Início » Brasil » Dilma e Aécio estão no segundo turno
Eleições 2014

Dilma e Aécio estão no segundo turno

Dilma venceu em 15 estados, enquanto Aécio levou a melhor em nove e no Distrito Federal. Marina venceu em apenas dois

Dilma e Aécio estão no segundo turno
A disputa entre os partidos rivais ficou para o dia 26 de outubro (Reprodução/Internet)

O resultado do primeiro turno das eleições para Presidência da República neste domingo, 5, foi de segundo turno entre PT e PSDB. A candidata à reeleição pelo PT, Dilma Rousseff, obteve 41,59% dos votos contra 33,54% para Aécio Neves, do PSDB. A decisão de quem será o próximo presidente do Brasil ficou para o dia 26 de outubro e será a quarta vez consecutiva que os partidos rivais disputarão segundo turno.

O Tribunal Superior Eleitoral confirmou que a petista obteve 43.267.438 votos e o tucano 34.897.196 votos. Contrariando maior parte das pesquisas eleitorais, Marina ficou em terceiro lugar com 21,31%, tendo obtido 22.176.613 votos. Dilma venceu em 15 estados, enquanto Aécio levou a melhor em nove e no Distrito Federal. Marina venceu em apenas dois.

A presidente comentou o resultado em pronunciamento em Brasília. “O povo brasileiro não quer de volta aqueles que viraram as costas para o povo, que acabaram com as escolas técnicas, esvaziaram o crédito educativo e elitizaram as nossas universidades federais, sucateando-as”, afirmou a petista alfinetando o PSDB.

Já Aécio Neves comentou o desempenho do partido nos estados. “O sentimento de mudança em todo o Brasil foi uma coisa surpreendente em todos os estados”. O apoio de Marina para o segundo turno ainda é uma incógnita.

Nas últimas três eleições, PT e PSDB disputaram segundo turno pela Presidência da República e, em todas, o Partido dos Trabalhadores superou o adversário. Em 2002, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceu José Serra (PSDB); em 2006, Lula foi reeleito contra Geraldo Alckmin (PSDB); e, em 2010, Dilma superou Serra.

Fontes:
G1 - Dilma e Aécio decidirão eleição para presidente no segundo turno

7 Opiniões

  1. Van disse:

    Andre Luiz, com sua permissão faço minha as suas palavras e acho que está mais do que na hora do Brasil retomar os seus caminhos. É preciso urgência nas mudanças nos métodos de ensino, dando qualidade a Educação.
    Um país não desenvolve nem cresce apenas com ampliação das tantas Bolsas que temos,o Brasil precisa sim de mudanças e espero que principalmente na Educação, porque é através dela que teremos Saúde,Segurança e futuros políticos que fará deste meu Brasil uma grande nação.

  2. JESUS R. DE ARAUJO disse:

    Trabalhei durante por 9 a 10 anos na Europa (França, Dinamarca e Noruega) e sinto-me envergonhado com a “burrice” de certos brasileiros, pois nossa imagem era uma das piores em grande parte de países europeus no tempo de FHC. Certa vêz, um diretor de minha companhia falou: “Vocês brasileiros são muito atrasados. Um país rico, com uma população pobre, sendo administrado por uma minoria de políticos que só se preocupam com a elite…” E, este é o pensamento de um dirigente empresarial em um país que durante anos vem sendo um dos primeiros no I.D.H. (Índice de Desenvolvimento Humano). O que podemos esperar de um candidato que em 2012 foi flagrado em uma noite, saindo de uma balada na Barra da Tijuca (RIO) dirigindo completamente bêbado, e que se negou a fazer o teste de bafômetro. De uma candidato que até hoje não explicou os Cr$ 14.000.000,00 (quatorze milhões) de dinheiro público gastos em aeroporto em terras de sua família. E finalizando de um candidato que inclusive após dois mandatos de governador, não conseguiu ter a maioria de votos no 1° turno em seu próprio estado. Será porque os mineiros estão descontentes? Tenho parentes morando no interior de Minas, e foi o pior governo para o interior mineiro. Apenas governou para a capital, para empresários e grandes grupos! A classe média e pobre foi simplesmente esquecida! Quem nada fêz pelo seu estado, será que irá fazer alguma coisa pelo Brasil? Povo brasileiro. deixa de ser bobo! Se com a Dilma está ruim, muito pior com Aécio! Acordem!

  3. Sandra disse:

    A “herança maldita” do governo FHC , a meu ver foram só duas : o instituto da reeleição que já nos impingiu 12 anos de PT e abre essa possibilidade por mais quatro e o famigerado bolsa-familia, implantado por Dona Ruth sem imaginar que uma dia seria desapropriado por um partido inescrupuloso e transformado em compra de votos, mudando a dinâmica de uma eleição.Vote pela democracia e contra a tirania e a ditadura!Fora Dilma , fora o PT!

  4. Honorio Tonial disse:

    Ainda podemos acreditar na maioria dos brasileiros. Confiamos na vitória de Aécio Neves e o fim dos impatrióticos petralhas. O tempo irá provar que o Brasil reencontrou seu caminho.
    Sempre tem a primeira vez para as boas causas
    Retornemos às urnas a fim de sufragar o nome do futuro Presidente Aécio
    Vamos incentivar os familiares, parentes e amigos.
    Chega de assaltos, vigarices, descaso da saúde, a carência de educação.

  5. Mauricio Fernandez disse:

    Bem; então já está tudo normalizado! Foram 12 anos de PT até agora. Tempo suficiente para reformular todo o ensino e reaparelhar a educação no país. Mas….. nos parece que não foi isso que aconteceu. A educação está um lixo.

  6. helo disse:

    O voto da Marina vai para o Aécio. Chega das mentiras e erros da Dilma. No Rio ficamos livres do Garotinho, no Maranhão os Sarneys perderam pela primeira vez. O povo de Pernambuco e de Minas vai ajudar mudar para melhor.Estou alegre, sinto novos ares no ar.

  7. André Luiz D. Queiroz disse:

    Do comentário de Dilma Rousseff: “O povo brasileiro não quer de volta aqueles que viraram as costas para o povo, que acabaram com as escolas técnicas, esvaziaram o crédito educativo e elitizaram as nossas universidades federais, sucateando-as” — mas, como assim? Dilma Rousseff (eu prefiro não mais me referir a ela como presidente, muito menos ‘presidenta’!) quer atribuir à oposição (seja, os 2 mandatos de FHC) o sucateamento das universidades federais e o fim de escolas técnicas?! Ora, é muita cara de pau! Que o governo FHC tenha limitado expansão da rede de escolas técnicas federais (exceto se feitas em regime de parceria com governos estaduais e/ou municipais ou entidades privadas — art. 3o da Lei no 8.948, de 08/12/1994, § 5o) é uma coisa; dizer que FHC quis diminuir a oferta de ensino técnico, é outra! Sair construindo prédio pra escolas é algo relativamente fácil para qualquer governo — e, muitas vezes, vantajoso no jogo eleitoral e nas maracutaias com os grandes doadores de campanhas, as empreiteiras! Mas manter escolas funcionando adequadamente, com bom nível de ensino, e sem descontrole de gastos, é outras história!!
    De resto, é aquilo: o PT faz é muita demagogia, prometendo coisas que não vai cumprir! Dilma Rousseff, num momento de franqueza, disse que em ano eleitoral eles fazem o diabo! Eu acho que eles, pra se manter no poder, fazem o diabo todos os anos, isso sim!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *