Início » Brasil » Empresas da Lava-Jato doaram R$ 39 milhões a governadores eleitos
Campanhas eleitorais

Empresas da Lava-Jato doaram R$ 39 milhões a governadores eleitos

Em alguns casos, as doações representaram quase 30% do total arrecadado pelos candidatos

Empresas da Lava-Jato doaram R$ 39 milhões a governadores eleitos
O governador eleito da Bahia, Rui Costa, foi o candidato que mais recebeu doações das empresas (Fonte: Reprodução/Correio 24 horas)

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, sete das nove empresas investigadas na operação Lava-Jato doaram quase R$ 39 milhões às campanhas de 19 governadores eleitos e reeleitos.

Leia mais: Propina da Petrobras foi paga em forma de doação a campanhas do PT, diz delator

 

Em algumas situações, as doações representaram quase 30% do total arrecadado pelos candidatos. É o caso das campanhas do governador eleito da Bahia, Rui Costa (PT), e do governador eleito de Alagoas, Renan Filho (PMDB).

As empresas em questão são UTC, Odebrecht, Queiroz Galvão, Engevix, OAS, Galvão Engenharia e Camargo Corrêa, com suas subsidiárias.Elas também doaram um total de R$ 72,5 milhões para as campanhas de Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB).

O candidato que mais recebeu doações das empreiteiras foi Rui Costa: R$ 9,4 milhões. Em seguida aparece o governador reeleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB): R$ 6,99 milhões.

O total doado pelas empresas, no entanto, pode ser ainda maior, uma vez que há repasses feitos pelos comitês das siglas que não indicam os nomes dos doadores.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Empreiteiras doaram R$ 39 milhões a 19 governadores

2 Opiniões

  1. Áureo Ramos de Souza disse:

    Quer dizer se tenho uma empresa e faço doações, tenho toda a possibilidade de minha empresa ganhar licitações super fatura sem problemas algum

  2. helo disse:

    Uma coisa é doar para mudar o rumoatabalhoado da economia. Outra é doar via chantagem. Melhor esclarecer bem esse fato. O governo tentando aprovar a quebra da responsabilidade fiscal age inconstitucionalissimamente.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *