Início » Brasil » Dilma no país da ilusão!
Grita Brasil

Dilma no país da ilusão!

Presidente, tenha peito, tenha coragem e assuma que o Brasil está quebrando

Dilma no país da ilusão!
A coluna Grita Brasil é publicada às quintas
dilmaum

Momento 1: Será ilusão?

A presidente Dilma que foi entrevistada no Programa do Jô na última sexta-feira, 12, mais uma vez se mostrou uma lunática, uma sonhadora, uma mulher sem peito – não literalmente – ao afirmar que o Brasil tem “problemas”, mas não está doente. Imagina se tivesse! Presidente, tenha peito, tenha coragem e assuma que o Brasil está quebrando. Ou está quebrado e ainda não vimos todos os cacos.

Dilma, para se enfrentar um problema de verdade é preciso que antes você assuma que ele existe. E nem precisa ser tão inteligente para se aperceber disso. Basta ter peito. Coragem.

Não posso crer que você não consiga enxergar que o comércio está mais do que retraído, o crédito está caro, as demissões continuam acontecendo, e isso não é privilégio de um ou outro setor. São praticamente todos os setores que estão sentindo na carne o quão está difícil sobreviver.

Essa sua agonia com a inflação parece não bastar para que se faça alguma coisa de verdade. Parem de gastar. Cortem a própria carne e parem de achar que cortar a carne do povo é necessário nesse momento. Sempre a nossa carne é cortada. E sempre mandam a conta para nós mesmos. Façam o ajuste fiscal, mas tentem não achar que a única solução é aumentar impostos. Será que vocês não sabem que essa matemática não funciona? Nunca na história desse país, pelo menos que eu me lembre, um empresário que teve seus custos aumentados por causa da alta da carga tributária não repassasse isso ao preço final de seu produto. Pois se ele não o fizer, ele quebra. E para ele pedir empréstimo a coisa fica ainda pior. Até porque se estivéssemos em Cuba pagaríamos juros de pai para filho, 4,4%, enquanto que os juros para os não cubanos está em 13,75%, informação essa que consta no site do BNDES.

Dilma, sei que não é fácil domar esse leão, mas se você não pegar no chicote o leão te come. E se ele te comer a indigestão será do tamanho do Brasil.

Dilma no país da burocracia!

dilmadois

Momento 2: Será a burocracia?

O governo pode até bater no peito para dizer que está fazendo e acontecendo, mas não é o que se vê por aí. Às vezes nem é falta de dinheiro, muitas vezes é também, só que o que temos visto são atrasos de até dois anos para se analisar um financiamento de um projeto que daria mais dignidade ao povo. Os casos de esgoto e lixo a céu aberto são mais comuns do que se pode imaginar. Agora eu pergunto: Por quê? Por que para sumir com dinheiro a coisa é fácil e para se aprovar um projeto não?

Como a sociedade pode ainda aceitar que pessoas vivam em lixões? Como, por exemplo, na segunda maior favela do país, a Sol Nascente, que fica próximo da Esplanada dos Ministérios – onde os técnicos decidem quais projetos serão financiados – e onde seus moradores convivem com esgoto, lixo, falta de água e luz? Os moradores até fizeram uma vaquinha e contrataram uma empresa para levar água e luz para um setor da favela. Pode isso, Arnaldo (Coelho)?

Quer dizer a nossa Constituição é sempre desrespeitada e ninguém faz nada. Se existe uma Constituição ele deve prevalecer e ser seguida. Caso contrário seria o caso de simplesmente rasgá-la, pois pelo que mostra a história, ela (Constituição) parece que é seguida quando a questão é de interesse do governo, mas quando o mérito cai em nossos direitos, os homens de lá de Brasília dão o seu jeitinho para burlar e depois comentar: “Ah, não é bem assim!”.

Se não é bem assim é como?

Dilma no país da CPMF!

dilmatres

Momento 3 – Será que a CPMF? Hum…

Esse zum-zum-zum voltou a aparecer. O ministro da Saúde, Arthur Chioro, anuncia que discute volta, mas ministério desmente. Mas vem cá, se o ministro não é o ministério, não entendi.

Mas independente de qualquer entendimento, caso o governo cometa essa loucura, não sei não. O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, já sentindo o clima tenso, veio a público para já desmentir e que não via condições nesse momento para essa decisão. Mas como não confio no governo que temos… A questão é que caso, eu disse, caso esse fantasma volte para assombrar nossas vidas, seria bom lembrar que esse custo que era na época de 0,38% acaba açoitando mais ainda o trabalhador que no final das contas verá esse custo sendo repassado do empresário para ele mais uma vez.

Não adiante virem com a desculpa que a solução da Saúde passa pela volta da CPMF, pois se tivesse realmente surtido efeito enquanto durou a situação da Saúde não seria nem de perto essa UTI em que se encontra.

Definitivamente a solução da Saúde é se roubar menos e ver que com um povo saudável, o país inteiro ganha.

Salve as baleias. Não jogue lixo no chão. Não fume em ambientes fechados.

 

 

 

 

2 Opiniões

  1. ney disse:

    Eleições antecipadas!

    Impeachment atrasado.

    Grita Brasil

  2. Joma Bastos disse:

    Eleições antecipadas!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *