Início » Brasil » Dilma sanciona aporte de R$ 30 bilhões ao BNDES
Tesouro Nacional

Dilma sanciona aporte de R$ 30 bilhões ao BNDES

Presidente aprovou lei que autoriza aporte de R$ 30 bi ao BNDES. Porém, trecho que determinava o fim do sigilo em todas as operações do BNDES também foi vetado

Dilma sanciona aporte de R$ 30 bilhões ao BNDES
Dilma também vetou o aumento do limite de crédito consignado de 30% para 40% da renda trabalhador (Foto: Flickr)

A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta sexta-feira, 22, a lei que autoriza o Tesouro Nacional a conceder um aporte de R$ 30 bilhões ao BNDES.

A presidente, no entanto, vetou o trecho que aumentava o limite de crédito consignado de 30% para 40% da renda trabalhador. O trecho que determinava o fim do sigilo em todas as operações do BNDES também foi vetado.

Leia também: Governo eleva tributo sobre lucro de bancos

Dilma justificou o veto ao fim do sigilo afirmando que o BNDES “já divulga em transparência ativa diversas informações a respeito de suas operações, tais como clientes, projetos e, no caso de operações internas, os valores contratados em cada empréstimo”.

“A divulgação ampla e irrestrita das demais informações das operações de apoio financeiro do BNDES feriria sigilos bancários e empresarias e prejudicaria a competitividade das empresas brasileiras no mercado global de bens e serviços”, disse a presidente.

Sobre o veto ao aumento do limite de crédito consignado, Dilma afirmou que se a medida fosse aprovada, poderia comprometer a renda das famílias. “A proposta levaria, ainda, à elevação do endividamento e poderia resultar na ampliação da inadimplência, prejudicando as próprias famílias e dificultando o esforço atual de controle da inflação”, disse a nota publicada no Diário Oficial.

Fontes:
O Globo-Dilma veta aumento do limite do crédito consignado de 30% para 40% e fim do sigilo no BNDES
Estadão-Dilma veta fim do sigilo em operações do BNDES

1 Opinião

  1. André Luiz D. Queiroz disse:

    Sobre o veto ao aumento do limite de crédito consignado, Dilma afirmou que se a medida fosse aprovada, poderia comprometer a renda das famílias. “A proposta levaria, ainda, à elevação do endividamento e poderia resultar na ampliação da inadimplência, prejudicando as próprias famílias e dificultando o esforço atual de controle da inflação” — oh, desculpazinha mais esfarrapada! Vai ‘enterrar’ mais R$30 bilhões do tesouro (dinheiro que vem de nossos impostos!) no BNDES, que vai continuar emprestando a juros subsidiados para “os amigos do rei (e da rainha!)”, e quer se mostrar preocupada com o endividamento das famílias e controle da inflação?! Mas que hipócrita!!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *