Início » Brasil » Dilma admite demora em perceber gravidade da crise
Em entrevista

Dilma admite demora em perceber gravidade da crise

De acordo com a presidente, 'talvez' fosse o caso de o governo ter adotado medidas corretivas ainda no ano passado

Dilma admite demora em perceber gravidade da crise
Dilma defendeu políticas adotadas no período eleitoral (Fonte: Reprodução/Wilson Dias/Agência Brasil)

Em entrevista aos jornais Estado de S. Paulo, Globo e Folha de S.Paulo, a presidente Dilma Rousseff disse que errou “em ter demorado tanto para perceber que a situação era mais grave do que imaginávamos” — em referência ao tamanho da crise econômica.

A presidente também admitiu que “talvez” fosse o caso de o governo ter adotado medidas corretivas ainda no ano passado, até mesmo antes das eleições. Ainda assim Dilma defendeu as políticas adotadas no período eleitoral, como a concessão de subsídios para todos os empréstimos de longo prazo realizados no Brasil (a juros mais baixos).

Ainda de acordo com Dilma, o governo levou muitos sustos, pois nunca previu uma queda tão brutal da arrecadação. Em relação à economia internacional, a presidente disse que “o futuro é imprevisível”.

Já em relação à Operação Lava-Jato, Dilma lamentou o envolvimento de petistas e de pessoas próximas ao partido.

A presidente também fez questão de afirmar que suas relações com o vice-presidente Michel Temer são de lealdade e procurou minimizar os conflitos com o ex-presidente Lula, ressaltando que quem tentar afastá-la de Lula não conseguirá. O objetivo do governo, segundo Dilma, continua sendo retomar o crescimento, em dois ou três anos.

Na entrevista, Dilma também disse que a reforma ministerial, que cortará 10 dos 39 ministérios do governo, terá caráter estruturante. Segundo a presidente, até setembro deste ano serão anunciados os nomes das pastas que serão extintas. Já as que forem mantidas terão o número de secretarias reduzido. A reforma visa eliminar 5% dos cargos de confiança. “Vamos passar todos os ministérios a limpo. A reforma ministerial vai extinguir cerca de mil dos cerca de 22,5 mil cargos comissionados”.

Fontes:
O Globo - Dilma diz que errou ao ter demorado para perceber gravidade da crise econômica

3 Opiniões

  1. joaquim vieira disse:

    Moralidade já! primeiro o impeachment da Dilma, depois a cassação do mandato Eduardo Cunha, Não importa quem vai assumir a presidência! não deu certo vamos para rua novamente, fazer quantos impeachment e cassação for necessário! Acorda TSE! Acorda Deputados federais!

  2. Rene Luiz Hirschmann disse:

    É gozação a inteligência do povo brasileiro, ela descobre que a crise é grande só após as eleições, tem uma equipe economica com ministérios e pessoal para analisar a economia do mundo e do Brasil, mas quem descobre o rombo são empresas privadas, MOSTRANDO O ‘FIM DO BRASIL’

  3. GCRMarcia disse:

    Dilma calada é uma verdadeira poeta !

    Dilma Rousseff em entrevista recente à grande imprensa afirmou que para enfrentar o baixo crescimento fez “política pró-cíclica”. Então ao pé da letra e, em bom português, entende-se que sua política buscou sustentar-se no ciclo de baixo crescimento.
    Só que Dilma pretendia dizer o contrário, que fez “política anticíclica”, ou seja, buscando reverter a estagnação.
    Mais uma vez foi traída pelo ” dilmês ” da sua ignorância.
    Completou afirmando que “não tinha percebido que a economia estava tão deteriorada”.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *