Início » Brasil » Escolha de deputado para Segurança em MG desagrada setor
Coluna Esplanada

Escolha de deputado para Segurança em MG desagrada setor

A escolha de Bernardo Santana para Secretário de Defesa Social não foi bem recebida pela Polícia Militar, Bombeiros e parte da Polícia Civil

Escolha de deputado para Segurança em MG desagrada setor
Deputado federal Bernardo Santana (Fonte: Reprodução/Agência Câmara)

A escolha do deputado federal Bernardo Santana (PR-MG) para Secretário de Defesa Social do governo de Fernando Pimentel (PT) não foi bem recebida pela Polícia Militar, Bombeiros e parte da Polícia Civil. A escolha estritamente política, para afagar o PR, aliado de campanha, pegou de surpresa o setor, que esperava um nome com experiência na área, tradicionalmente tida como prioridade para os mineiros. Pimentel anunciou o nome há dias num almoço com delegados numa churrascaria de Belo Horizonte.

Laçou

O PR é um dos partidos mais fortes em Minas e em Brasília. Pimentel precisa da legenda — que nos bastidores chegou a paquerar os tucanos, antes da campanha.

Salgadinho

O pedido de demissão de Jorge Hage da CGU pegou ministros de surpresa. Disse a poucos que queria passar pente-fino nos ‘salgadíssimos’ contratos da Petrobras, em vão.

Falta o 2º escalão

Jorge Hage chegou a propor via PF e Justiça Federal que os enrolados no processo entrassem também na ‘delação premiada da CGU’. Mirava assim servidores também.

Disputa no PSD

O presidente do PSD, Gilberto Kassab, quis fazer um agrado ao neófito Rogério Rosso e comprou briga com a bancada inteira na Câmara dos Deputados. Rosso está em alta cota porque emplacou o vice-governador do DF na chapa de Rollemberg (PSB), ajudou na campanha e terá algumas secretarias.

Ciumeira

Rosso, eleito deputado federal de primeiro mandato, virou alvo de ciúme da bancada. Os deputados avisaram a Kassab, em tom de alerta, que há nomes mais experientes e de consenso, como Arolde de Oliveira ou Índio da Costa, ambos do Rio.

Novo PL

Em tempo, depois de criar o PSD, Kassab lidera a articulação para refundar o Partido Liberal (PL). É estratégia para esvaziar a oposição — a meta é filiar políticos com mandato do DEM e PSDB. Há forte suspeita de que Kassab terá ajuda do Planalto.

Garotinho & BB

Do deputado Garotinho (PR-RJ), sobre eventual cargo como vice-presidente do BB: ‘Fiquei sabendo pela imprensa. Mas, não desminto’, responde, com ponta de sorriso.

‘Ingratidão’

A piada no BB é que o governo abriu tanta vice-presidência para o bancão, para políticos, que uma hora um cansa e vai para a oposição, como Geddel Vieira Lima (BA).

Enxurrada
 
Após o sheik dos Emirados, agora o varejo: pequeno acionista, o americano Peter Kaltman impetrou ação contra a Petrobras por causa da queda das ações e questionando a roubalheira. A estatal tornou-se passiva de enxurrada de processos de indenização.

MTE no rumo
 
O ministro do Trabalho, Manoel Dias, é todo prosa. A CGU premiou a ‘Lista Suja do Trabalho Escravo’ no Concurso de Boas Práticas 2014. ‘Um ministério que há dois anos enfrentou séria crise, hoje mostra que recuperou o protagonismo na política’, disse Dias.
 
Mais essa

Quando os indiciados pensavam que já estavam mal, eis um episódio que pode abrir precedente perigoso para a turma: a PF descobriu que uma ex-amante do dono de uma empreiteira pediu dinheiro para não revelar mais coisa. Se as outras se unem…

Conivência

Enquanto o PT vê exagero na gritaria contra o Petrolão, a oposição vê conivência do governo com diretores — todos apadrinhados políticos da base, em especial do Senado. Rubens Bueno, líder do PPS, lembra que todos foram avalizados por Lula e Dilma.

Laranjal apodrecido

Puxando o fio, a CPMI da Petrobras e a PF descobrem ligações da CPI do Cachoeira com o Petrolão. A MO consultoria, por exemplo, de propriedade do doleiro Youssef em nome de laranja, é a mesma dos relatórios do escândalo da Construtora Delta.

Na mira

Agora cassado, assim que oficializado, o ex-deputado André Vargas entra na mira da PF e pode ser preso a qualquer momento, por envolvimento com o doleiro Youssef.

Ao leitor

Sugestão de pautas, críticas, denúncias, dicas. Envie-nos e-mail para pauta@colunaesplanada.com.br

Ponto Final

E va La nave (Afundando como a petroleira).

Com equipe DF, SP e Nordeste

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *