Início » Brasil » Estudo revela que 274 prefeitos foram cassados desde 2008
Corrupção

Estudo revela que 274 prefeitos foram cassados desde 2008

Maior parte das cassações foi motivada por desvio de verba pública

Estudo revela que 274 prefeitos foram cassados desde 2008
Para Ziulkoski, a tendência é de que o número de cassações aumente até 2012 (Reprodução/internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Levantamento promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), divulgado nesta segunda-feira, 10, revela que o governo terminou mais cedo para 274 dos 5.563 prefeitos eleitos ou reeleitos nas últimas eleições municipais, o que representa 4,9% do total. Cerca de 38% dos casos foram motivados por ações de improbidade administrativa e, em 36,9% deles, por infrações à legislação eleitoral. Os estados de Piauí – o campeão, com 50 cassados -, Minas Gerais, Bahia e Mato Grosso lideram o ranking da troca de cadeiras.

Leia também: Desvios de verbas na Saúde somam R$ 2,3 bilhões em nove anos

A maioria das ações que levaram às cassações foi motivada por desvios de verbas e falta de comprovação do uso do dinheiro público. Há ainda prefeitos reeleitos que tiveram contas do mandato anterior reprovadas. Em processos envolvendo campanhas eleitorais, as principais razões para a perda de mandato são a compra de votos, irregularidades na prestação de contas e uso indevido de meios de comunicação.

Ao analisar os números, o presidente da Confederação Nacional de Municípios, Paulo Ziulkoski, chega a uma previsão pessimista: “A tendência é aumentar o número de cassações até 2012. Nem sempre um bom profissional de mercado consegue ser um bom prefeito. O despreparo para a função é grande. A fiscalização também aumentou, e a imprensa tem colaborado com o monitoramento”.

Entre os estados que mais cassaram prefeitos, a Bahia aumentou, recentemente, a lista de afastados. Ioná Queiroz (PT), de Camamu; Sílvio Ataliba (PT), de Maragojipe; e Eranita Brito (PMDB), de Madre Deus, foram afastados. O número de cassados chega a 32, dos quais 26 conseguiram recursos judiciais mantendo os mandatos. Ioná foi acusada de compra de votos; Ataliba – reconduzido ao cargo por uma liminar -, de admitir funcionários sem concurso; e Eranita, de abuso de poder econômico e político.

Já em Tocantins, nos últimos dois anos foram propostas 108 ações pelo Ministério Público Federal e pelo MP estadual contra prefeitos e ex-prefeitos. Eles foram acusados de improbidade administrativa e mau uso de dinheiro público. Só o MPE denunciou 48 dos 139 prefeitos do estado por acusações que incluem desvio de verbas, funcionários fantasmas e empréstimos consignados fraudulentos. Enquanto o MPE tenta afastar os gestores, o MPF procura recuperar os danos aos cofres públicos, que já chegam a R$ 7 milhões.

O Rio de Janeiro soma nove casos de cassação, sendo que, em seis processos – Guapimirim, Itaguaí, Campos, Cabo Frio, Valença e Seropédica -, os prefeitos conseguiram na Justiça a permanência nos cargos. Foram cassados os prefeitos de Mangaratiba, Carapebus e Magé. Em São Paulo, dez prefeitos foram cassados. Oito prefeitos são investigados por uso indevido de verba pública. O Paraná registra 13 cassações, sendo quatro por improbidade. Santa Catarina também teve 13 gestores afastados – dois permanecem por causa de liminares -, e o Rio Grande do Sul, seis.

Fontes:
O Globo - Desde 2008, 274 prefeitos foram cassados no país

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

12 Opiniões

  1. João Cirino Gomes disse:

    Cassados? Eu gostaria de saber qual foi o valor que devolveram aos cofres públicos e qual foi a punição de cada um deles?
    Acham que logo não estarão se candidatando, e fazendo promessas, com as mais nítidas intenções, de voltar a roubar e enganar a população?

    Como estamos vendo para os políticos que tem a lei de imunidade para se acobertarem, e para os juízes que tem fóruns privilegiados, o crime compensa!
    Estas leis são injustas e estão indo na contra mão da verdadeira Democracia, da justiça social, e dos direitos iguais!

    Venha fazer parte do movimento popular, contra a corrupção e a tirania!

    Note que tudo muda, mas as águas continuam correndo para o mar; assim como nossas leis e as emendas que são projetadas e aprovadas só para favorecer os hipócritas, os poderosos e os espertalhões mentirosos!

    Vejam a semelhança entre o sistema escravocrata de antigamente, e a hipocrisia do desgoverno da atualidade!

    Olhem como a história se repete, só mudando os personagens!

    Grande porcentagem na culpa da escravidão provinha da ganância dos reis, ou chefes de algumas tribos, que após as guerrear entre eles, vendiam seus prisioneiros; digo seus semelhantes, aos navios negreiros!

    Notem a semelhança:
    Atualmente, os desgovernos do Brasil, que se dizem representantes do povo, escravizam a população, com as mais altas cargas tributárias do universo, para seu bel prazer! Digo; para se enriquecerem da noite para o dia, manterem seus salários principescos e mordomias, perdoarem dívidas, doarem nossos impostos, presentear seus amiguinhos, e até os países de primeiro mundo, com a mais nítida intenção de se promoverem, e ludibriar a população, com a falsa informação, de que tudo vai bem, mas quando chega a hora de dar o aumento justo, tão prometido aos aposentados, ou investir em educação, saúde e segurança, dizem que não tem verbas!

    Não devemos deixar de citar, “as corrupções”, dos três poderes, com vendas de sentenças, que somada aos políticos, se tornam quatro; “uma quadrilha”, que tomou o país de assalto, e como um câncer, vem corroendo as entranhas da pátria, acobertadas pela imunidade e pelo fórum privilegiado!
    Só mudou na escravidão, o fato, de que: Hoje ninguém mais é dono de ninguém!

    Mas a maior parte da população é explorada, sobrevive às margens, na miséria e por conta própria, sem distinção de cor, raça, ou credo!
    Por desconhecerem seus direitos, alguns pensam que são livres!
    Nem notam, que continuam escravizadas pelo o sistema, e pelas mais altas cargas tributarias do universo!

    O político é um administrador eleito pelo povo, e não deve, e nem pode agir, como se fosse dono do país e dos cofres públicos!
    Esta tudo de ponta cabeça: Já esta mais que provado: democracia no Brasil, só existe da boca para fora!
    E a população, precisa se unir para reverter este quadro!

    Baseados em dados reais, nós subscrevemos o abaixo-assinado pelo fim da imunidade, e pelo fim do fórum privilegiado, responsáveis pelas crescentes ondas de corrupções e impunidades!

    Ou voto Nulo, em quem promete, só visando vantagens!

    Se estiver de acordo, assine!
    Vamos demonstrar a insatisfação popular!

    Uma andorinha sozinha não faz verão!

    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron
    Liberdade não consiste somente em se livrar das correntes!

    Aos senhores escravocratas, substituir as senzalas convém muito mais, por isso, criaram as reservas indígenas e os currais eleitorais!

    A escravidão e o coronelismo ainda existem e não disfarçam!

    Só não existe, a distinção, da cor, do credo, e da raça!

    Deveriam é mudar o slogan da Bandeira Nacional!

    Ao invés de ordem e progresso; deveria ser: Ordens aos humildes e progresso aos demagogos, hipócritas e poderosos!

    Abra sua boca a favor do mudo, pelo direito de todos que perecem!
    Provérbios Rei Lemuel!

    O cidadão que deseja justiça social!
    Precisa fazer sua parte, divulgando as injustiças!

  2. Carlos U. Pozzobon disse:

    Pelo assanhamento da corrupção, estes números representam uma gota no oceano. Em todo o caso, mostram que existe um simulacro de justiça atuando.

  3. Edna da Penha de Freitas disse:

    Nossa Constituição está defasada…
    Precisamos rever nossas leis.
    Não precisa colocar na prisão, devolvam aos cofres públicos o que é de direito, sem direito a permanecer no cargo, reeleição ou qualquer colocação no governo.

    Se retornar ao cofres públicos tudo que foi usado irregularmente, teríamos como pagar um salário mínimo/comercial mais digno.

  4. SID OLIVEIRA disse:

    NÃO ADIANTA NADA. VAI CONTINUAR TUDO NA MESMA, NÃO TEM PRISÃO,NÃO TEM PUNIÇÃO E NÃO TEM DEVOLUÇÃO DO ROUBO FEITO POR ESTES POLITICOS QUE SÃO MAIS UMA QUADRILHA DE LADRÕES DO POLITICOS,VEJA SE ALGUÉM FOI PUNIDO DO MENSALÃO QUER MAIS ESCANDALO E DESVIO QUE ESTE, E O JUIZ LALAU ESTA DESCANSANDO EM SP BEM CONFORTAVÉL EM SUA MANSÃO.NÃO SÃO APENAS OS POLITICOS QUE ESTÃO METENDO A MÃO.ESTA SE COMPRANDO ATÉ SENTENÇAS AGORA E AI COMO VAI FICAR ESTE PAIS.

  5. Luiz Mourão disse:

    4,9% do total…
    Esses são os que bobearam e se deixaram capturar!!!
    Dado o histórico dos políticos do Brasil, e dada índole do POVO voltada para o ERRADO, eu diria que não se pode acreditar que APENAS 4,9% se tenham extraviado do caminho reto…
    Onde está o RESTO????
    Brasil: político é culpado até prova em contrário!!!
    “…e a imprensa tem colaborado com o monitoramento.”: a qual imprensa o articulista se refere???
    Até onde percebo, NENHUM veículo de comunicação de grande porte é confiável…
    A grande mídia só ajuda a quem interessa a ela; só cego não vê isso…

  6. Áureo Ramos de Souza disse:

    As eleições se aproximam e aqui no bairro onde moro, o maior colégio eleitoral do Recife, durante esses três anos não apareceu nenhum vereador e nem tão pouco o atual prefeito mas sei que para o ano irão aparecer. Este negocio de dizer que foram cassados tantos % os números são iguais ao número de assaltos que que acontece na cidade dizendo que foi pesquisa. Estes ladrões deveriam ascessar OPINIÃO & NOTICIA ou nossos FACEBOOK onde vejo vários políticos para lerem o que nós escrevemos e que nada irá transformar suas posturas e pode tornar até perigoso pois não somos reporte apenas opinamos diante da verdade que vemos em todo o país. Estou com 65 anos sempre ouví isso, quando tinha 18 anos em frente a minha casa em Afogados (bairro do Recife) assistí o filho de um candidato com saco de dinheiro comprando votos. Se naquela época já acontecia e hoje vemos que a coisa é muito pior, o roubo é visto via internet, nos bolsos, na cueca, em sacolas etc. Sei que não irei ver para dizer NO BRASIL TODOS POLÍTICOS SÃO HONESTO.

  7. Markut disse:

    Causa extranheza não a sequência de ladroagens contínuas, mas a demora em cair a ficha que a questão está na má qualidade do proceso eleitoral, que consagra gente não qualificada, eleita por u´a massa eleitora desinformada a anestesiada,graças à sua baixíssima escolaridade.
    135 milhões de analfabetos totais e funcionais, num universo de 200 milhões de habitantes, não é explicação suficiente?
    Estamos imersos, de maneira preocupante, num ambiente em que a ignorância é cultivada e prestigiada, pelo mau exemplo, provindo do topo da pirãmide do poder.
    Eis uma das heranças malditas de 8 anos de lulo-petismo, aderido ao mais retrógado caciquismo histórico.
    Um verdadeiro pé no freio no desenvolvimento de uma país que se pretende emergente e que tem condições, para tanto, bastando não desprezar o capital humano disponivel em quantidade, mas, não, infelizmente, em qualidade.

  8. José Antonio Alves disse:

    Se as auditorias da CGU fosse mais constante e numerosa, 274 prefeitos cassados seria sómente na Bahia!!!! E a maioria, por desvio de verbas e superfaturamento. Acordem sehores eleitores e tirem esta chusma de desonestos de onde eles estão. Ladrões do erario publico é só o que tem em todos os níveis de governo, sejam no executivo, legislativo e ou judiciário, nos ambitos Federal, Estadual e Municipal.

    Felizmente a CGU promete mais auditorias e municipios com menso de 150.000 habitantes aquí na Bahia e voces, “leitores de O e N”, saberão as noticias

  9. RAYMUNDO AUGUSTO D'ALMEIDA disse:

    Na qualidade de brasileiro fico indignado ao ver tantas notícias de impunidade e corrupção cometidas pela maioria dos políticos tando na esfera federal, estadual e municipal. O número de cassações de prefeitos é muito pouco diante das milhares de prefeituras espalhadas neste país.
    É louvável o trabalho árduo dos procuradores salvaguardando os interesses da sociedade brasileira.

  10. Rogerio Faria disse:

    Quem não sabe que as Câmaras de Vereadores e Prefeituras nos Municípios viraram um grande balcão de negócios. Eleitor e eleito lados diferentes da mesma moeda. O povão merece.

  11. adalberto disse:

    tem que acabar com essa infinidade de prefeituras (na alemanha tem só 60 cidades, o resto é provincias)só o estado de minas tem mais de 800 cidades,isso quebra qualquer pais.
    grato
    adalberto
    p/s: e ainda por cima todas corruptas.

  12. OSVALDO VALERIO MIRANDA disse:

    A JUSTIÇA ESTA MUITO LENTE TEM QUE AGIR O MAIS RAPIDO POSSIVEL.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *