Início » Brasil » Em três meses, governo demite dois presidentes da Apex
BRASIL

Em três meses, governo demite dois presidentes da Apex

Mario Vilalva foi exonerado por Ernesto Araújo nesta terça-feira, 9. Ele assumiu em janeiro, no lugar de Alecxandro Carreiro, que passou dez dias no cargo

Em três meses, governo demite dois presidentes da Apex
Mario Vilalva ascendeu ao cargo no dia 10 de janeiro (Foto: Jair Bolsonaro/Twitter)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Pela segunda vez em três meses, o Ministério das Relações Exteriores anunciou mudança na presidência da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex). O chanceler do Brasil, Ernesto Araújo, anunciou, nesta terça-feira, 9, a exoneração do embaixador Mario Vilalva da direção da agência.

Esta foi a segunda baixa na direção da Apex em três meses. No último dia 9 de janeiro, com menos de dez dias de governo, Araújo anunciou a exoneração do então presidente Alecxandro Pinho Carreiro, mais conhecido como Alex Carreiro.

No dia seguinte, no dia 10 de janeiro, Vilalva assumiu o comando da agência, tendo o apoio de Ernesto Araújo e do presidente da República, Jair Bolsonaro. No entanto, nesta terça-feira, o Ministério das Relações Exteriores informou, através de uma nota, que a exoneração do presidente faz parte “do processo de dinamização e modernização do sistema de promoção comercial brasileiro”. Ainda não foi divulgado quem assumirá a função.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *