Início » Brasil » Depois do mensalão, STF decidirá sobre Celso Daniel
Crime comum?

Depois do mensalão, STF decidirá sobre Celso Daniel

Ministros vão decidir se anulam ou confirmam as investigações do assassinato do ex-prefeito de Santo André

Depois do mensalão, STF decidirá sobre Celso Daniel
Ex-prefeito de Santo André foi assassinado em 2002 (Fonte: Reprodução/AE)

Após concluir o julgamento do processo do mensalão, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) vão decidir se anulam ou confirmam as investigações do assassinato de Celso Daniel, ex-prefeito de Santo André morto em 2002. A informação é da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo.

Leia também: Irmão de Celso Daniel conta detalhes sobre crime

Os ministros do Supremo terão que dizer se o Ministério Público, que aposta na tese de crime político, poderia investigar o assassinato de Celso Daniel ou somente acompanhar a polícia, segundo a qual se trata de crime comum.

Por enquanto a ação está parada no gabinete do ministro Luiz Fux, que pediu vista. O pedido de anulação das investigações da morte de Celso Daniel foi apresentado pelo advogado de Sérgio Gomes da Silva, o Sombra, que é apontado como mandante do crime.

Fontes:
Folha de S.Paulo - STF decide se anula ou confirma investigações do assassinato de Celso Daniel

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. JULIO MARCOS MACENA DOS SANTOS disse:

    É NECESSÁRIO A REABERTURA DESSE CASO EM ESPECÍFICO POR HAVER FORTES INDÍCIOS DE CRIME QUALIFICADO
    E TAMBÉM POLÍTICO, HOJE, O BRASIL SE VÊ DIANTE DE TANTAS TRÂMOIAS DEBAIXO DO NARIZ DE TODOS, E GRANDE PARTE DA POPULÇÃO FICA DE BRAÇOS CRUZADOS SEM FAZER NADA…MAS, GRAÇAS A DEUS QUE ENVIOU UM ANJO OU ARCANJO A AUTORIDADE COMPETENTE O Dr SÉRGIO FERNANDES MORO ACOMPANHANDO DE PERTO OS PEDIDOS DE OURO GRANDE PERSONAGEM,Dr. RODRIGO JANOT COM UMA EQUIPE BRILHANTE DE DELEGADOS DSA POLÍCIA FEDERA…A NOVA CARA DO BRASIL

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *