Início » Brasil » Febre chikungunya avança no Brasil
doença 'prima' da dengue

Febre chikungunya avança no Brasil

Doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti ainda avança e preocupa autoridades de saúde

Febre chikungunya avança no Brasil
Mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue e da febre chikungunya (Fonte: Reprodução/AFP)

A febre chikungunya, doença conhecida como “prima da dengue” por também ser transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, ainda avança e preocupa autoridades de saúde no país.

Dados do Ministério da Saúde revelam que, desde que a doença chegou ao Brasil, em setembro do ano passado, foram notificados 6.209 casos autóctones, isto é, adquiridos no próprio país. Acredita-se, no entanto, que o número real seja bem maior, pois os estados demoram para informar o governo federal.

Embora tenha ficado em segundo plano no último verão por causa do avanço da dengue, já foram notificados 2.552 casos autóctones de febre chikungunya neste ano no Brasil.

Amapá, Bahia, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Roraima têm registros de pacientes que contraíram a doença dentro do próprio país. Há também casos sendo investigados em Minas Gerais. Outros 11 estados brasileiros têm casos de pessoas infectadas no exterior.

Apesar de ter sintomas parecidos com os sintomas da dengue nos primeiros dias, a febre chikungunya se difere por causar dores nas articulações que podem durar meses ou até anos.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Com 2.552 casos neste ano, doença 'prima' da dengue avança no Brasil

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *