Início » Brasil » Edital do Mais Médicos efetiva 2.812 inscrições
CANDIDATURAS EFETIVADAS

Edital do Mais Médicos efetiva 2.812 inscrições

Portal do governo recebeu mais de 6 mil inscrições, mas, devido a irregularidades detectadas nas demais candidaturas, apenas 2.812 foram efetivadas

Edital do Mais Médicos efetiva 2.812 inscrições
Vagas preenchidas representam 26% do total em aberto após a saída dos médicos cubanos (Foto: ASCOM/MS)

O edital de convocação para o programa Mais Médicos, lançado há dois dias, registrou 6.394 inscrições até a manhã desta quinta-feira, 22. Porém, deste total, apenas 2.812 foram efetivadas.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a discrepância entre o número de inscritos e de candidaturas efetivadas se dá porque o sistema do portal verifica as informações cadastradas junto a outras bases de dados, como o registro no Conselho Federal de Medicina. Caso haja dados irregulares, a candidatura é rejeitada.

Ao todo, as vagas preenchidas pelo edital representam 26% do total de vagas que ficaram em aberto após a saída dos médicos cubanos do programa. O Ministério da Saúde informou que, assim que as inscrições foram abertas, o portal recebeu mais de 1 milhão de acessos, “volume que configura ataques cibernéticos”. Diante do problema, o ministro da Pasta, Gilberto Occhi, disse que as inscrições serão prorrogadas – inicialmente, as inscrições iriam até o próximo domingo, 25.

O governo lançou o edital em caráter de emergência na última terça-feira, 20, no intuito de suprir as vagas deixadas pelos profissionais cubanos. Cuba decidiu encerrar sua participação no programa por conta de declarações do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), que questionou a preparação dos profissionais cubanos, afirmou que a permanência deles no país será condicionada à revalidação do diploma e disse que a contratação passará a ser individual.

Com a saída dos médicos cubanos, 8 mil postos ficarão vagos e há o risco de desassistência básica de saúde a mais de 28 milhões de pessoas. Além dos postos que ficarão vagos com a saída dos cubanos, há outras 2 mil vagas em aberto, o que eleva para 10 mil o número de vagas que precisam ser preenchidas.

O edital oferece 8.517 vagas para atuação em 2.824 municípios e 34 áreas indígenas. As vagas são para médicos brasileiros ou com diploma revalidado no país. O salário é de R$ 11.865,60, por 36 meses, com possibilidade de prorrogação. Os profissionais podem se inscrever no site maismedicos.gov.br.

 

Leia mais: Prefeitos apelam a Temer por manutenção dos Mais Médicos
Leia mais: Ex-chefe do Mais Médicos diz ser difícil repor 10 mil vagas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *