Início » Brasil » Delação de Palocci mira Lula, Dilma e PT
DELAÇÃO PREMIADA

Delação de Palocci mira Lula, Dilma e PT

Ex-ministro narra em delação a relação dos ex-presidentes e do PT com a Odebrecht

Delação de Palocci mira Lula, Dilma e PT
O ex-ministro terá ainda que apresentar provas de que está falando a verdade (Foto: Agência Brasil)

O ex-ministro Antonio Palocci teria entregue pessoalmente pacotes de dinheiro ao ex-presidente Lula nos últimos meses de 2010. Os pagamentos ao ex-chefe de Estado, segundo Palocci, chegavam a somar R$ 50 mil. As informações teriam sido compartilhadas com a Justiça através de delação premiada, conforme informou o jornal Globo nesta sexta-feira, 27.

Além disso, a delação de Palocci teria repassado o esquema de corrupção da Petrobras, e como os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff estariam envolvidos em atos corruptos. Ademais, o ex-ministro teria falado também de um esquema de arrecadação do PT com empreiteiras citadas na Operação Lava Jato.

Os fatos citados por Palocci são investigados, ou passíveis de investigação, em primeira instância, ou seja, sob o olhar da 13ª Vara Federal de Curitiba, comandada pelo juiz federal Sérgio Moro. Ao longo do processo, o ex-ministro ainda poderá apresentar anexos de casos considerados interessantes pelos investigadores.

Palocci cumpre pena em Curitiba desde setembro de 2016, tendo sido condenado por Moro a 12 anos, dois meses e 20 dias por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Os investigadores concluíram, nas últimas semanas, o recolhimento dos depoimentos, que agora estão em fase de homologação, o que levar duas semanas.

O ex-ministro terá ainda que apresentar provas de que está falando a verdade sobre o envolvimento dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff em esquemas de corrupção. Caso tenha mentido, poderá perder os benefícios previstos no acordo.

Dinheiro a Lula

O ex-ministro combinava previamente um local para entregar o dinheiro ao ex-presidente Lula no fim de 2010, quando o então chefe de Estado se preparava para deixar a presidência. Como não dirigia o próprio carro, Palocci levava um auxiliar, que pode ser chamado para testemunhar.

Para dar credibilidade às informações, o ex-ministro listou datas, horários e o nome de seu assessor. Com essas informações, os investigadores podem apurar ligações que poderiam estar sendo feitas para combinar a entrega do dinheiro.

Parte do dinheiro entregue ao ex-presidente teria saído da “conta amigo”, uma suposta reserva de propina para Lula no Departamento de Operações Estruturadas da Odebrecht. Palocci teria descrito ainda um encontro com Lula e Dilma no Palácio do Planalto para falar sobre construções de sondas para explorar petróleo em águas profundas. O dinheiro seria para bancar a eleição da ex-presidente no pleito de 2010.

Dilma e PT se defendem

Segundo o ex-ministro, Dilma Rousseff teria tentado nomear Lula ministro da Casa Civil em 2016 como forma de atrapalhar as investigações da Lava Jato. Em nota divulgada pela assessoria da imprensa da ex-presidente, através de seu site oficial, Dilma afirma que Palocci mente para tentar sair da cadeia.

“A delação implorada do senhor Antonio Palocci tem um problema central. Não está sustentada em provas. E ele não as têm porque tais fatos jamais ocorreram. No esforço desesperado de obter a liberdade, o senhor Antonio Palocci cria um relato que busca agradar aos investigadores, na esperança de que possam deixá-lo sair da prisão”, afirma o comunicado.

Já através do site do PT, a presidente do partido, Gleisi Hoffmann, também acusa Antonio Palocci de estar mentindo para tentar sair da prisão.

“Lula nunca pediu nem recebeu dinheiro ilícito. As novas mentiras, como sempre desacompanhadas de qualquer prova, vêm à tona 24 horas depois que a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal corrigiu, em parte, aberrações jurídicas que davam a Sergio Moro poderes que ele jamais deveria ter recebido, para comandar ações fora de sua jurisdição”, apontou a presidente do PT.

Fontes:
O Globo-Palocci aprofunda detalhes sobre esquema de arrecadação do PT

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Laércio disse:

    Delações não são nada sem punição! Os canalhas vão para prisão cinco estrelas e após alguns meses ficarão na domiciliar, de nada adianta! Nossa constituição teria mais utilidade no banheiro…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *