Início » Brasil » Eduardo Cunha ganha apoio do G-10 nanico
Coluna Esplanada

Eduardo Cunha ganha apoio do G-10 nanico

Deputado tem trabalhado, e com excelente retorno, nos bastidores

Eduardo Cunha ganha apoio do G-10 nanico
Cunha conseguiu o voto do G-10 nanico (Fonte: Reprodução/Veja)

É grande e real a preocupação da presidente Dilma Rousseff com a ascensão do nome do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) como potencial candidato a presidente da Câmara em fevereiro. Cunha tem trabalhado, e com excelente retorno, nos bastidores. Há dias o líder do PMDB reuniu 24 deputados de 10 partidos ‘nanicos’ — já chamado de G-10 após o encontro. Cunha conseguiu o voto do bloco, e em contrapartida prometeu atuar contra a regulação da imprensa e contra qualquer tentativa de lei a favor do aborto.

Território neutro

A reunião foi a pedido de Eduardo Cunha em território neutro, na última quarta-feira, na liderança do PTB na Câmara. A maioria era da bancada cristã e conservadora.

O G-10

Participaram da reunião deputados do PSL (1), PTC (2), PTN (4), PMN (3), PTdoB (1), PHS (5), PRP (3), PSDC (2), PEN (2) e PRTB (1).

Acordão

Além do acordo fechado, os deputados ainda se comprometeram a serem cabos-eleitorais de Cunha e atuarem para converter eleitores de eventual candidato do PT.

Conare e Molina

Sai até quinta a resposta do Conare — Comitê Nacional para Refugiados — sobre o pedido de asilo para o senador boliviano Roger Molina, o que fugiu para o Brasil após ficar mais de um ano refugiado na Embaixada do Brasil em La Paz. Há suspense, pode vir um ‘não!’. Molina estranha a celeridade do processo poucos dias após ser entrevistado.

Safra e Eike

O ex-bilionário Eike Batista deve se morder de inveja. O banqueiro brasileiro Joseph Safra comprou por R$ 3 bilhões a torre Gherkin, o famoso edfício de Londres. Aliás, Eike precisa de aulas com Safra — que sabe ganhar dinheiro sem propaganda enganosa.

‘Buzinaço’ na F-1

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, sente o peso da rejeição que cresce contra o PT. Ao ser anunciado entre as autoridades presentes na hora do Hino Nacional na prova de F-1 em Interlagos, foi vaiado. Foi anunciado em inglês, e vaiado novamente.

Aqui, não

Um radialista gaiato nos alto-falantes do circuito de Interlagos brincou sobre a boa qualidade do asfalto: ‘Não deixa o prefeito ver que logo vai querer fazer ciclofaixa’.

Efeito CPI

A presidente da Petrobras, Graças Foster, que patrocina a prova, passou longe da F-1. A entrega dos troféus foi feita por Geraldo Alckmin e o Ministro de Turismo.

Zuuuummm…

Aliás, Eike, que continua rico, não é bobo. Foi o primeiro patrocinador e ainda investe dinheiro do bolso no piloto brasiliense Felipe Nasr, da GP2, que subirá à F1 em 2015.

Contrato renovado

Aloizio Mercadante fica onde está: na Casa Civil da Presidência. Mas terá papel fundamental na escolha do novo ministro da Fazenda. Porque entende de economia, e porque foi quem fritou muito Guido Mantega, o atual.

Pediu para sair

Em tempo, Guido Mantega foi quem pediu para sair da Fazenda, há meses. Não foi demitido. Além de ser fantoche das decisões equivocadas da chefe na política econômica, ele vive um drama familiar.

Alô, terceiro setor

A Promotoria de Justiça das Fundações no DF realiza dia 18 de novembro o congresso ‘Terceiro Setor: Capacitação e Transparência’. Com tanta gente enrolada com repasses a ONGs — por inexperiência ou por corrupção — fica a dica do bom caminho da gestão.

Que é isso, doutor!?

Caiu na rede, virou vilão — o médico de Poços de Caldas (MG) Walter de Abreu escreveu no Facebook: ‘GRANDE DESCOBERTA: nordestino votou na Dilma, porque no NORDESTE, anta anda de jegue e não paga gasolina e burro de Minas também’.

Vem rodo aí!

Assessores especiais e diretores de departamentos de todos os ministérios estão tratando de remanejamentos ou de saídas. Vem reformulação geral no novo governo Dilma.

Ponto Final

‘PMDB é para a democracia como o ar que respiramos’.
Deputado federal Danilo Forte (PMDB-CE), da Tribuna do Plenário ontem.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *