Início » Brasil » Disputa por liderança na Câmara aprofunda racha no PSL
DELEGADO WALDIR X EDUARDO BOLSONARO

Disputa por liderança na Câmara aprofunda racha no PSL

Eduardo Bolsonaro se apresenta como novo líder do PSL na Câmara, mas é destituído minutos depois. Delegado Waldir segue como líder da legenda

Disputa por liderança na Câmara aprofunda racha no PSL
Debate promete se estender ao longo desta quinta-feira (Foto: Montagem O&N/ Luis Macedo e Vinicius Loures/Câmara dos Deputados)

Uma disputa pela liderança do PSL na Câmara aprofundou o racha no partido entre as alas bolsonarista, fiel ao presidente Jair Bolsonaro, e bivarista, leal ao presidente da legenda, Luciano Bivar.

Atualmente, as alas são lideradas pelo filho do presidente da República, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), e pelo Delegado Waldir (PSL-GO), atual líder do PSL na Câmara.

A disputa pela liderança teve início na última quarta-feira, 16. Atendendo a pedidos do presidente Jair Bolsonaro – que telefonou para deputados aliados do partido para pedir que destituíssem Waldir da liderança e colocassem Eduardo em seu lugar – o deputado federal Major Vitor Hugo (PSL-GO) apresentou uma lista com 27 assinaturas de integrantes da legenda que solicitavam a transferência da liderança.

Eduardo, então, apareceu em uma transmissão ao vivo da TV Câmara, ao lado da deputada Carla Zambelli (PSL-SP), na qual se apresentou como novo líder da legenda. “Tendo em vista os últimos acontecimentos referentes apenas à liderança do PSL, visando preservar a imagem do partido na Câmara, por aclamação da maioria dos deputados do partido, ficarei à frente da liderança até dezembro, mês em que realizaremos eleições para um novo líder, que exercerá o cargo no ano de 2020. Vamos em busca da união”, afirmou Eduardo Bolsonaro na transmissão.

Porém, ele perdeu a liderança minutos depois, após Waldir apresentar uma nova lista, com 32 assinaturas, que garantia a retomada de sua liderança.

O embate, no entanto, não parou por aí. Horas depois, Carla Zambelli apresentou uma nova lista, novamente com 27 assinaturas, afirmando que esta última era a lista válida. A partir de então, iniciou-se um debate sobre se o que vale é a quantidade de assinaturas ou a ordem de apresentação da lista. O debate seguiu ao longo quinta-feira.

No início desta tarde, a Câmara validou a lista que mantém a liderança de Waldir no PSL. A medida foi tomada após a área técnica da Casa fazer a recontagem das assinaturas presentes nas três listas.

Foi constatado que, na realidade, a primeira lista apresentada pelo Major Vitor Hugo continha 26 assinaturas válidas. Já a segunda lista, apresentada por Waldir, continha 29. A terceira, apresentada por Carla Zambelli, continha 24. Após a recontagem, a liderança de Waldir foi validada pela Câmara.

Segundo noticiou o portal G1, nesta quinta-feira, 17, Jair Bolsonaro disse que não discute a questão da presidência do partido na Câmara publicamente, apenas individualmente, e classificou como uma “desonestidade” caso alguém tenha grampeado o seu telefone – um áudio, divulgado pela revista Época na quarta-feira mostrou o presidente articulando com um interlocutor, não identificado, a retirada de Waldir da liderança do partido.

Entenda o caso

A crise no PSL teve início após vir à tona, em fevereiro, o escândalo do uso de candidaturas de fachada pelo partido. Desde então, Bolsonaro vem tentando descolar sua imagem do partido e já cogitou trocar de legenda.

Em setembro, o senador Major Olímpio (SP), líder do PSL no Senado, expôs o acirramento da crise no partido. Falando sobre a saída da senadora Selma Arruda (MT), que deixou o PSL e migrou para o Podemos, Olímpio criticou diretamente o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), defendendo sua saída da legenda. A partir de então, a crise no PSL se tornou pública.

Na última semana, porém, o racha no PSL ganhou novos elementos. Jair Bolsonaro apareceu em um vídeo divulgado nas redes sociais pedindo para um apoiador “esquecer o PSL”, afirmando, em seguida, que o presidente nacional do partido, Luciano Bivar, “tá queimado pra caramba”.

A afirmação repercutiu entre os parlamentares. Um dos principais posicionamentos partiu do deputado federal Delegado Waldir, que destacou que “Bolsonaro não está algemado o PSL”, lembrando que presidentes e governadores têm liberdade para trocar de partido. Waldir, inclusive, lembrou que o senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente, também está sendo investigado.

No fim da última semana, Jair Bolsonaro, juntamente com outros parlamentares, pediu acesso às contas do PSL, defendendo a abertura do que chamou de “caixa-preta” da legenda. Já no último final de semana, Bolsonaro admitiu que poderia deixar a sigla.

Fontes:
Folha de São Paulo-PSL tem guerra de listas após Bolsonaro atuar para Eduardo ser líder na Câmara
O Globo-Deputados tentam destituir líder do PSL; grupo de Bivar reage
Congresso em Foco-Liderança do PSL: leia quem são os deputados pró-Eduardo e os pró-Waldir

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. Rogerio de Oliveira Faria disse:

    Laranjal em chamas…

  2. Júlio César Cardoso disse:

    Rogério, igualzinho ao período petista!!!

  3. Eduardo Ramos Bastos Bastos disse:

    Esse Waldir judas e mentiroso esses traidores tem que ser extinto jb nao ta nem ai ele governa para o povo e o povo ta ao seu lado o resto é resto

  4. João Cirino Gomes disse:

    NÃO ACREDITO QUE OS ALIADOS SÃO OPOSIÇÃO AO PT, E MUITO MENOS QUE OS POLÍTICOS QUE SÃO DE UM MESMO PARTIDO SEJAM ADVERSÁRIOS! É muito fácil notar que a CPI, os impeachment e a lava jato, não passaram de espetáculos teatrais, e só serviram para dar mais despesas, serviram para uns fazerem média, e para outros ganharem votos!

    Quer provas?

    Com o impeachment, a Dilma e o Color ganharam mais uma aposentadoria, continuam exercendo cargo público e impunes, sem devolver um centavo!

    SOMENTE OS EMPRESÁRIOS METIDOS EM FALCATRUAS FIZERAM DELAÇÃO PREMIADA E DEVOLVERAM PARTE DOS VALORES ROUBADOS, MAS NENHUM POLÍTICO, OU SEUS FAMILIARES DEVOLVERAM UM CENTAVO DOS VALORES QUE ROUBARAM.
    E MUITOS DESTES LADRÕES NEM PROCESSADOS FORAM.

    O BRASIL QUE É O PAÍS MAIS RICO DO PLANTE TERRA, TEM MAIS DE TRÊS DÉCADAS DE FALCATRUAS, CORRUPÇÕES, DESVIOS, SUPERFATURAMENTO, APROPRIAÇÃO INDÉBITAS E ENRIQUECIMENTOS ILÍCITOS.
    E AS CADEIAS E PRESÍDIOS CONTINUAM SUPERLOTADOS, DE ANALFABETOS, POBRES, PRETOS E PUTAS, SEM PARENTES IMPORTANTES, SEM EIRA SEM BEIRA!

    E ATÉ A ESTADIAS DOS PRESOS, ESTÃO SENDO SUPERFATURADAS, PARA GERAR LUCROS AOS INTEGRANTES DO CRIME POLITICO ORGANIZADO, POIS ALGUNS POLÍTICOS DIZEM, QUE CADA PRESO DAQUELES QUE ESTÃO EMBOLADOS E PEQUENO CUBÍCULOS, CUSTAM MAIS DE CINCO MIL REAIS AOS COFRES PÚBLICOS, MELHOR DIZER, CUSTA ESTE VALOR EXORBITANTE, PARA O POVO QUE PAGA IMPOSTO.

    COMO PODE SER ISSO, SE A MAIORIA DOS TRABALHADORES BRASILEIROS GANHAM EM MÉDIA MIL REAIS MENSAIS, E COM VALOR TÃO IRRISÓRIO, PRECISAM SE MANTER E SUSTENTAR SUAS FAMÍLIAS?

    E O BRASIL CONTINUA FALINDO OS TRABALHADORES CONTINUAM PERDENDO SEUS DIREITOS.

    BOA PARTE DA POPULAÇÃO DESEMPREGADA. PASSANDO PELAS MAIS DIVERSIFICADAS NECESSIDADES, ALGUNS PASSANDO ATÉ FOME, MAS PAGANDO A MAIOR TAXA TRIBUTARIA DO PLANETA, PARA BANCAR AS MORDOMIAS E AS RAPINAGENS DESTES POLÍTICOS USURPADORES “AUTORIDADES PICARETAS” E SEUS FAMILIARES.

    SE DEPOIS DE TANTAS PASSEATAS, CPI; IMPEACHMENT E LAVA JATO, ALGUÉM CONHECER UM POLÍTICO, OU QUALQUER UM DE SEUS FAMILIARES QUE TENHA DEVOLVIDO UM CENTAVO DOS VALORES ROUBADOS, POR GENTILEZA ME INFORME.

    E AS VERBAS ARRECADAS NA LAVA JATO, EM NADA ESTA BENEFICIANDO A POPULAÇÃO, POIS OS POLÍTICOS CONTINUAM DIZENDO, QUE FALTA VERBAS PARA EDUCAÇÃO, SAÚDE, SEGURANÇA E MORADIA, QUE SÃO AS NECESSIDADES BÁSICAS EM UMA SOCIEDADE.

    E PARA QUEM NÃO SABE; FOI O PRÓPRIO SERGIO MORO, QUE FALA EM PACOTE CONTRA A CORRUPÇÃO, QUEM CRIOU A MEDIDA HUMANITÁRIA, PARA CONCEDER O BENEFICIO DE PRISÃO DOMICILIAR, AO LULA QUE CONTINUA TRILIONÁRIO, AOS DEMAIS POLÍTICOS CORRUPTOS, E AOS SEUS FAMILIARES LADRÕES E FANTASMAS.

    E O SERGIO MORO FOI DENUNCIADO, POR ESTAR USANDO AS VERBAS ARRECADAS NA LAVA JATO EM CAIXA DOIS, MAS PARA SE JUSTIFICAR; DISSE ALTO, CLARO E EM BOM SOM, PARA O MUNDO TODO OUVIR, QUE CAIXA DOIS NÃO É CRIME

    PARA GANHAR VOTOS E SE ELEGER, BOLSONARO DIZIA, QUE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA SERIA UMA COVARDIA CONTRA OS TRABALHADORES.

    E DIZIA, QUE SÓ COM AS VERBAS DO NIÓBIO E DO GRAFENO, O BRASIL SERIA UMA POTÊNCIA, MAS DEPOIS DE ELEITO PARECE QUE SE ESQUECEU DESTE DETALHE E DE SUAS PROMESSAS.

    POIS ESTA USANDO VERBAS PÚBLICAS E PAGANDO POLÍTICOS USURPADORES E CORRUPTOS DA SUA MESMA LAIA, PARA VOTAREM A FAVOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA.

    E NÃO EXPLICA, PARA ONDE ESTÃO INDO AS VERBAS DAS PRIVATIZAÇÕES, DO NIÓBIO E DO GRAFENO.

    E o Brasil que é o país mais rico do planeta terra, continua falindo e os trabalhadores continuam sendo escravizados.

    OS POLÍTICOS QUE SÃO ALIADOS E DISTRIBUEM VOTOS CARGOS E BENEFÍCIOS ENTRE ELES, FORJAM BRIGAS, PARA DIVIDIR O POVO E ENFRAQUECER A LUTA POR JUSTIÇA SOCIAL!

    E os simplórios, ao invés de defender seus direitos, a Pátria e o futuro de seus descendentes, ficam se digladiando e se ofendendo, para defender os algozes da Nação!

    Enquanto isso, os políticos e seus familiares que nada produzem, continuam se fingindo de adversários, roubando de conluio, impunes, se enriquecendo a cada dia mais, e se acobertando entre eles!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *