Início » Brasil » Dilma mantém ‘pedaladas fiscais’ em 2015
Política

Dilma mantém ‘pedaladas fiscais’ em 2015

TCU já havia condenado prática ao analisar as contas do governo de 2014

Dilma mantém ‘pedaladas fiscais’ em 2015
Se o TCU não ficar satisfeito com as explicações de Dilma, ele pode recomendar ao Congresso que rejeite as contas da presidente (Foto: André Dusek/ Estadão)

A prática da “pedalada fiscal” continua em uso pelo governo Dilma Rousseff em 2015. O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou essa e outras práticas ao analisar as contas do governo de 2014, exigindo uma explicação por escrito de Dilma em 30 dias.

Uma das manobras em uso consiste em atrasar o repasse do Tesouro para os bancos públicos do dinheiro necessário para pagar benefícios sociais ou financiar investimentos com juros mais baixos. Sendo assim, os bancos acabam usando seus próprios recursos para manter os desembolsos. O TCU considera que, dessa forma, eles financiaram seu controlador, no caso, o governo, o que é proibido pela lei.

Apenas no primeiro trimestre deste ano, a dívida do governo com a Caixa e o Banco do Brasil cresceu mais de R$ 2 bilhões com o represamento.

Se o TCU não ficar satisfeito com as explicações de Dilma, ele pode recomendar ao Congresso que rejeite as contas da presidente, algo inédito e que, se confirmado pelo Legislativo, poderá embasar uma ação de impeachment.

Fontes:
Folha de S. Paulo-Dilma mantém 'pedaladas fiscais' em 2015 mesmo sob contestação do TCU

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *