Início » Brasil » Forças Armadas investigarão casos tortura ocorridos em instalações militares
Comissão da verdade

Forças Armadas investigarão casos tortura ocorridos em instalações militares

Atendendo ao pedido da Comissão Nacional da Verdade, Ministério da Defesa vai investigar casos de tortura e morte de opositores políticos dentro de instalações militares

Forças Armadas investigarão casos tortura ocorridos em instalações militares
Objetivo é levantar informações sobre sete instalações militares (Reprodução/O Globo)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A pedido da Comissão Nacional da Verdade, que investiga crimes ocorridos durante o Regime Militar, as Forças Armadas vão instalar comissões de sindicância para investigar práticas de tortura e assassinato ocorridas dentro de instalações militares.

O objetivo é levantar informações sobre sete instalações específicas que durante o Regime Militar teriam sido usadas sistematicamente para tais práticas. As instalações estão localizadas no localizadas no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco.

A Comissão da Verdade solicitou as investigações no dia 28 de fevereiro deste ano. Na época, um relatório foi entregue ao Ministério da Defesa, Celso Amorim, informando que as sete instalações citadas são suspeitas de encobrir tortura e assassinato de opositores do Regime Militar.

Nesta terça-feira, 01, Celso Amorim comunicou o coordenador da comissão, Pedro Dallari, que será aberta a investigação. “É um gesto muito importante das Forças Armadas, que pode representar um grande avanço para a apuração das violações dos direitos humanos ocorridas durante o Regime Militar”, disse Dallari.

As instalações que serão alvo de investigação no Rio de Janeiro são: Destacamento de Operações de Informações do I Exército (DOI/I Ex); 1ª Companhia de Polícia do Exército da Vila Militar; Base Naval da Ilha das Flores; Base Aérea do Galeão.

Em São Paulo, será investigado o Destacamento de Operações de Informações do II Exército (DOI/II Ex). Em Belo Horizonte, será investigado o Quartel do 12º Regimento de Infantaria do Exército. Já em Recife, a comissão investigará o Destacamento de Operações de Informações do IV Exército (DOI/IV Ex).

Fontes:
Folha-Forças Armadas investigarão casos de tortura em instalações militares

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *