Início » Brasil » Dilma sanciona lei que aumenta para R$ 33,8 mil o salário de ministros do STF
Política

Dilma sanciona lei que aumenta para R$ 33,8 mil o salário de ministros do STF

Deputados também receberam aumento no fim de 2014. Os reajustes custarão cerca de R$ 3,8 bilhões aos combalidos cofres da União

Dilma sanciona lei que aumenta para R$ 33,8 mil o salário de ministros do STF
Presidente teve seu salário reajustado no fim do ano passado em votação na câmara dos deputados (Reprodução/Internet)

A presidente Dilma Rousseff sancionou a lei que aumenta de R$ 29,4 mil para R$ 33,8 mil os salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do procurador-geral da República. O aumento representa um reajuste de 14%. Segundo a Constituição, esse passará a ser o valor do teto salarial para o funcionalismo público federal.

O reajuste causará um impacto de R$ 3,8 bilhões aos cofres da união, já combalidos pela crise econômica do governo, que vem cortando gastos nos ministérios para melhorar a situação financeira do país. O ministério mais afetado pelos cortes foi o da Educação, com um corte de R$586 milhões. Em seguida vem o da Defesa, com R$ 156 milhões.

Os deputados também receberam reajuste de salário. No fim de 2014, a Câmara aprovou o aumento dos salários dos parlamentares de R$ 26,7 mil para R$ 33,8 mil. A presidente Dilma e seu vice, Michel Temer,  pediram um reajuste menor que os demais, com o salário indo a R$ 30,9 mil.

Outros quatro projetos sancionados

Dilma também sancionou outros projetos, entre eles um que concede bonificação a juízes que acumulam funções em órgãos do judiciário. Segundo o projeto, terão direito à gratificação os juízes que julgam processos em varas distintas, em juizados especiais ou turmas recursais. Os que exercerem função administrativa por mais de três dias úteis também receberão os prêmios.

Essa bonificação também atingirá os cofres públicos. O orçamento do judiciário aumentará em R$ 146,3 milhões para acomodar as premiações dos juízes do Trabalho. Não foram divulgadas informações sobre o adicional para os juízes federais e do STF, apenas que o pagamento está dentro dos parâmetros exigidos pela legislação. As informações são do Conselho Nacional de Justiça.

Fontes:
O Globo-Dilma sanciona lei que aumenta o subsídio dos ministros do STF para R$ 33,8 mil
O GloboCâmara aumenta salários dos parlamentares e autoridades dos Executivo e Judiciário

4 Opiniões

  1. Ludwig Von Drake disse:

    Não acho o salário dos juízes alto. Se eles ganhassem um percentual pelo valor das causas que julgam seria justo, os julgamentos seriam mais rápidos . . . e eles ficariam ricos. Quanto aos vencimentos dos governantes, eles foram escolhidos pela maioria do povo, então . . . não me venham chorar lágrimas de crocodilo.

  2. Jeferson disse:

    E a farra com o dinheiro público continua… que beleza!! O povão alienado assiste a tudo isso sem poder reclamar, e quando reclama e vai pra rua leva porrada do governo!! QUE PAÍS É ESSE??? BRASIL-SIL-SIL: terra do carnaval, futebol, novela e big brother… Obrigado a todos os brasileiros que tornaram isso possível, nas eleições de 2014…

  3. Fernando Alves da Silva disse:

    E mais uma vez somos obrigados a ver uma palhaçada dessas, os ministros vão receber um aumento de salario de 7.100,00 enquanto o cidadão comum nem chega perto de de um aumento de 100 reais. E pra ajudar a educação e a segurança sofrem com cortes, quando o povo brasileiro vai acordar e começar a reivindicar algo como saúde, segurança, educação e melhores salários, pois é só observar que os políticos estão vendo o lado deles mas o nosso a muito tempo foi esquecido. É como aquela frase que a jovem pan sempre fala na rádio que o Brasil é o país dos impostos, e eu acrescento que é o país da desigualdade, da insegurança, da falta de saúde, da falta de oportunidades.

  4. André Luiz D. Queiroz disse:

    Dilma também sancionou outros projetos, entre eles um que concede bonificação a juízes que acumulam funções em órgãos do judiciário. Segundo o projeto, terão direito à gratificação os juízes que julgam processos em varas distintas, em juizados especiais ou turmas recursais” — essa sanção parece sob medida para o Ministro do Supremo Dias Toffoli, que também é, atualmente, Presidente do Supremo Tribunal Eleitoral!…
    O aumento de vencimentos dos Ministros do STF e do Procurador Geral da União, ajustados em 14% (!), podem ser legais e, sob a ótica de parâmetros de mercado de trabalho, até condicentes; mas não deixam de ser uma afronta ao trabalhador comum, nós, meros mortais, que ganhamos se muito a cada desídio coletivo a reposição da inflação anual e olhe lá!
    Já disse em outras oportunidades e volto dizer: os vencimentos do(a) presidente da república, dos ministros dos STF, dos senadores, deputados federais e demais cargos eletivos nas esferas federal, estaduais e municipais deveriam ser indexados ao salário mínimo por força de artigo pétreo constitucional, com o salário mensal total do(a) presidente incluindo todos os benefícios (residência oficial, alimentação, transporte, etc) limitado a, digamos, 100 vezes o salário mínimo vigente (o que daria hoje aprox. R$ 78.000,00), sendo esse também o teto absoluto de proventos (acumulados ou não!) para qualquer servidor público no país, da ativa ou aposentado!
    É uma ideia utópica, hoje… Ah!, mas como seria bom para o país se tivéssemos algum mecanismo legal para moralizar o serviço público nesse sentido!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *