Início » Brasil » Dilma Rousseff foi alvo de espionagem dos EUA, diz reportagem
Documentos ultrassecretos

Dilma Rousseff foi alvo de espionagem dos EUA, diz reportagem

Documentos revelam que Dilma e seus principais assessores foram alvos diretos de espionagem da NSA

Dilma Rousseff foi alvo de espionagem dos EUA, diz reportagem
Governo brasileiro vai pedir explicações ao governo norte-americano (Fonte: Reprodução/Reuters)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Uma reportagem exibida no último domingo, 1º, pelo programa Fantástico, da TV Globo, revelou que a presidente Dilma Rousseff e seus principais assessores foram alvos diretos de espionagem da Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA, na sigla em inglês).

Leia também: Agência de Segurança Nacional dos EUA grampeou sede da ONU
Leia também: Detenção de companheiro de jornalista do caso Snowden gera polêmica

O jornalista Glenn Greenwald, que revelou o sistema de espionagem eletrônica do governo norte-americano, foi coautor da reportagem. Segundo ele, um código incluído em documentos classificados como ultrassecretos entregues pelo ex-técnico da CIA Edward Snowden indica que a presidente brasileira foi alvo de espionagem. Glenn Greenwald diz que recebeu o documento em junho junto com inúmeros outros papéis secretos.

A reportagem do Fantástico conversou com Snowden por um programa de bate-papo na internet protegido contra espionagem. O ex-técnico da CIA disse, no entanto, que por exigência do governo da Rússia, onde está exilado, não pode comentar o conteúdo dos documentos.

O jornalista Glenn Greenwald ressalta, por sua vez, que “ficou muito claro, com esses documentos, que a espionagem já foi feita, porque eles não estão discutindo isso só como alguma coisa que eles estão planejando. Eles estão festejando o sucesso da espionagem”.

O documento entregue por Snowden é datado de junho de 2012 e revela dois alvos: o presidente do México, Enrique Peña Nieto, na época ainda candidato à presidência, e a presidente do Brasil, Dilma Rousseff.

De acordo com a reportagem do Fantástico, após o alvo ser selecionado, a NSA monitora os números de telefone, os e-mails e a identificação do computador da pessoa e dos interlocutores escolhidos. Nesse caso, da presidente Dilma e de seus assessores.

O objetivo da operação de espionagem de Dilma é descrito da seguinte forma: “melhorar a compreensão dos métodos de comunicação e dos interlocutores da presidente do Brasil, Dilma Rousseff, e seus principais assessores”.

Um gráfico revela toda a rede de comunicações da presidente Dilma com seus assessores. Não há, entretanto, exemplos de mensagens ou ligações entre Dilma e seus ministros.

O documento diz ainda que o método de espionagem usado é “uma filtragem simples e eficiente que permite obter dados que não são disponíveis de outra forma. E que pode ser repetido”. A reportagem do Fantástico ressalta que a afirmação de que o método “pode ser repetido” leva a crer que a operação de espionagem foi realizada.

Não está claro se houve participação de espiões em território brasileiro, ou se a interceptação das ligações de Dilma foi feita apenas com acesso às redes de comunicação.

Edward Snowden disse a Glenn Greenwald que “a tática do governo americano desde o 11 de setembro é dizer que tudo é justificado pelo terrorismo, assustando o povo para que aceite essas medidas como necessárias. Mas a maior parte da espionagem que eles fazem não tem nada a ver com segurança nacional, é para obter vantagens injustas sobre outras nações em suas indústrias e comércio em acordos econômicos”.

Pedido de explicações

Um outro documento citado pelo Fantástico revela que uma divisão inteira da NSA é dedicada à política internacional e atividades comerciais.

O governo brasileiro vai pedir explicações ao governo norte-americano sobre essas novas denúncias de espionagem. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, se reuniu com a presidente Dilma neste domingo para tratar do assunto. O embaixador norte-americano no Brasil, Thomas Shannon, será chamado para dar esclarecimentos. O governo brasileiro também vai cobrar explicações formais dos EUA e recorrer a órgãos internacionais, como a ONU, para discutir a violação de direitos de autoridades e cidadãos brasileiros.

Fontes:
G1 - Documentos da NSA apontam Dilma Rousseff como alvo de espionagem

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

10 Opiniões

  1. helo disse:

    Toda essa espionagem poderosa e nada do que espionaram deu notícia.Donde se conclui que nada importante parece ter sido conversado em todas as escutas. Isso é bom ou é mau?

  2. André Luiz D. Queiroz disse:

    Os EUA espionam até mesmo o governo brasileiro? Claro que o fazem! E não poderia ser diferente: é fundamental para qualquer governo ‘sério’ coletar o máximo de informação, seja sobre inimigos, seja sobre os ‘amigos’ (ainda mais se o/a atual governante tiver um histórico de militância de esquerda, antiamericana). Apesar do desconforto de ver a soberania nacional desrespeitada, penso ser um fato ‘normal’ da política. Incompetente é o governo, que não um política adequada de contrainteligência, isso sim!! [i]Aliás, o governo atual não tem sequer “inteligência”[/i] ! 😉

  3. Regina Caldas disse:

    Espionagem é mantida em segredo, Helo! Se vira notícia os objetivos não são atingidos..

  4. roseli disse:

    Rraaaaa, espionaram pouco. Ta tudo bem, se o Congresso Nacional, absolveu Natan. kaaaaakkkakkaa.
    Nesse caso da espionagem e pra encher linguiça de jornal e ficarem com pulga atras da orelha.
    Isso gera assunto. Quem não deve não teme.

  5. helo disse:

    Regina,
    Você tem completa razão e nada a favor da espionagem.
    Me referia ao conteúdo já liberado por Snowden. Lá parece nada haver de importante, nenhuma surpresa e talvez muito de um tedioso blablablá, encomendas culinárias etc. Já imaginou se lá estivessem captadas as articulações do mensalão? O conteúdo divulgado talvez pudesse ser acessado por qualquer um. A divulgação de que há espionagem é o que fato importou.

  6. Azambuja disse:

    Esse programa de espionagem, denominado ECHELON, foi implementado em 1948, durante a Guerra Fria, pelos EUA e alguns países europeus. E é inacreditável saber que só agora o Brasil se deu conta.

  7. Regina Caldas disse:

    Helo,

    A espionagem tem dado bons filmes. E sempre existiu, inclusive sob o calor de muitas alcovas nobres

    O conteúdo exposto pelo Snowden é o óbvio, ele o fez apenas para chamar a atenção do mundo sobre a espionagem praticada pelos Estados Unidos, como você concluiu.

  8. Afonso Schroeder disse:

    Reviver tempos entre as chamadas potencias Russa e Americana, não levou a sociedade mundial a lugar nenhum, o que na realidade acontecia era a intensão de neutralizar os Chineses, que simplesmente mostraram a estes dois países de como se consegue crescer cientificamente,economicamente e politicamente é uma questão de tempo nos ocidentais vamos ver quem dita de como se vive em sociedade.

  9. Bruno disse:

    GRAÇAS A DEUS ainda existe um país como os EUA, que, apesar de tudo que sabemos, espiona e monitora o que ditadores, EX-GUERRILHEIROS, comunistas, e assassinos NO PODER estão aprontando pelo planeta afora.

    GRAÇAS A DEUS!

    Querem escapar do que eles estão fazendo?? POIS

  10. Bruno disse:

    (completando a mensagem anterior)

    … POIS FAÇAM MELHOR DO QUE ELES !!!

    nosso povinho, que NÃO É NAÇÃO, fica se indignando em arrulhos patéticos de indignação demagógica, e não sabe oferecer nada de valor ao mundo!!! Usa tecnologia AMERICANA, ALEMÃ, JAPONESA, COREANA, nem o dinheiro é o seu!!

    O mundo é DÓLAR!!! entendem?!? D-Ó-L-A-R!!!

    GRAÇAS A DEUS QUE AINDA EXISTEM OS EUA!!! EU TAMBÉM VOU QUERER UMA BOLSA, SABEM QUAL??

    BOLSA-EMIGRAÇÃO!!!

    se eu pudesse iria embora daqui HOJE!!! Austrália, Canadá, Havaí, Uruguay… tantos lugares conseguem, por que este povinho daqui NÃO?

    Vivemos o reinado do obscurantismo, da ralé no poder, no “país” que se denomina “Brasil”, tomado pela bandidagem, assassinatos, sequestros, crime organizado no poder, onde o CIDADÃO DE BEM é a vaquinha de presépio de marginais, e corruptos patológicos.

    Todos devidamente eleitos por um povo tolo, infantil, que se recusa a sair do sono da inconsciência e assumir suas próprias vidas e constituir um país de verdade. Isso tem nome: OMISSÃO E COVARDIA. E nesta categoria estamos TODOS, inclusive EU E VOCÊ que me lê.

    O Brasil nunca esteva tão baixo. O Brasil, se é que ainda existe isso, ACABOU, entendem?
    Tem que ser refundado. A-C-A-B-O-U.

    Gostaria de ver o país voltar à sua origem: dividido territorialmente em CAPITANIAS, não mais hereditárias, não mais brasileira, desta vez CEDENDO VOLUNTARIAMENTE áreas de desenvolvimento mais promissoras aos povos que REALMENTE tem competência para isso.

    VAMOS ENTREGAR O PAÍS DE VEZ, ou o mundo algum dia INTERVIRÁ. O mundo só não o fez até o momento porque somos um povo passivo, submisso, covarde, debochado, e nem mesmo se revolta contra tudo isso que está aí.

    Enfim, o novo modelo será como já está se desenhando nos pólos, onde nenhum país é DONO da terra – todos compartilham os recursos desta nova área do planeta.

    Tem que ser assim. É o COMPARTILHAMENTO.

    Está chegando ao fim o desenho de contornos políticos e ideológicos, dividindo o planeta em “países”. Isso tem que acontecer, e VAI. A maioria dos “países” não consegue se manter organizado e equilibrado. Vejam o caso de todas as ex-colônias, na África, e aqui no nosso triste país.

    Só o que se vê, só que há, é a luta pelo PODER – como aqui no Brasil.
    Entendam de uma vez por todas: só o que existe, na base de tudo que atualmente se chama de “política”, aqui nos tristes trópicos, está a disputa patológica, assassina, despudorada, cínica, pelo PODER.

    Novamente: tivemos tempo suficiente e nada entregamos de decente ao mundo. E o que é pior, NÃO VEJO ALTERNATIVAS, pois todos as fontes que deveriam emanar os valores, a ética, a cultura de um povo, aqui no Brasil, vem sendo cuidadosa e laboriosamente ERODIDAS.

    E não me venham com conversas idiotas de “preconceito”, “moralista”. É só olhar à sua volta, e vejam a lavagem cerebral à qual o nosso povo é sutilmente submetido.

    Nelson Rodrigues disse uma vez sobre a realidade do país:

    “Subdesenvolvimento não é coisa que se improvise, é obra de séculos!!”

    Como isso é Nelson Rodrigues, fico bem à vontade. Provem que ele estava errado.

    NUNCA SEREMOS! Eu quero ir embora. Isso aqui não é mais ambiente para criar filhos, empreender negócios, respirar liberdade, toda luta é inútil, e a culpa é COLETIVA.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *