganhou a Palma em Cannes. Seu sonho era o Oscar.

MERCADO

Feirão na pista

O Mercado Livre promove a partir de amanhã novo feirão online de veículos. Repetirá a ação de recompensa (R$ 500 na conta do Mercado Pago). Clientes do Rio, SP e Minas são os mercados mais participativos do feirão, constatou o Mercado.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Almanakut Brasil disse:

    Sem armas, virá a “Lei Adélio”, que fará com que todo mundo pegue a faca.

    Porém, barateando o preço do botijão de gás será de grande ajuda.

  2. André Vinícius Vieites disse:

    OS resultados de CPIs têm sido pífios e desacreditam mais a política do que moralizam os costumes.
    O encontro entre a classe média e o Brasil era o que faltava. Os políticos não decifraram na aspiração nacional de consumo a estabilidade social e política que, com o princípio da maioria absoluta, o pequeno PRINCÍPIO DA IGUALDADE ESTÁ LONGE DE ACONTECER NA PARTICULARIDADE BRASILEIRA. O DESNÍVEL SOCIAL E ECONÔMICO SÓ IRÁ AUMENTAR ESTAS TENSÕES POSTERIORES AS CPIS.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *