Início » Brasil » Fidelix entregou PRTB ao detento Luiz Estêvão
COLUNA ESPLANADA

Fidelix entregou PRTB ao detento Luiz Estêvão

Maior crítico de sonegadores e corruptos, o candidato Levy Fidelix entregou há um ano a direção do PRTB em Brasília para o agora detento Luiz Estêvão, condenado por superfaturamento nas obras do TRT-SP

Fidelix entregou PRTB ao detento Luiz Estêvão
O candidato a presidente Levy Fidelix é polêmico em ‘alianças eleitorais’ (Reprodução/Folhapress)

Autor da frase mais bombástica do debate da Record – ‘Aparelho excretor não reproduz’, sobre repúdio à união homossexual – o candidato a presidente Levy Fidelix é polêmico em ‘alianças eleitorais’: maior crítico de sonegadores e corruptos, Fidelix entregou há um ano a direção do PRTB em Brasília para o agora detento Luiz Estêvão, condenado pelo superfaturamento na construção do TRT-SP. Apesar de inelegível até 2022, Estêvão se filiou ao PRTB e pretende eleger um filho deputado em 2018. O empresário estocou no escritório por meses o material de campanha do PRTB do DF.

Coisa nossa

Por ironia ou provocação, o escritório de Estêvão fica na única casa vizinha à residência oficial do presidente da Câmara dos Deputados, no endereço mais nobre de Brasília.

Leandro Mazzini é escritor e colunista do Opinião e Notícia

Faltou camburão

Em Brasília, o PRTB é aliado do Frejat (PR) substituto de José Roberto Arruda para o governo. Antes de ser preso, Estêvão, Arruda e outros suspeitos dividiram palanques.

A conta

Pelos cálculos do MP Federal, Estêvão deve hoje R$ 2,25 bilhões em multas e ressarcimentos por danos morais.

Troco..

O PT de Minas está provando do veneno do terrorismo eleitoral que o nacional impõe na TV para desconstruir Marina Silva. O PSDB em Minas começou a atacar Fernando Pimentel usando a Fiat. Em vídeo da campanha de Pimtenta da Veiga, o narrador diz que a ida de nova fábrica para Pernambuco foi culpa de Pimentel, quando ministro.

.. do terrorismo eleitoral

Mas não passou pelo Ministério do Desenvolvimento a decisão de fábrica da montadora no Brasil. Foi decisão dos executivos na carona pela guerra fiscal entre Minas e Pernambuco do então governador Eduardo Campos, que deu mais incentivos fiscais.

Brasiiilll

A Defensoria Pública de São Paulo tirou da cadeia um jovem inocente condenado a 23 anos de prisão – cumpriu dez. O TJSP revisou a sentença após recurso da Defensoria, que apontou a condenação sem qualquer prova de latrocínio. E havia outro réu confesso.

PT manchado

O PT se esforça para se livrar de André Vargas até domingo. Seu processo (nº 41149) por perda de mandato movido pelo ex-partido é o sétimo item da pauta do TSE hoje.

Petrocai

Piada em Brasília: as ações da Petrobras afundaram tanto ontem que, mais um pouco, achavam um novo poço de petróleo. Improdutivo.

Maldição do Saint Peter

O Hotel Saint Peter de Brasília foi erguido pelo todo-poderoso Sérgio Naya, um dos pioneiros de Brasília, falecido em 2009. Foi residência de dezenas de deputados. E nele estaria hoje José Dirceu caso a Justiça autorizasse o emprego de gerente.

Piada pronta

Imagine o nobre leitor como terminaria o capítulo de ontem dessa novela titulada Brasil, se a vítima do seqüestro fosse o ex-ministro, algemado e envolto em dinamites, dominado por um terrorista falsificado, em campanha pela condenação de um terrorista italiano com salvaguarda dada pelo presidente Lula – aliado de Dirceu.

Guerra declarada

Vem uma guerra sangrenta no Paraguai. O governo Cartes autorizou força máxima no confronto contra o Exército do Povo Paraguaio, um genérico da FARC que nasceu lá. Há sete meses eles seqüestraram um jovem brasileiro, receberam o resgate e o rapaz sumiu. Seus dois principais líderes apontados pelo governo vivem… asilados no Brasil.

Aí tem..

Aécio Neves exigiu explicações ao embaixador da Bolívia, Jerjes Justiniano, sobre dizer que a Petrobras é multinacional americana, com participação de apenas 30% do governo do Brasil. Ou Aécio está desinformado, ou.. Aécio não sabe nada. A Petrobras é S.A.

Faz sentido

Em 2008, um ministro do Planalto disse a este repórter que a Petrobras pagou 68% de seus dividendos naquele ano na Bolsa de NY. Por isso Lula queria a Petrosal brasileira.

Ponto Final

Pelo visto, no sequestro de ontem, em Brasília até terrorista é uma fraude.

____________________________

Com Equipe DF, SP e Nordeste

5 Opiniões

  1. Jayme Mello disse:

    …Aí tem..

    Aécio Neves exigiu explicações ao embaixador da Bolívia, Jerjes Justiniano, sobre dizer que a Petrobras é multinacional americana, com participação de apenas 30% do governo do Brasil. Ou Aécio está desinformado, ou.. Aécio não sabe nada. A Petrobras é S.A…

    E COMO TEM:

    Mas, fica por conta da imaginação de quem quiser descobrir: QUEM E QUANDO, vendeu A PREÇO MÓDICO ao capital especulativo internacional BOA PARTE DAS ações preferenciais e ordinárias da Petrobras que pertenciam ao Tesouro Nacional.

  2. Jayme Mello disse:

    …Brasiiilll

    A Defensoria Pública de São Paulo tirou da cadeia um jovem inocente condenado a 23 anos de prisão – cumpriu dez. O TJSP revisou a sentença após recurso da Defensoria, que apontou a condenação sem qualquer prova de latrocínio. E havia outro réu confesso…

    DEFINITIVO CADEADO PARA SER COLOCADO “NOS (MALAS/PREGADORES) DA PENA DE MORTE NO BRASIL”

  3. Jayme Mello disse:

    MUITO MAIS SENTIDO QUE SE POSSA IMAGINAR

    …Faz sentido
    Em 2008, um ministro do Planalto disse a este repórter que a Petrobras pagou 68% de seus dividendos naquele ano na Bolsa de NY. Por isso Lula queria a Petrosal brasileira…

    Lá nos idos dos últimos minutos do regime militar, eles, os militares, não tinham, tanta birra contra o tal “Sapo barbudo”.

    Pois, muito pelo contrário, a história nos fala que numa reunião de cúpula naquela ocasião (eu disse de CÚPULA), era uma unanimidade lá entre eles, os militares, que excetuando as suas “extravagantes ideias vermelhas” ele, o “sapo barbudo” era igualmente tão nacionalista como os militares.

    Ainda na opinião dos militares, que outro personagem, ilustre, letrado e também candidata a presidência da república na ocasião, não tinha ainda em seu currículo, nada que o levassem a considerá-lo da mesma maneira.

  4. Francisco Lucena disse:

    Por uma questão de compromisso me envolvi pessoalmente na campanha do Plebiscito Popular, por uma constituinte Exclusiva para fazer a Reforma Política. O grau de civilização que o mundo contemporâneo atingiu, não compota mais o vexame de assistir um discurso desqualificado, homofóbico e preconceituoso, de uma pessoa que se intitula democrático, e postulante ao mais alto cargo da República Federativa do Brasil.

    Não podemos admitir que o senhor Levy Fidelix seja um desenformado ou ignorante dos princípios constitucionais. Ele é uma pessoa informada e tem formação acadêmica suficiente para entender que, quem se posta diante de milhões de telespectadores para assistir um debate entre presidenciáveis, que merece o respeito e um tratamento adequado, na forma do estágio de civilidade que nos encontramos. Os termos e vocabulário utilizados pelo candidato acima citado, se compõe de grosserias e total ausência de civilidade, além de desprezar totalmente a legalidade e os princípios constitucionais.

    Lutei pelo fim da Ditadura Militar e pela redemocratização do Brasil, lutei pelo controle social nas politicas públicas, pela Reforma Agrária e luto pela Reforma Tributária e principalmente pela Reforma Política. Acho que uma reforma no Sistema Político e Eleitoral deve primar pela qualidade dos processos eleitorais e sobretudo dos partidos políticos, para que no futuro não tenhamos o desprazer de assistir pessoas desqualificadas ocupando espaços e tempo preciosos para destratar e envergonha a cidadania, em vez de oferecer alternativas concretas para resolver os problemas e conflitos sociais da sociedade brasileira.

    As afirmações do senhor Fidelix foram ofensivas, preconceituosas e legalmente reprovável. A Justiça Eleitoral e o poder judiciário deve puni-lo rigorosamente na forma da Lei. O Brasil e a cidadania não pode continuar convivendo com a impunidade, principalmente, quando se trata de crime contra a pessoa humana.

  5. Afonso Schroder disse:

    Os atos ilícitos (corrupção e corruptor), devem ser combatidos e punidos com muito rigor com muito rigor, mas sempre dentre das leis constituídas.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *