Início » Brasil » Dilma convoca reunião de emergência e Fifa negocia com seleções
Efeitos dos protestos

Dilma convoca reunião de emergência e Fifa negocia com seleções

Após onda de protestos, Fifa negocia permanência de seleções na Copa das Confederações

Dilma convoca reunião de emergência e Fifa negocia com seleções
Protestos fizeram presidente cancelar agenda oficial no Japão (Fonte:Reprodução/G1)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Após a noite histórica desta quinta-feira de protestos e violência, a presidente Dilma Rousseff convocou reunião de emergência com ministros para a manhã desta sexta-feira, 21,  a fim de definir providências para conter a onda de violência, que acontece em plena Copa das Confederações. A Fifa negocia com as seleções para que o evento esportivo continue.

Especula-se que Dilma poderá convocar cadeia nacional de rádio e televisão para falar ao povo. Segundo o jornal O Globo, o Planalto negou a convocação, mas a saída não está descartada.

Também existe possibilidade da presidente convocar o Conselho da República, órgão que assessora a presidência em momentos de crise e seria composto por ela, pelo vice-presidente, presidentes da Câmara e do Senado e líderes da maioria e da minoria no Congresso. As manifestações fizeram Dilma adiar agenda oficial no Japão que estava prevista para a próxima semana.

Após onda de violência, Fifa tenta manter Copa das Confederações

A onda de violência que passou pelas principais cidades brasileiras, desencadeada pelos protestos em prol da redução de tarifa dos transportes públicos, pode cancelar a Copa das Confederações. Por lei, a falta de garantia de segurança pode levar à suspensão do torneio. A Fifa inicia negociações com as seleções para manter a Copa. O cancelamento do evento representa perdas bilionárias para o Brasil e para a Fifa.

Segundo a Lei Geral da Copa, se o país sede não garantir segurança aos participantes, torcedores e funcionários durante os jogos, a Copa pode ser suspendida e o Brasil poderá pagar um seguro bilionário. Segundo a Fifa e  o Comitê Organizador Local , a possibilidade não foi discutida.

Segundo o jornal Estado de São Paulo, a seleção Italiana já se queixou da falta de segurança para a Fifa e jogadores espanhóis foram furtados em seu hotel. Dois carros da Fifa foram atacados em Salvador. O presidente Joseph Blatter já deixou o Brasil, sob justificativa de acompanhar o torneio sub20 da Fifa.

Fontes:
O Globo - Dilma convoca reunião de emergência com ministros para esta sexta-feira
Estadão - Por violência, Fifa negocia para seleções ficarem na Copa das Confederações

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Evandro Correia disse:

    Se o “gigante” acordou eu não sei, mas pelo jeito a Dilma acordou, o que já é alguma coisa.

  2. Gustavo disse:

    Joseph Blatter deixou o Brasil para acompanhar o torneio sub20 lá na Turquia! É… essa copa das confederações está minúscula mesmo…

  3. Miguel Meira disse:

    Blatter é um f.d.p.da pior qualidade.
    Para informação: a FIFA é dos órgãos mais corruptos que existem e os banqueiros suíços também. Acobertam, a troco de muito dinheiro, a grande maioria dos maiores corruptos do mundo inteiro (inclusive o Maluf) e durante a guerra foram o porto seguro do dinheiro dos maiores nazistas do mundo todo. Até hoje está lá. Baltter vagabundo, não venhas mais ao Brasil.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *