Início » Brasil » Execução de brasileiro é adiada na Indonésia
Tensão Diplomática

Execução de brasileiro é adiada na Indonésia

Justiça adia recurso sobre pedido de clemência, e a execução de dez condenados, incluindo um brasileiro, não acontecerá neste mês

Execução de brasileiro é adiada na Indonésia
Australianos antes da audiência em Bali (Reprodução/Nyoman Budhiana/Reuters)

Nesta quinta-feira, 19, uma ordem judicial adiou a audiência de um recurso da Austrália sobre um pedido de clemência presidencial para impedir a morte de dois cidadãos do país. Portanto, dez condenados por tráfico de drogas, incluindo um brasileiro, que estão no corredor da morte na Indonésia não serão executados neste mês.

Os australianos Myuran Sukumaran e Andrew Chan já foram transferidos para a ilha-prisão de Nusakabangan, onde as execuções serão realizadas. Eles fazem parte de um grupo de dez condenados por tráfico de drogas que vai ser executado por um pelotão de fuzilamento em Nusakabangan. Além dos australianos, o grupo inclui o brasileiro Rodrigo Gularte e cidadãos da França, das Filipinas, de Gana, da Nigéria e da Indonésia.

Em janeiro, a Indonésia executou o brasileiro Marco Archer, também condenado por tráfico de drogas, em um caso no qual a relação entre o Brasil e a Indonésia sofreu um grande desgaste diplomático.

Fontes:
Estado de S. Paulo-Indonésia adia decisão sobre execução de brasileiro e outros 9

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *