Início » Brasil » Embuste oficial!
Grita Brasil

Embuste oficial!

Engana-se quem ainda acredita na Dilma. Ou engana-se quem quer ser enganado

Eu assino esse compromisso de tirar a Petrobras da lama que eu ajudei a colocar (Fonte: Reprodução)

Eu assino esse compromisso de tirar a Petrobras da lama que eu ajudei a colocar (Fonte: Reprodução)

A presidente Dilma muito me assusta quando bate no peito e diz que a luta para recuperar a Petrobras é dela. E por vários motivos. A Petrobras era uma das maiores empresas do mundo que, depois de dois governos Lula e um de Dilma, viu seu valor de mercado despencar como uma fruta madura.

Engana-se quem ainda acredita na Dilma. Ou engana-se quem quer ser enganado.

Não é possível que essas pessoas não consigam juntar dois mais dois. Sim, Dilma foi uma grande colaboradora para que a Petrobras esteja manchada e pobre. Aqui e no mundo. Só para lembrar que Dilma foi presidente do conselho administrativo da Petrobras, foi ministra das Minas e Energia e é hoje presidente do país. Ela não pode se esquivar e dizer que não tem nenhuma culpa. Ela tinha obrigação moral de pedir desculpas à população, aos investidores, aos funcionários e ao país. Mas como a soberba impera no PT, isso nós não vamos ver nunca. Um pedido de desculpas? Nem em sonho.

Seria muito mais digno e muito mais corajoso, um simples, ‘eu errei’, ‘perdão’. Mas é claro que certas palavras e atitudes não fazem parte do manual do PT. Muito pelo contrário, deve ser uma condição sine qua non para se ingressar no PT nunca pedir desculpas, nunca abaixar a cabeça e negar sempre.

É como se a Dilma abrisse a torneira da lama, e depois de ver quase tudo submerso, chegasse e dissesse: “Vamos, agarrem a boia”. “Eu sou a sua salvadora”.

Me engana Dilma, me engana que estou gostando e já até acostumei.
Sinceramente, às vezes, até acho que Dilma gosta desse joguinho de palavras fortes, de se mostrar a salvadora da pátria e de todos os seus males. Só que o grande problema é que ainda temos gente que compra essa imagem da Dilma e adora o que vê. Gente que ainda acredita que ela é o que ela disse que era. Que ela vai fazer e acontecer.

Então eu só peço muito cuidado e aconselharia que fossem removidos todos os antolhos para que vocês tenham uma visão global, uma visão 180º, pois se vocês continuarem a olhar só para o que está a sua frente, sinto muito, mas vocês estão sendo enganados.

Em queda livre, mas…

Hummm, esses números estão errados. O povo me ama (Fonte: Reprodução)

Hummm, esses números estão errados. O povo me ama (Fonte: Reprodução)

Calma, ainda não ganhamos a batalha, nem a luta, nem nada. Não podemos contar com a vitória ainda. Não há vitória. Temos um trabalho árduo pela frente.

Mesmo que as pesquisas apontem um aumento da impopularidade do governo Dilma, isso não quer dizer que o PT está acabado. O governo Dilma pode estar enfrentando várias dificuldades, uma vez que não está conseguindo cumprir as promessas feitas na campanha presidencial: inflação, direitos dos trabalhadores, desoneração da folha de pagamento e muitos mais blás, blás, blás.

Que a inflação está descontrolada todos estão vendo e sentindo, que o desemprego aumentou e muito todos que estão na fila para o seguro desemprego também estão vendo, e também os que leem jornais, que se deparam com Banco X demite, loja de departamento demite 300, empresa de telefonia demite 1.500, e por aí vai. Há tempos que não víamos isso. Lojas fechando aos borbotões, caos total.

É o que eu já falei, o PT não é a Dilma. Mas para muitos o PT é o Lula, e este é o nosso maior inimigo e pior pesadelo.

Temos que trabalhar para que as pessoas finalmente vejam isso. O Lula não será o salvador do que restar do país no fim desses mais quatro anos de Dilma. Sim, ele poderá ser o portador da pá de cal que irá enterrar de vez o Brasil.

Uma ferrovia de lama!

Enganam-se as pessoas que achavam que depois do mensalão nada mais poderia aparecer. Erraram. Apareceu o Petrolão. E enganam-se também e de novo as pessoas que achavam que o fundo do poço seria o Petrolão, sem trocadilhos. Erraram mais ainda, pois já começam a despontar informações de que rolou uma “propinazinha” nos contratos para a construção da Ferrovia Norte-Sul.

Mas sinceramente, isso eu já sabia. É óbvio ululante que cada vez que se vai fundo no pré-sal da corrupção comece a aparecer novas ramificações da corrupção que se apoderou do nosso país. Ou seja, tudo que não tiver corrompido, pode começar a não funcionar.

Não dou um ano para que descubram alguma coisa no BNDES, na Caixa Econômica, no Banco do Brasil. Será que esqueci alguém?

Sem falar na Operação Zelotes, que investiga a venda de sentenças do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), e envolve bancos e grandes empresas que pagavam propina para que fossem produzidos pareceres favoráveis aos contribuintes nos julgamentos de recursos dos débitos fiscais, fazendo com que eles até sumissem. Segundo apuração, o grupo de comunicação RBS, que tinha uma dívida de R$ 150 milhões, teria desembolsado apenas R$ 15 milhões para a coisa sumir.

Um ex-conselheiro do Carf disse num diálogo: “Somente os pequenos devedores pagam”.

Dorme com essa.

Salve as baleias. Não jogue lixo no chão. Não fume em ambientes fechados.

2 Opiniões

  1. Joaquim Caldas disse:

    Saiu o balanço da receita federal com o aval do TCU: Governo civil “Diretas Já”,uma dívida de três trilhões,em 30 anos.A receita para liquidar esta fatura é 5 prestações de 60 anos,pagos pelo suor do trabalhador brasileiro,com desconto em folha,consignado.Pra quem o governo fedegeral rouba tanto?

  2. Carlos U. Pozzobon disse:

    A rosca vai apertar quando começar os processos em NYork contra a Petrobras. Neste meio tempo, teremos os escândalos dos fundos de pensão, BNDES e tudo o que o PT, como num gesto de Midas, tocou e extraiu ouro, mas transformou em entulho.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *