Início » Brasil » Brasil já registra mais de 800 casos de febre chikungunya
'prima' da dengue'

Brasil já registra mais de 800 casos de febre chikungunya

Em cidades do Amapá e da Bahia, a doença já é considerada uma epidemia

Brasil já registra mais de 800 casos de febre chikungunya
Febre chikungunya tem sintomas parecidos com a dengue, mas afeta mais as articulações (Reprodução/Internet)

A febre chikungunya está se alastrando pelo Brasil e já é considerada uma epidemia em cidades da Bahia e do Amapá. Somente quase dois meses após o primeiro caso de transmissão local ter sido detectado, já foram registrados mais de 800 casos no país, em 13 estados e no Distrito Federal.

Até 25 de outubro, o Ministério da Saúde identificou 828 casos, mas já podem passar de mil. Há um mês eles eram cerca de 80. A doença é transmitida pelo mesmo mosquito da dengue. Com sintomas parecidos, como febre, mal-estar, dores e manchas, a chikungunya pode levar a dores mais fortes nas articulações.

A campanha contra dengue do Ministério da Saúde deste ano incluirá também a febre, já que a maneira de prevenir é a mesma: combate ao mosquito transmissor. A taxa de mortalidade pela doença, porém, é baixa, um em cada mil casos.

No ano passado,o vírus se concentrava na África e na Ásia. Em dezembro, chegou ao Caribe e se espalhou pelas Américas. Já são 800 mil casos identificados, segundo a Organização Pan-Americana de Saúde. O período de maior transmissão é entre janeiro e maio. A prevenção é evitar acumulo de água limpa em recipientes, pois favorece a reprodução do mosquito.

Fontes:
Folha de S. Paulo - 'Prima' da dengue se alastra e já é epidemia em cidades do AP e BA

3 Opiniões

  1. Joma Bastos disse:

    Falta SANEAMENTO BÁSICO neste Brasil!

  2. willians rodrigues gomes disse:

    É uma febre curável, o difícil é curar uma patologia que acometeu 51,64% (54.501.118) da população nacional. Esta sim, os pesquisadores em todo o planeta, terão muito trabalho em erradicar. Não enxergo nem o túnel quem dirá a luz no fim dele.

  3. ronan mendes disse:

    é preciso estar em alérta em relaçao a citada fébre e acima de tudo tomar os cuidados basicos e simples ja que sao os mesmos que devem ser tomados em relaçao a dengue , se cada cidadao fizér a sua parte os riscos de se contrair a doença sera bem menor .

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *