Início » Brasil » Fábrica desiste de criar máscara com rosto de Cerveró após ameaça de processo
Carnaval

Fábrica desiste de criar máscara com rosto de Cerveró após ameaça de processo

Advogado alertou que a fábrica de artigos de Carnaval Condal, seria processada se produzisse a máscara. Empresa agora aposta no rosto de Graça Foster

Fábrica desiste de criar máscara com rosto de Cerveró após ameaça de processo
Empresa pretende investir em máscaras de Graça Foster (Reprodução/Custódio Coimbra/ O Globo)

Advogados do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, declararam que seu cliente pretende processar quem produzir máscaras com o rosto dele para o Carnaval deste ano.

Acusado de corrupção e lavagem de dinheiro na Operação Lava-Jato, Cerveró teve a prisão preventiva decretada no início deste mês. Ele está preso na superintendência da Polícia Federal de Curitiba.

Boatos de que a fábrica Condal, do Rio de Janeiro, iria produzir as máscaras com o rosto de Cerveró começaram a se espalhar, levando o advogado do ex-diretor, Edson Ribeiro, a agir. Ele telefonou para a fábrica ameaçando processar, caso o artigo fosse fabricado. “Se alguém fizer isso, vou processar. Você tem o direito à imagem, tem o dano moral. Se alguém fizer, vou localizar quem fez”, disse o advogado.

Localizada no município de São Gonçalo, a Condal é a maior fábrica de confecções de artigos para o Carnaval. Ela também é conhecida por confeccionar máscaras de personalidades famosas e políticos que estão em evidência. No ano passado, máscaras do ex-ministro Joaquim Barbosa, produzidas pela fábrica, fizeram sucesso entre os foliões.

A dona da fábrica, Olga Valle, desistiu de confeccionar as máscaras de Cerveró “para evitar dores de cabeça”. “Eles falaram que iam tomar providências. Como estamos mal de tempo, e seria uma complicação, acho melhor não entrar nessa”, disse Olga. Agora, a fábrica pretende investir em máscaras de Graça Foster.

Fontes:
O Globo-Após ameaça de processo, fábrica de máscaras desiste de Cerveró e fará Graça Foster

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *