Início » Brasil » FAB divulga viagens de autoridades para dentro e fora do país
Na internet

FAB divulga viagens de autoridades para dentro e fora do país

Beneficiado, destino, origem, motivo e número de passageiros são alguns dos dados já disponíveis no portal da Lei de Acesso à Informação

FAB divulga viagens de autoridades para dentro e fora do país
Novas regras de divulgação possibilitam acesso do cidadão a dados de viagens (Fonte:Reprodução/Internet)

Dados de viagens de autoridades usando aviões da Força Aérea Brasileira (FAB), para dentro e fora do país, agora estão disponíveis na internet. Nessa segunda-feira, 15, passaram a ser atualizados no site da Lei de Acesso à Informação, a partir de viagens realizadas em 12 de julho. A decisão pela divulgação foi tomada pelos ministros da Defesa, Celso Amorim, e da Coordenadoria-Geral da União, Jorge Hage.

O cidadão pode checar o nome da autoridade, trajeto realizado, data, horário dos voos, origem e destino. As informações podem ser conferidas no site da FAB. Segundo a Controladoria-Geral da União (CGU), órgão responsável por gerir a Lei de Acesso à Informação, também é possível ter acesso ao motivo da solicitação e total de passageiros previstos, com base em informações fornecidas pelo solicitante.

Entre 11 e 13 de julho, por exemplo, o ministro da Ciência e Tecnologia, Marco Antonio Raupp, realizou viagem à Argentina, a serviço, passando por Buenos Aires e Bariloche, estando no país para discutir cooperações na área de energia nuclear e de monitoramento marítimo por satélite. Segundo a FAB, as atualizações, por motivo de segurança, serão disponibilizadas até às 18h do primeiro dia útil seguinte ao término da viagem.

No início do mês, o uso de aviões da corporação por autoridades para ir a compromissos não oficiais, como assistir ao jogo da final da Copa das Confederações no Rio, indignou a opinião pública. O presidente do Senado, Renan Calheiros, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, e o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves, acabaram devolvendo dinheiro aos cofres públicos por causa do uso do transporte.

Fontes:
G1 - FAB divulga na internet viagens de autoridades dentro e fora do país

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

5 Opiniões

  1. yama disse:

    É ofensivo o ABUSO POR IMPROBRIDADE ADMINISTRATIVA E DO USO IRREGULAR DAS AERONAVES COMANDADAS POR OFICIAIS DA FORÇA AÉREA BRASILEIRA.
    A intenção de ATENUAR A CONDUTA IRREGULAR COM PAGAMENTO (À GUISA DE INDENIZAÇÃO) FAZ PARTE DO ESBULHO POIS A VIAGEM PARA UM SÓ PASSAGEIRO OU GRUPO DE PASSAGEIROS NÃO PODE SE RESTRINGIR À DEVOLUÇÃO DE QUANTITATIVO EQUIVALENTE NUMÉRICO EM AVIÕES DE CARREIRA, POIS O COMANDANTE, O COMBUSTÍVEL E O SEGURO DA AERONAVE EXECUTIVA SÃO DE VALORES MAIORES E SEM CONTAR O USO DE SERVIDORES PÚBLICOS MILITARES EM DESVIO DE FUNÇÃO TALVEZ SEM AQUIESCÊNCIA DE SEUS SUPERIORES DIRETOS.
    É UMA VERGONHA (EM UM PAÍS DE SEM-VERGONHAS NÃO TEM MUITO SIGNIFICADO) – ATÉ QUANDO O POVO TOLERARÁ ESSA CONDUTA DE CRIMINOSOS EM QUADRILHA?

  2. Joaquim Caldas disse:

    Tem que Divulgar quem viaja na aeronave de Dilma e os jatinhos das empreiteiras.

  3. Áureo Ramos de Souza disse:

    VOU ESCREVER COM LETRA MAIÚSCULAS: NÃO ADIANTA DIVULGAR, EM REDES SOCIAIS, EM RADIO, TELEVISÃO QUE NÃO ADIANTA, ELES NÃO ESTÃO NEM AÍ, É COMO DIZ O HUMORISTA “EU QUERO É MAMAR”

  4. Miguel Meira disse:

    Votem NULO nas próximas eleições. Ninguém é eleito. Nem o presidente e portanto também não haverão ministros.

  5. Almanakut Brasil disse:

    Depois das farras de passagens, vieram as FAB Fest, os voos da alegria em helicópteros, renovação de frotas e etc. Ninguém pesca, faz cruzeiros, se inscreveu para o programa que levará á Marte, só com viagem ida…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *