Início » Brasil » Emenda de Sarney pode gerar PAC do Presídio
Coluna Esplanada

Emenda de Sarney pode gerar PAC do Presídio

O senador José Sarney (PMDB-AP) propôs emenda que torna homicídio simples crime hediondo, o que agrava a pena

Emenda de Sarney pode gerar PAC do Presídio
Se a emenda de Sarney passar, governos federal e estaduais terão de construir mais presídios (Reprodução/Internet) Limpa

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A intenção do senador José Sarney (PMDB-AP) foi boa, mas colocou a Câmara dos Deputados, onde chegou a proposta, numa

Leandro Mazzini é escritor e jornalista

situação delicada. Ele propôs emenda que torna homicídio simples crime hediondo – o que agrava a pena. Foi apresentada no projeto que incluiu a corrupção neste rol, aprovado no Senado. Mas os presídios só não estão mais lotados porque os autores de homicídios simples hoje têm regime de progressão de pena. Se a emenda passar e a presidente Dilma não vetar, governos federal e estaduais terão de construir mais presídios.
Limpa

Enquanto pesca em folga o presidente da Assefaz, Hélio Bernades, o anzol administrativo fisgará semana que vem de 20 a 30 funcionários do plano de Saúde.

Meio voo

Em empresas de táxi aéreo, um trecho Maceió-Porto Seguro-DF em jatinho não sai por menos de R$ 40 mil, em promoção. Renan Calheiros devolverá R$ 32 mil ao governo.

Sumiço a jato

Ganha um bombom quem citar uma letra de crítica de Eduardo Campos (PSB) ou Aécio Neves (PSDB), candidatos ao Planalto, sobre a farra familiar dos voos de jatos da FAB.

Laudo doidão
Um ‘concurseiro’ em Brasília está intrigado. Ele tem limitação de força e movimento no braço esquerdo, com duas chapas e oito parafusos. Numa perícia feita em 2012, para concurso do STJ, a junta médica atestou a ‘deficiência’. Este ano, para outro concurso, a mesma junta da CESPE-UnB, que realiza as provas, negou o problema em laudo.

O mundo na UTI

 

Ecoa na Câmara o assunto levantado pelo líder do Governo, Arlindo Chinaglia (PT-SP), na reunião de líderes: ‘Quem é que disse que só o serviço público está ruim. A saúde privada está aquém das necessidades’.

Pop up do voto

A minirreforma eleitoral que pode ir a plenário na Terça prevê, na inclusão de um parágrafo à Lei 9.504/97, que fica permitida ‘propaganda eleitoral na internet, inclusive mediante pagamento, após o dia 5 de julho do ano da eleição’.

Rede aberta

A lei atual permite a publicidade online durante a campanha apenas em páginas web de partido, do candidato, em blog ou nas redes sociais.

Fogo na turbina

Ontem, os ministros Celso Amorim (Defesa) e Jorge Hage (CGU) se reuniram para buscar um caminho de transparência para o uso dos aviões da FAB por autoridades.

Asas do Poder

O senador João Capiberibe (PSB-AB) vai solicitar à FAB uma planilha com requisições de aviões por parte de autoridades. ‘Uma janela de transparência, em que haverá o voo, nomes de passageiros, locais de partida e destino’.

Foro íntimo

A FAB, por segurança de Estado, não revela nomes de passageiros. A senadora Ana Amélia (PP-RS) prefere outro caminho ao de Capiberibe. ‘Penso que não é a FAB que tem que dar satisfação, mas a autoridade que usa a aeronave’.
Bicho bilionário

O Boletim de Notícias Lotéricas lembra que o Jogo do Bicho, que completou 121 anos, movimenta cerca de R$ 18 bilhões por ano. O jogo, apresentado ao Barão de Drummond pelo mexicano Manuel Zevada, surgiu para financiar o Jardim Zoológico..

Papa 2.0

 

Quem voltará a fotografar o Papa, desta vez o Francisco, é o fotojornalista Evandro Teixeira. Em 81, em cena hilária no Aeroporto Galeão, Evandro fez João Paulo II se agachar novamente e beijar o chão para um clique melhor. Risonho, ele evita comentar.

 

Do lado de lá

 

A pediatra Ana Amorim, voluntária da Médicos Sem Fronteira, em missão no Laos, relata que a saúde é tão precária que doentes viajam de 300 km a 500 km, durante dois ou três dias, para um atendimento. E alguns são mandados de volta, pela gravidade.

 

Só agora
Do líder do DEM, deputado Caiado (GO), em reunião com colegas: ‘Erramos. Se tivéssemos feito (a reforma) há oito anos’, tudo seria diferente.


Ponto Final

O povo voltou para casa. O Gigante hibernou?

________________________________________________________

Com Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

7 Opiniões

  1. ney disse:

    Quando me aposentar como servidor publico vou largar de trabalhar, pois o meu tempo ja passou. e não fazer como alguns que insistem em armar o barraco.

  2. Leidy Santos disse:

    FORA RENAN!!!

  3. ´jose antonio da costa disse:

    O José Sarney é um político que deveria estar fora do baralho há muito tempo. Foi um péssimo presidente da República. O seu Estado, administrato por ele e por sua família, é uma calamidade em todos os quadrantes. Esse político não pode oferecer nenhuma sugestão em plenario no Senado. É um currupto (com dois “r’ MESMO). deveria estar afastado há tempo. O bicho é tão dura que não morre.

  4. Áureo Ramos de Souza disse:

    É por isso que as lei brasileiras não tem sentido e sim tem sentido quando é para os pobres. Se homicídio simples é simples e se é crime hediondo é hediondo não misturar as coisas, cada cá em cada cá. Se descobrissem que um funcionário público assim como exemplo: um ascensorista andasse em um jatinho cobrariam o correto R$ 40.mil e porque Renan Calheiros só pagou R$ 32 mil e os 8 mil para onde foi. Dane-se Renan

  5. Maria de Nazaré Lourinho Revert disse:

    Seria maravilhoso se o Sarnei tivesse a boa intenção de apresentar um projeto que condenação fosse de fato cumprida, se alguém que comete um crime e que é julgado e condenado à 30 anos de prisão (exemplo)que fosse de fato preso por 30 anos.Eu duvido que não diminuísse a criminalidade no pais. E mais, que nesse mesmo viés fosse aprovado a obrigação de trabalhar enquanto preso, não para diminuir a pena ,como um premio, mas para pagar a manutenção do mesmo na prisão! Eu ficaria muito feliz, só assim o Sarnei conquistava a minha simpatia !!! Já pensou eu não ter mais que trabalhar para sustentar o assassino do meu ente querido na cadeia!!!

  6. Afonso Schroeder disse:

    Vejo com bastante preocupação certas colocações quanto aos políticos brasileiros, será que já aprendemos a votar, pois quem os coloca é a maioria dos eleitores ou não estamos vivenciando uma ampla liberdade de direito democrático e mais se aumentar os anos de confinamento temos que aumentar todos aos anos em torno de 20% os presídios, será que resolve? Ou seria melhor fazer a correção na raiz da questão que são salários justos aos pais destes que cometem o ato ilícito pois trabalham o mês inteiro e não ganham para sustentar suas famílias onde os filhos se rebelam e formando isto que estamos vendo acontecer todos os dias, não me diz que é falta de educação, pois a educação só existe se trabalhando ganhar para sustentar a família e consequentemente o gasto e menor em saúde, chega de discursos bonitos e mirabolantes, mas o povão continua na mesma ou digo sem salário justo. Pense nisto os que se julgam formadores de conceitos sociais.

  7. Robson Mothé disse:

    O Brasil precisa investir no sistema de presídios, pois esse se encontra em colapso total, com: superlotação, péssimo estado de conservação, agentes penitenciários com salários defasados e em péssimas condições de trabalho, falta de equipamentos de segurança, como bloqueadores de celulares, etc. O governo têm que aumentar o investimento no sistema pois a demanda por vagas é enorme e como está não favorece em nada a recuperação do preso. Com isso, aumento de vagas para presos, a reforma no código penal, com a extinção de benefícios, como: redução de pena, homicídio para crime hediondo, etc, se acelerá.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *