Início » Brasil » Depois de Haddad, Alckmin também é alvo de denúncia do MP
CAIXA 2

Depois de Haddad, Alckmin também é alvo de denúncia do MP

Ex-governador teria recebido da Odebrecht R$ 9,9 milhões via caixa 2 eleitoral

Depois de Haddad, Alckmin também é alvo de denúncia do MP
Alckmin em atividade de campanha (Fonte: Reprodução/Fotos Públicas)

Um dia depois de denunciar o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, do PT, por corrupção, o Ministério Público de São Paulo denunciou, nesta quarta-feira, 5, o ex-governador do estado, Geraldo Alckmin, do PSDB, por improbidade administrativa. Haddad e Alckmin são protagonistas da disputa pelo Palácio do Planalto.

Segundo a acusação do Ministério Público, Alckmin recebeu da Odebrecht R$ 9,9 milhões (em valores atualizados) em forma de caixa 2 para financiamento de sua campanha de reeleição para o Palácio dos Bandeirantes, em 2014.

O MP de São Paulo pede, na ação, o ressarcimento do valor recebido de forma supostamente ilícita e a suspensão dos direitos políticos de Alckmin.

O ex-governador vira réu caso a Justiça aceita da denúncia, mas não há possibilidade de perda dos direitos políticos de Alckmin durante o processo eleitoral de 2018. A assessoria de imprensa do candidato do PSDB à presidência da República afirmou que a acusação do MP se trata de um “ato político”.

Fontes:
UOL - Alckmin é acusado de improbidade; MP pede perda dos direitos políticos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *