Início » Brasil » Folheto sobre PT diz que partido perdeu as chances de se eleger em 2018
Brasil visto de fora

Folheto sobre PT diz que partido perdeu as chances de se eleger em 2018

Em folheto publicado no Reino Unido, jornalistas britânicas acusam o PT de ter se preocupado somente com sua permanência no poder

Folheto sobre PT diz que partido perdeu as chances de se eleger em 2018
Lula e Dilma na convenção nacional do partido, em 2010, que confirmou a candidatura da ex-ministra (Foto: Valter Campanato/ABr)

A esquerda brasileira está desmoralizada, a economia afunda em uma recessão e não há fim à vista para o impasse político no Congresso. Nesse cenário desalentador, cresce o número de brasileiros que pedem a saída da presidente Dilma e de seu Partido dos Trabalhadores do governo. Para explicar o que deu errado no Brasil nos últimos 12 anos, o Latin American Bureau, um centro de pesquisas britânico, lançou em julho deste ano um folheto de 72 páginas intitulado Brazil Under the Workers’ Party: From Euphoria to Despair (Brasil sob o PT: da Euforia ao Desespero, em tradução livre). O texto é assinado por duas jornalistas britânicas, Sue Branford e Jan Rocha, experientes comentaristas da política brasileira.

Sue e Jan traçam um panorama sombrio do partido, a quem acusam de ter se preocupado

Capa da 'reportagem especial' publicada no Reino Unido (Foto: Divulgação)

Capa da ‘reportagem especial’ publicada no Reino Unido (Foto: Divulgação)

demais em se manter no poder. Mas o tiro saiu pela culatra. Hoje os maiores nomes do partido estão sob suspeita de envolvimento no maior escândalo de corrupção da história do país. Por isso, segundo as autoras, o PT perdeu sua credibilidade e já não tem chances de ganhar as eleições em 2018, com ou sem Lula.

Sue foi correspondente da BBC na América Latina durante anos e Jan foi colaboradora da BBC e do jornal Guardian no Brasil. Para o livro, elas entrevistaram membros fundadores do PT, que expressaram dúvidas sobre a capacidade de recuperação do partido. A conclusão das autoras é que a crise atual é séria, talvez irreversível. E não somente para o PT, mas para toda a esquerda brasileira.

“O partido acabou simplesmente curtindo demais o poder, o que é até compreensível para quem jamais o tinha ocupado”, diz Jan, acrescentando que o partido acabou por negar suas origens de lutar por mudanças através de movimentos sociais.

Para as jornalistas, o estrago na imagem do PT danificou seriamente as chances de uma possível candidatura de Lula à presidência em 2018.

“Lula perdeu parte de seu brilho, de seu poder”, completa Sue.

O ex-presidente Lula recebe atenção especial na análise do que deu errado nos últimos 12 anos. As autoras dizem que Lula usou os velhos costumes corruptos do sistema político brasileiro para governar. Sua sucessora, Dilma, está sendo devorada por esse mesmo sistema político que o PT falhou em reformar.

Fontes:
BBC - PT 'curtiu demais o poder', diz livro britânico sobre trajetória do partido

4 Opiniões

  1. Reynaldo disse:

    Por conta do PT o povo brasileiro após acreditar repito nas promessas do PT em campanha política esta sem :saúde segurança emprego moradia educação num barco sem rumo Lula deixou de ser pobre e ainda pensa em retornar ao poder da Presidência da República hoje o povo esta desacreditado e sem saber em quem votar chega de tantas promessas mentirosas nunca vi o nosso país nessa situação de tantos escândalos políticos e Lula e seus comparsas acabou com os nossos sonhos Brasil o povo esta chorando e precisando de um ombro amigo.

  2. helo disse:

    É só a ponta do iceberg. Von Drake acertou, só o tempo dará conta sem medo de clarear esse período. Os erros não estiveram na ponta do regime mas no seu próprio bojo central.

  3. nilton morrone disse:

    QUE NOVIDADE DEPOIS DO MENSALÃOTEMOS O PETROLÃO (LULA!DILMA,DIRCEU NINGUEM SABIA,TUDO ERA FEITO A REVELIA DA CUPULA……………….)

  4. Ludwig Von Drake disse:

    O PT tem crimes que nunca foram denunciados. No futuro, quando ocorrer a prescrição, poderemos escrever sobre eles sem o medo de um processo.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *