Início » Brasil » Educação brasileira fica em 60º em ranking mundial com 76 países
Educação

Educação brasileira fica em 60º em ranking mundial com 76 países

O primeiro lugar foi ocupado por Cingapura, seguido por Hong Kong e pela Coreia do Sul

Educação brasileira fica em 60º em ranking mundial com 76 países
O último lugar ficou com Gana, na África (Foto: Pixabay)

Nesta quarta-feira, 13, o maior ranking mundial de educação foi divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Entre os 76 países avaliados, o Brasil ficou na 60º posição, próximo de nações africanas. O primeiro lugar foi ocupado por Cingapura, seguido por Hong Kong e pela Coreia do Sul. Já o último lugar ficou com Gana, na África.

Entre os 15 últimos colocados, estão mais três países sul-americanos: a Argentina (62ª), a Colômbia (67ª) e o Peru (71ª). O ranking foi feito baseado em resultados de testes de matemática e ciências aplicados nos respectivos países.

Segundo o relatório, os índices de educação de um país podem sinalizar os ganhos econômicos que essas nações terão a longo prazo. Além disso, Cingapura, que hoje ocupa o primeiro lugar da lista, é visto como um exemplo de que o progresso educacional é possível mesmo em pouco tempo, já que registrava altos níveis de analfabetismo na década de 60.

“Esta é a primeira vez que temos uma escala verdadeiramente global sobre a qualidade da educação. A ideia é dar a mais países, ricos e pobres, a possibilidade de comparar a si mesmos com os líderes mundiais em educação para descobrir seus pontos fracos e fortes e ver os ganhos econômicos a longo prazo gerados pela melhoria da qualidade da educação”, disse Andreas Schleicher, diretor educacional da OCDE.

O ranking será apresentado oficialmente na próxima semana, na Coreia do Sul, durante o Fórum Mundial de Educação. Na ocasião, líderes mundiais vão se reunir para traçar novas metas para educação. Afinal, alguns dos últimos objetivos, estabelecidos há 15 anos, como fornecer ensino primário a todas as crianças, ainda não foram atingidos.

 

Fontes:
O Globo-Brasil fica em 60º em ranking mundial da educação

6 Opiniões

  1. Joel disse:

    O Brasil, infelizmente, deixa a desejar em educação mas é muito bom em corrupção. Isso é péssimo, pois tentamos criar leis para esconder nossa incompetência, tipo essa da menoridade para 14 anos, pois já que não conseguimos educar, vamos punir, não é !.

  2. André Luiz D. Queiroz disse:

    Educação não é, nem nunca foi, prioridade nas políticas públicas em nosso país! A não ser na hora de fazer contratos ‘superfaturados’ (claro!) para construir escolas,ou publicação de material didático (ruim!), ou qualquer outra coisa que pudesse render uns trocados para uns e outros ‘bem relacionados’ com os detentores do poder. Agora, formar/capacitar professores, motivados, com proventos condignos, nada! Adequar os currículos escolares à atualidade, menos ainda! O ensino fundamental no Brasil, com poucas exceções, é um grande ‘pacto pela mediocridade’: o professor finge que ensina, e o aluno finge que aprende!..
    Brasil… “pátria educadora”! Perversa ironia, não?!

  3. Jayme Mello disse:

    Apesar de esses discutíveis contratempos, habilmente pinçados aqui ou ali, ainda assim e, sob todos outros aspectos, que mais se coadunam com a nossa realidade e principalmente, com os nossos interesses, o desempenho da educação brasileira, nos últimos anos (governo PT) foi infinitamente superior aos períodos do governo anterior.

    Bem sabemos que existe gigantesco atraso educacional para a maioria dos brasileiros, em relação aos outros países, aliás, colheita que hoje temos resultante duma visão turva de governos, de mais de 120 anos de república, no que se refere a educação brasileira. .

    Portanto, desnecessário, apresentar dados comparativos dos períodos, haja vista, o discrepante para não dizer pífia a performance global, da educação brasileira, sob a égide de um dirigente, tido como emérito educador, que infelizmente, por equívoco manteve o direcionamento lá do passado.
    .

  4. Hugo Leonardo Filho disse:

    Há um lado bom e um ruim: o bom é que ser melhor que outros 16 deveria nos encher de orgulho; o ruim é quando os alunos de hoje se tornarem os professores de amanhã.

  5. Joma Bastos disse:

    Brasil, PÁTRIA (DES)EDUCADORA!

    Hong Kong não é um estado, mas sim uma das duas regiões administrativas especiais da República Popular da China.

  6. Roberto1776 disse:

    Faltou mencionar que na matéria “DEREITOS DO CIDADÃO” o Brasil ficou em primeiríssimo lugar.
    Também na matéria COMO USAR A INDÚSTRIA DAS AÇÕES TRABALHISTAS CONTRA EMPREGADORES, também estamos muito bem colocados !

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *