Início » Brasil » Dilma escala ministros em ação anti-impeachment
crise no Planalto

Dilma escala ministros em ação anti-impeachment

Objetivo é dissuadir antigos aliados e opositores a apoiarem o movimento que pede o seu afastamento

Dilma escala ministros em ação anti-impeachment
Dilma assumiu as negociações com os principais nomes do PMDB (Fonte: Reprodução/Lula Marques/ Agência PT)

A presidente Dilma Rousseff definiu um time de ministros para compor uma frente anti-impeachment com o objetivo de dissuadir antigos aliados e opositores a apoiarem o movimento que pede o seu afastamento. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Pelo menos quatro ministros compõem a linha de frente desta ação: Kátia Abreu (Agricultura), Gilberto Kassab (Cidades), Giles Azevedo (assessor especial da presidência) e Ricardo Berzoini (Comunicações). Eles têm se reunido com parlamentares e dirigentes de partidos, feito apelos pela governabilidade e ainda acertado reuniões entre Dilma e líderes de legendas que se afastaram do governo.

Outros dois nomes também têm atuado nesta frente anti-impeachment, embora de forma menos enfática. São eles: o ministro Edinho Silva, chefe da Comunicação do Planalto, e o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues.

O principal alvo da frente anti-impeachment é o PMDB, mas como as relações com o partido estão muito desgastadas, a própria presidente Dilma assumiu as negociações com os principais nomes do partido, como Michel Temer, Eduardo Cunha e Renan Calheiros.

Parlamentares acreditam que se Dilma conseguir manter o PMDB como aliado terá uma grande vitória. Caso contrário, poderá ter que encarar, talvez, a sua derrota definitiva.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Planalto escala ministros para compor frente anti-impeachment

2 Opiniões

  1. Victor Ivens disse:

    O que o senhor Carlos disse está correto. Conforme Fernando Henrique Cardoso, o plano de governo da Dilma nesse momento é simplesmente permanecer no governo. Com os recentes acontecimentos ela vai ter que colocar todas as cartas (e cédulas) na mesa, e nesse momento a mesa de negociações começa. Parafraseando o sr Carlos: “Todos tem seu preço.”

  2. carlos alberto martins disse:

    agora chegou a hora de comprar e se vender entre os patifes do planalto.todos tem seu preço.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *