Início » Brasil » Dilma x Paes
Coluna Esplanada

Dilma x Paes

Prefeito do Rio decidiu impetrar ação na Justiça contra a manutenção dos índices de cobranças das dívidas do município com a União

Dilma x Paes
Dilma ficou muito aborrecida quando soube da decisão de Paes (Fonte: Reprodução/AFP)

A presidente Dilma ficou muito aborrecida e nervosa quando soube que o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), decidira impetrar ação na Justiça contra a manutenção dos índices de cobranças das dívidas do município com a União, que onera em muito o caixa da cidade maravilhosa. Dilma enviou recados ao vice, Michel Temer, para lembrar a Paes que ela e o ex-presidente Lula investiram pesado no PAC na cidade.

É guerra

Agora, a guerra será judicial, porque o AGU, Luis Adams, tem carta branca para atuar na derrubada da liminar conquistada por Paes.

Lobby in loco

Sérgio Cabral e Eduardo Paes desfilaram pelo Congresso Nacional na última segunda-feira, arregimentando apoio.

Colada na TV

A presidente Dilma está fascinada com o seriado Pablo Escobar — o senhor do tráfico, transmitido pela Globosat. Comentou com aliados que virou fã, e não perde um.

O ‘presidente’

A presidente está braba com Aloizio Mercadante. Ele deixou o gabinete em meio à conversa dela com o ministro da Educação, Cid Gomes, e sem sua autorização telefonou para o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, para avisar que Cid estava sendo demitido. E Cunha avisou para o plenário, e ao vivo para o Brasil pela TV Câmara.

Mico

Quando Cid saiu abatido do gabinete presidencial, ele e a presidente Dilma souberam pelos sites, televisão e por repórteres que o cearense estava fora do MEC. Antes mesmo do anúncio oficial de Dilma em nota pela Comunicação ou pelo Twitter.

Mais crise

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, colocou em votação urgente na terça o projeto que obriga o governo a mudar o índex da dívida de estados e municípios por retaliação. A presidente vetou o projeto aprovado no Congresso que dificulta a criação de partidos,

O motivo

É que o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, trabalha para recriar o PL, fundi-lo com o seu PSD e formar um grande partido para fazer frente ao PMDB.

Bigode x Barba

Por essa, do episódio do Cid com Dilma, e por outras, Lula quer ver Mercadante fora do Palácio. Ele ganhou poder e está se sobrepondo a Dilma — e daqui a pouco ao Barba.

Imprensa apanha

A imprensa é o setor que mais tem sofrido diretamente os efeitos da crise na economia. O fato de a Petrobras, no furacão da Lava Jato, ter cessado contratos de publicidade, contribuiu para redução drástica de custos de jornais e revistas nos últimos dias.

Afago

Mais que prestigiar o evento, será desagravo a Marta Suplicy (ainda PT-SP): Renan Calheiros e Eduardo Cunha prestigiam na Fiesp hoje lançamento de campanha por mais mulheres na política, organizado pela entidade e pela senadora que vai aportar no PSB.

BB –

O governo foi informado de que a cúpula do Banco do Brasil pretende cortar até R$ 1 bilhão em custos este ano, diante da recessão na economia. A despeito de ser empresa de capital misto, o Planalto recebeu bem a notícia.

BB ++

Apesar dos cortes, o BB não abrirá mão dos contratos futuros para o aluguel de três edifícios novos em construção, no setor de Autarquias Norte, em Brasília, que serão sedes de diretorias. Segundo a assessoria, uma empresa constrói e o BB alugará.

BB + –

Curioso é que enquanto a cúpula discute o corte bilionário, mantém a expectativa de crescer suas despesas entre 5% e 8%. ‘O Banco do Brasil mantém foco constante em redução de despesas e aumento da eficiência operacional’, informa a assessoria.

Desancou

O ‘Diversidade Tucana’, grupo GLBT do PSDB, atacou em nota o deputado evangélico João Campos (PSDB-GO), por sua proposta de moção de repúdio contra um ‘beijo gay’ numa novela da TV Globo.

Ponto Final

A presidente Dilma busca um novo ministro da Comunicação que invista mais na imprensa regional, abandonada pelas gestões desde que ela assumiu o Planalto.

Com equipe DF, SP e Nordeste

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *