Início » Brasil » Frases ilustram o perigoso cenário político do país
Eleições 2014

Frases ilustram o perigoso cenário político do país

Baixo nível das campanhas visa apenas destruir as reputações dos adversários a qualquer custo

Frases ilustram o perigoso cenário político do país
Candidatos trocam gentilezas antes do debate (Reprodução/Marcos Bezerra/Futura Press)

Às vésperas do primeiro turno das eleições para presidente da República – e também para governador, senador e deputados – nos deparamos com o baixo nível das campanhas, especialmente no âmbito federal no qual os partidos em disputa – especialmente o do Governo – buscam destruir as reputações dos adversários a qualquer custo.

À medida que não nos apresentam propostas para levar o país ao progresso e ao avanço social – inclui-se aí a segurança, a saúde, a educação, a justiça e o emprego – o que vemos é o esforço de um partido que não tem um projeto nacional, mas somente uma estratégia de perpetuação no poder. Também incompetentes, os demais partidos buscam estratégias semelhantes. Assim, ficam estabelecidos o caos eleitoral e a desesperança do eleitor frente a um segundo turno ainda mais rasteiro e desprezível.

Tais sensações nos levam à reflexão do que ocorre neste debate político. Repetindo frase atribuída a Albert Einstein, “nunca discuta com um estúpido, você descerá ao nível dele e ele te ganhará por experiência”. É mais ou menos o que acontece, por exemplo, quando discutimos no trânsito com alguém irresponsável e que não tem nada a perder.

Reeleita Dilma, o Governo do partido – ou o partido do Governo – totalizará 16 anos no poder e terá indicado, ao todo, dez dos onze ministros do Supremo Tribunal Federal. Estará criado assim um cenário bolivariano e xiita comandado por uma máquina política poderosa, com ampla possibilidade de calar a imprensa e comandar instituições – inclusive os demais poderes.

Pressionado que foi pela classe política e talvez antevendo o futuro próximo, o ex-presidente do STF, Joaquim Barbosa, tenha abandonado o barco e nos deixado a mensagem: “somos o único caso de democracia que condenados por corrupção legislam contra os juízes que os condenaram”.

O partido que governa o país não tem um projeto nacional e de estado mas somente um projeto umbilical de poder. Sua estratégia de poder passou por diversos programas sociais que fizeram com que muitos se contentassem em ficar fora do mercado de trabalho. Outro tanto entendeu a mensagem de Lula de que se pode galgar o mais alto posto do país sem avançar muito nos estudos ou abrir um único livro. Afinal, “livros são muito perigosos. Eles fazem você pensar”.

Está montada uma estrutura de subserviência do judiciário, de aparelhamento do estado, de ampliação do funcionalismo e de corrosão e coerção da imprensa livre. Já vimos esse filme antes. “O povo que não conhece a sua História está condenado a repeti-la”.

1 Opinião

  1. Jose João de carvalho disse:

    O país que vem de uma herança de governos mediano e ruins deu um salto no governo do pt e por isso faz valer o ditado que diz na terra de cego quem tem um olho é Rei.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *