Início » Brasil » Empresas enxergam potencial do profissional idoso
Idosos e mercado de trabalho

Empresas enxergam potencial do profissional idoso

Algumas companhias têm número significativo de pessoas mais experientes em seu quadro de funcionários. Para essas corporações, a contratação é vista de forma positiva. Por Paula Araujo

Empresas enxergam potencial do profissional idoso
Potencial do idoso está sendo melhor aproveitado

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Apesar de ainda haver dificuldades na reinserção do idoso no mercado de trabalho, parece que a sociedade já olha esse trabalhador com mais cuidado. Na região Sudeste, alguns exemplos ilustram que os empresários estão dando mais valor para esta mão-de-obra. “Percebemos que as pessoas idosas são, normalmente, mais atenciosas e comprometidas com a qualidade do que fazem. A oportunidade contribui para o aspecto financeiro e social do idoso”, afirma Rita Carnevale, coordenadora de Recrutamento e Seleção do supermercado Zona Sul, no Rio de Janeiro.

Presente em 32 pontos do estado, o supermercado tem 4.500 funcionários. De acordo com Rita, 2% deles têm mais de 55 anos de idade e ocupam cargos de frente de loja, operadores de caixa, fiscal patrimonial e balconista de padaria. A ideia de abrir vagas para pessoas aposentadas veio da vontade de investir em bom atendimento, o que ajudou. Segundo ela, muitos clientes elogiam e procuram ser atendidos pelos idosos. A rede está permanentemente recrutando empregados e as inscrições podem ser realizadas por meio de e-mail .

Em São Paulo, o restaurante Pizza Hut também resolveu dar lugar para pessoas com mais de 60 anos. A empresa já contrata empregados dessa faixa etária há três anos, além de recrutar portadores de deficiência física e visual e pessoas com Síndrome de Down.

Também em São Paulo, a fábrica Biscoitos Festiva adotou a prática. Ao constatar os resultados das contratações por meio de pesquisas, a empresa identificou que o ambiente fabril havia melhorado devido ao harmonioso convívio entre jovens e idosos, o que propiciava a troca de experiências. A pesquisa revelou ainda que a juventude é considerada primeiramente como o estado de espírito da pessoa.

Apesar de muitos idosos que buscam emprego não saberem, a idade não pode ser considerada empecilho para a contratação. De acordo com o advogado Luiz Mazeto, o artigo 96 do Estatuto do Idoso define como crime a fixação de limite máximo de idade na contratação de empregados. O documento afirma que, por se tratar de privação do exercício da cidadania, a pessoa pode pegar uma pena de 6 meses a um ano de reclusão e multa.

Atualmente, o artigo 28 do Estatuto do Idoso garante que o Poder Público irá criar programas de estímulo às empresas privadas para admissão de idosos ao trabalho. “Se antes a preferência era pelos mais jovens, hoje as empresas já enxergam o imenso potencial que não estava sendo bem aproveitado. Elas têm conhecimento da importância de ter profissionais mais experientes no seu quadro de funcionários”, conclui Mazeto.

Leia mais:

Mais numerosos nas ruas e ativos no mercado de trabalho

Vantagens e desvantagens do trabalho na terceira idade

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. ÍTALA disse:

    e vamos continuar com esse pensamento, que as pessoas independente de sua idade, raça, cor ou crença, teem qualidades únicas.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *