Início » Brasil » Empacou
COLUNA ESPLANADA

Empacou

Temer não irá cumprir a promessa de concluir mais de 7 mil obras paralisadas no país

Empacou
Nos bastidores de Brasília, e do próprio governo, o Avançar, o PAC do Temer, é apelidado de ‘Avatar’. Ficou na ficção (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

A dois meses do fim do governo “tampão”, o presidente Michel Temer não irá cumprir a promessa feita quando tomou posse em 2016, após o impeachment da ex-presidente Dilma (PT). Ele prometera concluir mais de 7 mil obras paralisadas no país. Criou o programa Avançar baseado no modelo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), dos governos Lula e Dilma. O último balanço do Avançar, elaborado pelo Ministério do Planejamento, mostra que apenas 30,5% do total de projetos previstos foram concluídos até agora e “98,5% estão em andamento”.

Avatar

Nos bastidores de Brasília, e do próprio governo, o Avançar, o PAC do Temer, é apelidado de ‘Avatar’. Ficou na ficção.

Antecipados

Ciro, Alckmin e Marina já se telefonam desde a segunda-feira, para conversas sobre rumos do eventual 2º turno. Foi ideia de Ciro após o debate no SBT. Haverá reuniões.

Patronais x trabalhadores

Panorama da polarização eleitoral: a classe patronal está com Bolsonaro, que promete manter a reforma trabalhista; os sindicatos de trabalhadores com Haddad, contra.

‘Centrão’ de Bolsonaro

O anúncio do apoio da Frente Parlamentar Agropecuária à campanha de Jair Bolsonaro (PSL) escancara o abandono dos partidos do chamado Centrão à candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB). Com atuação na Câmara e no Senado, a Frente é formada por 260 parlamentares. A grande maioria pertence a legendas do PSDB, PP, DEM, PTB e PSD.

Frentão

Alguns destes vêm da frente suprapartidária de apoio a Bolsonaro, lançada por ele há dois meses, na Câmara Federal. Muitos são de partidos que têm candidatos ao Planalto.

Capitão da ‘porteira’

A via Bolsonaro foi pavimentada pela presidente da Frente, deputada Tereza Cristina (DEM-MS), que chegou a ser cotada para vice de Alckmin. Durante almoço com parlamentares da Frente, há um ano, Bolsonaro disse que, caso seja eleito, entregará o Ministério da Agricultura de “porteira fechada” para o setor indicar técnicos. E vai fundir a pasta com Meio Ambiente, vista como entrave em muitos projetos.

Resistência

Roberto Freire, presidente do PPS, disse a amigos que será difícil seu partido apoiar Bolsonaro. “Sempre lutei contra o fascismo”, disse Freire, numa clara alusão ao candidato do PSL. Ele elogiou a manifestação Mulheres contra Bolsonaro .

Polícia x fakes

A Polícia Federal vai montar um QG com delegados especializados em Brasília contra fake news no período de 1º a 8 de outubro, e de 22 a 29 – este em eventual 2º turno. A guerra virtual está feia. Estima-se um festival de inquéritos a partir de segunda-feira.

Homem de palavra

Oscar Maroni, o dono do prostíbulo de luxo mais famoso do Brasil, o Bahamas, em SP, promete noitada grátis de muito prazer com suas colaboradoras se Bolsonaro ganhar em 1º turno. Folder circula no whatsapp. Não conseguimos contato com o empresário, nem no site. Ele prometeu – e cumpriu – cerveja gratuita no dia da prisão de Lula da Silva.

A Menezes…

Os advogados Marcus Faver e Rafael Costa pediram ao Juiz João Fantinato, da 34ª Vara Cível do Rio, que anule as doações que o vereador Cesar Maia fez de bens que possuía e estão em sua ultima declaração ao TRE. Cesar Maia foi condenado a pagar pelos serviços que contratou da produtora Full Time, do jornalista Mauricio Menezes.

… o que é de Cesar

A dívida é de 1998 e Cesar Maia foi condenado em todas as instâncias, mas não paga, segundo os advogados. E para evitar ter algum bem confiscado, ele ‘doou’ para conhecidos, inclusive apartamentos no Leblon e em São Conrado. Cesar Maia (DEM), pai do presidente da Câmara Federal, lidera a corrida para o Senado. Em resposta à Coluna, por e-mail, Cesar Maia foi lacônico: “Estranho. Vou me inteirar.”

Bem lembrado

Quem lembra é Henrique Oliveira (PROS), que disputa novo mandato para a Câmara Federal: o povo (e os institutos também) estão priorizando nos debates, no boca a boca e até nos grupos de zap o candidato a presidente, mas tão importante quanto é escolher o Parlamento. “Esquecem que, se não tiver um Congresso decente, não adianta presidente”, pregando o voto útil para a Câmara.

MERCADO

Bicho de 77

Quem lembra é o professor Magnho José, presidente do Instituto Jogo Legal, e dos maiores especialistas em jogos do país. O Jogo do Bicho, criminalizado – e até hostilizado, embora gere renda e emprego – completou na quarta 77 anos de ilegalidade. Foi um decreto-lei do então presidente Getúlio Vargas que proibiu.

______________________

ESPLANADEIRA

O Terraço Shopping em Brasília promove Dia das Crianças Solidário de doação de brinquedos para o Centro Social Comunitário Tia Angelina.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Antônio Rodrigues disse:

    Por pura falta de vontade. A coisa empacou no tal do acordo de leniência, mas o governo deixou a coisa correr solta e não fez nada para costurar os diversos órgãos envolvidos no assunto, para acelerar os tais acordos. Foi burro, pois isso seria, sem dúvida alguma, um fator de redução do desemprego, mas nossos políticos estão mais interessados em livrar a própria cara do que batalhar pelos interesses do Brasil e do seu povo.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *