Início » Brasil » Gastos do governo com publicidade crescem 63%
LEVANTAMENTO

Gastos do governo com publicidade crescem 63%

Dados são de levantamento do portal Uol, feito com base em informações da Secretaria Especial de Comunicação

Gastos do governo com publicidade crescem 63%
Secom informou que valores pagos se referem a despesas contratadas na gestão Temer (Fonte: Reprodução/Alan Santos/PR)

Um levantamento feito pelo portal Uol revelou que os gastos do governo do presidente Jair Bolsonaro com publicidade aumentaram 63% no primeiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado, passando de R$ 44,5 milhões para R$ 75,5 milhões.

O levantamento foi baseado em informações da Secretaria Especial de Comunicação (Secom), que é vinculada ao Palácio do Planalto.

Ainda de acordo com o levantamento, a Record ultrapassou a Globo e se tornou o grupo de comunicação que mais recebeu verba publicitária do governo.

A Secom informou, por sua vez, que os valores pagos no primeiro trimestre do ano se referem a despesas contratadas na gestão anterior, do ex-presidente Michel Temer. Ainda de acordo com a Secretaria, Bolsonaro autorizou até agora o pagamento de R$ 12 milhões em função da campanha publicitária da reforma da Previdência.

Os gastos apontados no levantamento do portal Uol não incluem as despesas em publicidade feitas por ministérios e empresas estatais.

Entre as promessas de campanha de Bolsonaro está o corte de gastos referentes à publicidade governamental.

A assessoria de imprensa do Palácio do Planalto afirmou ao jornal Folha de S.Paulo que os valores pagos no primeiro trimestre de 2019 não têm relação com ações determinadas pelo presidente Jair Bolsonaro, e que a estimativa de gastos da Secom para todo o ano de 2019 é de R$ 100 milhões.

Em nota, a Secretaria Especial de Comunicação ressaltou que, “no governo do ex-presidente Michel Temer, a Secom veiculou o total de R$ 33 milhões em suas campanhas publicitárias no primeiro trimestre. No mesmo período de 2019, a Secretaria veiculou R$ 13,3 milhões”. Ainda segundo a Secretaria, “em 2019, a Secom destinou à TV Globo o total de R$ 1,9 milhão. Para o SBT foi direcionado o total de R$ 1,4 milhão, e, por fim, para a Record, R$ 1,2 milhão”.

O levantamento do portal Uol aponta que, em 2019, a Record ficou com R$ 10,3 milhões, o SBT, com R$ 7,3 milhões, e a Globo, com R$ 7,07 milhões.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Gasto do governo federal com publicidade cresce, e Record supera Globo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *