Início » Brasil » Emenda$ e obra$
COLUNA ESPLANADA

Emenda$ e obra$

O Congresso Nacional aprovou uma emenda que prevê o pagamento de no mínimo 60% das milionárias emendas impositivas para obras em suas bases

Emenda$ e obra$
Pagamento deve ser feito no primeiro semestre de 2020 (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Congresso Nacional aprovou, sem alarde, a Emenda Constitucional nº 105/19, que prevê o pagamento de no mínimo 60% das milionárias emendas impositivas indicadas por deputados e senadores para obras em suas bases, até o fim do primeiro semestre. Fato é que a partir de 1º de Julho, por lei, em razão das campanhas eleitorais, os repasses ficam travados até fim de novembro. É indicativo (apenas) de que muita obra vai aparecer na praça. A fatura está com o povo, que deve fiscalizar o dinheiro.

É sexta!

Algo estranho ocorreu na sede da Funai na sexta-feira, 13. A maioria dos funcionários foi embora após meio-dia. Oficialmente, fala-se em bug no sistema de internet e telefone. Logo numa sexta, claro.

Na mata

Enquanto isso, os índios Guajajara são massacrados todos os dias no interior do Maranhão. Outras etnias têm suas terras tomadas por empreendimentos imobiliários.

Matriarca segura

O clima é muito tenso na família no Recife. Antônio Campos, irmão do falecido Eduardo, e o herdeiro, João Campos, estão brigados. Ana Arraes segura a onda.

Pressão hermana

O petista Paulo Abrão, secretário na Comissão de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA), engoliu seco o relatório que fez sobre críticas a direitos humanos violados na Bolívia, com a queda do presidente Evo Morales. 

Outro lado

É que o delegado boliviano na comissão, Jorge Quiroga, cobra nova posição ao questionar por que a OEA não se manifestou, antes, sobre supostos abusos de poder de Morales. Ele usou o cargo para mudar a Constituição e tentar se perpetuar no Poder – além dos fortes indícios de fraudes eleitorais.

Estradas 1

Os acidentes com ônibus interestaduais diminuíram este ano, em relação ao período de janeiro a novembro de 2018, mas os dados ainda são preocupantes. Os números da Agência Nacional de Transportes Terrestres obtidos pela Coluna indicam que o setor ainda demanda mais fiscalização.

Estradas 2

Em 2018, nos meses de janeiro a novembro, foram 184 acidentes que resultaram em 239 feridos e 78 mortes. Nos mesmos meses de 2019, ocorreram 84 acidentes com 85 pessoas feridas e 19 mortes.

Turistando

A bancada evangélica tenta emplacar o nome do deputado federal Roberto de Lucena no Ministério do Turismo, no lugar de Marcelo Álvaro. Ele já comandou a pasta em SP.

Na marra

A Reforma da Previdência do Estado do Piauí foi aprovada num único dia com direito a confronto com a polícia e votação com plenário vazio – com servidores proibidos de entrar. Amanhã a redação final já sai no Diário Oficial. 

Cana dura

Por falar no Piauí, um bastidor sobre a apreensão de 1 tonelada de cocaína com quadrilha em dois aviões – com prisão de quatro pilotos. A droga iria para a Europa, avaliada em R$ 25 milhões, e corre entre bocas que o bando ofereceu R$ 6 milhões para os policiais fecharem os olhos. A tropa mandou algema e cana dura em todos.

Fitoterápicos

O Embaixador da ONU no Brasil, Niky Fabiancic, vai visitar em breve Macapá. Na sexta, ele recebeu em audiência o presidente do Instituto de Pesquisas Cientificas e Tecnológicas do Amapá (IEPA),  Jorge Souza. A entidade é referência em fabricação de medicamentos fitoterápicos da floresta amazônica e chamou a atenção de Fabiancic. 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Almanakut Brasil disse:

    2020 será o ano da AI-5mania, para que venha a tão esperada FAXINA GERAL contra os podres nos poderes, e que nunca mais deixe herança maldita para o futuro do Brasil.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *