Início » Brasil » Funcionários dos Correios decretam greve
POR TEMPO INDETERMINADO

Funcionários dos Correios decretam greve

Movimento visa reajuste salarial pela inflação e manutenção de benefícios como vale alimentação. Expectativa é de adesão de 80% das agências

Funcionários dos Correios decretam greve
Categoria também é contra privatização dos Corrreios (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Após assembleias pelo país, funcionários dos Correios decidiram iniciar greve nesta terça-feira, 10, a partir das 22h, por tempo indeterminado.

O movimento visa reajuste salarial pela inflação e manutenção de benefícios, incluindo coparticipação de 30%, pais dependentes no plano de saúde e vales alimentação e refeição. Além disso, a categoria é contra a privatização dos Correios, que vem sendo defendida pelo governo do presidente Jair Bolsonaro.

O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de São Paulo, Grande São Paulo e Sorocaba (Sintect-SP) afirmou, em nota, que “a direção dos Correios a mando do governo se negou a negociar com os trabalhadores”. Ainda segundo o sindicato, “a intenção do governo e da direção da ECT é acabar com os benefícios da categoria” e reduzir radicalmente os salários para privatizar os Correios.

A expectativa da categoria é de que a greve tenha adesão de cerca de 80% das agências. Ainda serão realizadas assembleias em alguns sindicatos.

Trabalhadores e estatal negociavam desde julho, com mediação do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Na semana passada, os Correios rejeitaram uma mediação feita pelo TST com os funcionários.

Fontes:
Agora - Funcionários dos Correios entram em greve no país por tempo indeterminado
Veja - Funcionários dos Correios entram em greve

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. jayme endebo disse:

    Ninguém vai lamentar a greve

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *