Início » Brasil » Dilma vetou reajuste do Judiciário, informa STF
Aumento de até 78,5%

Dilma vetou reajuste do Judiciário, informa STF

Veto da presidente deve ser publicado na edição desta quarta do 'Diário Oficial da União' ou em edição extraordinária

Dilma vetou reajuste do Judiciário, informa STF
Servidores do Judiciário protestam em frente ao Palácio do Planalto (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

A assessoria de imprensa do Supremo Tribunal Federal (STF) informou nesta terça-feira, 21, que a presidente Dilma Rousseff decidiu vetar o reajuste de 53% a 78,5% para os servidores do Judiciário.

O reajuste havia sido aprovado pelo Senado, mas Dilma já havia se manifestado contra o projeto, afirmando que se tratava de algo “insustentável”.

O veto de Dilma deve ser publicado na edição desta quarta-feira, 22, do “Diário Oficial da União” ou em edição extraordinária.

De acordo com a assessoria do STF, a decisão de Dilma foi transmitida por telefone pelo secretário-executivo do Ministério do Planejamento, Dyogo Henrique de Oliveira, ao diretor-geral do Supremo, Amarildo Vieira.

A assessoria do Ministério do Planejamento informou que o governo avalia conceder um reajuste de 21,3% para os servidores do Judiciário a ser pago pelos próximos quatro anos.

O governo ainda não confirmou a informação divulgada pelo Supremo. Caso seja confirmada a decisão de Dilma, o Congresso deverá decidir, em sessão conjunta de deputados e senadores, se mantém ou não o veto presidencial.

Servidores do Judiciário têm feito protestos com o objetivo de pressionar a presidente Dilma a não vetar o aumento. A categoria afirma que não tem reajuste há oito anos.

Fontes:
G1 - Supremo informa que Dilma vetou reajuste para servidores do Judiciário

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *