Início » Brasil » Gaúchos de Dilma presentearam Genro com R$ 3 bi e abrem crise com estados
Coluna Esplanada

Gaúchos de Dilma presentearam Genro com R$ 3 bi e abrem crise com estados

Operação protagonizada por gaúchos do alto escalão do governo Dilma, e endossada por ela, abriu precedente para governadores pedirem o mesmo

Gaúchos de Dilma presentearam Genro com R$ 3 bi e abrem crise com estados
Endossaram a operação os gaúchos Arno Augustin, Luís Adams, e Zimmermann (Fonte: Reprodução/Montagem)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Uma operação protagonizada por gaúchos do alto escalão do governo Dilma, e endossada por ela, presenteou o Rio Grande do Sul com R$ 3,2 bilhões em títulos do Tesouro em Março de 2012, numa manobra à canetada, e abriu precedente para governadores pedirem o mesmo. Descobriu-se após consulta à Lei de Acesso à Informação, junto à AGU, que o RS tinha classificação C na Secretaria do Tesouro Nacional, o que brecava repasses da União, mas o ministro Guido Mantega autorizou a excepcionalidade a pedido de Tarso Genro. Agora, o Paraná requer o mesmo à Fazenda.

Leandro Mazzini é escritor e jornalista

Epa, epa

A presidente Dilma fechou acordo para pagar a bolada sobre uma ação que ela promoveu, envolvendo a CEEE, quando Secretaria de Energia de Alceu Collares.

Esquadrão

Endossaram a operação os gaúchos Arno Augustin, secretário do Tesouro, Luís Adams, ministro da AGU, e o então ministro-interino Zimmermann, de Minas e Energia.

Choque total

O trio do Esquadrão é próximo e protegido de Dilma. Toda a operação durou apenas 8 dias e envolveu também a CEEE, a Companhia Estadual de Energia Elétrica do RS.

Lei de Acesso!

Deve-se à Lei de Acesso à Informação, por requerimento do deputado Alfredo Kaefer (PSDB-PR), a descoberta da ação entre amigos. Os documentos acabam de chegar.

No ar, no chão

A Câmara dos deputados começa a fechar o cerco às grandes empresas aéreas, que como num cartel tradicionalmente levam os preços junto com os jatos para a estratosfera no fim do ano. A Comissão de Fiscalização e Controle acaba de aprovar requerimento para ouvir os diretores da TAM, Gol, Avianca e Azul.

CPI no hangar

Os requerimentos são de Pizzolatti (PP-SC) e Edio Lopes (PMDB-RR). Ano passado, Osmar Junior (PCdoB-PI) já pedira audiência. Dependendo do que ouvirem, os deputados não descartam abrir a CPI das Aéreas, que já foi protocolada.

Efeito Feliciano

O PSC está em festa, e Deputado Feliciano, o polêmico presidente da Comissão de Direitos Humanos, virou a grande estrela do partido. Cresceu em duas semanas o número de filiados em todo o país. Gente que apoia a posição do pastor.

De saída

Mas veja essa: a surpresa vem de dentro. Constrangida, a deputada Antônia Lúcia (PSC-AC), do mesmo partido, disse que irá renunciar à vice-presidência da Comissão.
 
PAC do Açude

O senador João Capiberibe (PSB-AP) defende o combate à seca com ‘pequenos investimentos’, como uso de cacimbas. Desdenha das obras dos canais do Rio Chico: ‘Deveria haver política de armazenamento da água nas comunidades’.

Meus garotos

Assim como água faz milagre, tal é a política em véspera de ano de eleição. Antes desconfiado e opositor discreto do senador Randolfe (PSOL), Capiberibe pai diz que o filho governador e o socialista são os grandes trunfos para 2014.

Palanque

Dezenas de senadores foram ao microfone exaltar suas relações familiares com as domésticas que já trabalham há 10, 20, até 30 anos em suas casas. Nenhum deles explicou por que só agora, apesar de políticos há décadas, regulamentaram a profissão.

Patroa$ 

A despeito da PEC das Domésticas, as patroas donas de casa estão cuidando dos seus direitos. Até Março, aderiram ao programa Empreendedor Individual 364 mil. Elas pagam R$ 33,90 por mês, ou 5% do mínimo, para o INSS. 

Profissão Perigo

Dados da ONG Repórteres Sem Fronteira: são 15 os jornalistas assassinados no mundo este ano. Lideram o ranking Paquistão e Síria, com 5 cada um. No Brasil foram três.

Campanha a jato

Passaram de 8 mil as assinaturas na petição online de aeronautas contra proposta de contratação de estrangeiros, prevista no novo Código Aeronáutico Brasileiro.

Araponga bancário

Deve-se a Eduardo Militão um furo na nova edição da Revista Congresso em Foco: como o banco Safra pagou detetive para seguir cliente em litígio com a instituição.

Ponto Final

Nota-se que o mundo não vai bem quando uma menina joga-se na frente do trem em SP para salvar… sua bolsa e celular.

Com Marcos Seabra, Maurício Nogueira e Adelina Vasconcelos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

9 Opiniões

  1. Iria Barradas disse:

    Porque não estão falando disso?????????
    .
    …Por isso, aqui, no Nordeste, nós estamos investimento em torno de R$ 32 bilhões em adutoras, barragens, canais, estações de tratamento, redes de abastecimento de água, programa água para todos…
    .
    http://www2.planalto.gov.br/imprensa/discursos/discurso-da-presidenta-da-republica-dilma-rousseff-durante-cerimonia-de-entrega-do-trecho-floresta-serra-talhada-do-sistema-adutor-pajeu-e-de-22-maquinas-retroescavadeiras-a-municipios-do-estado-de-pernambuco

  2. Luís Bustamante disse:

    Quero lembrar ao comentarista Leandro Mazzini (e a quem mais escreveu a matéria com ele) que o “presente” de 3 bi recebido pelo Rio Grande do Sul nada mais é que um dinheiro merecido por um estado que tem contribuição histórica para o desenvolvimento do Brasil, dinheiro que cada estado merece e, por isso, deve fazer lobby para recebê-lo, já que é assim que a coisa funciona.
    Muito me estranha nada comentarem as benesses que todos os outros estados recebem o tempo todo.
    Se Mazzini conhecesse um pouco do Rio Grande, perceberia que nosso estado não é nenhum queridinho da presidente Dilma, muito menos o governador Tarso Genro.

  3. Rudy Lang disse:

    Parece que todo o mundo abriu a boca para falar contra esse pastor FELICIANO, mas contra ex-terroristas (existe ex-terrorista ou uma vez terrorista, sempre será um GENUÍNO terrorista?) condenados pelo STF, que assumem como deputados federais, não se fala nada?
    O que foi que aconteceu com o povo brasileiro?
    Perdemos todos a pouca vergonha que nos restava na cara???????????

  4. GERACINA disse:

    KAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAK, CADA POVO TEM GOVERNO QUE MERECEKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAK

  5. Aureo Ramos de Souza disse:

    O sujeito é condenado em juri e sai do tribunal solto e assumi a cadeira de deputado federal, Lalau preso em casa após roubar milhões e continua em casa e outros e outros e outros e vem um pastor diz um bando de besterol de hemofobia e descriminação e cai o pau em cima deles, porque não fazem com os que roubam? será que estamos sendo conivente com ladrões? KKKKKKKKKKKKK também.

  6. Paulo Nascimento disse:

    Ótimas as opiniões de Iria Barradas e Luis Bustamente. O sr. Leandro Mazzini deveria pesquisar um pouco mais antes de publicar artigos que são até discriminatórios. O RS merece muito mais ainda do que o dinheiro com que foi contemplado. Não estão patrocinando um estádio novo para o corínthians FC? Não estão patrocinando reformas no Maracanã e em vários outros estádios que sediarão a copa? As olimpíadas não serão patrocinadas com dinheiro público?
    Só esses investimentos já ultrapassarão de longe os 3,2 bilhões. E nem tente duvidar, porque o orçamento é um e o preço final é outro, sempre tri ou quadruplicado. Sr. Leandro, não pense que por escrever artigos frequentes está sempre com a razão. Tem mais de 190 milhões de brasileiros que também tem suas razões.
    Repito: pesquise um pouco mais.

  7. yama disse:

    A sucessão de comentários (transcritos ao texto com abreviações de ruídos de risadas – K K K Ka Ka) demonstram que a imoralidade dos representantes do governo são vistos de forma como sendo pilheriantes, fato tal que até o deputado TIRIRICA considerou como desmoralizante mesmo sendo ele PALHAÇO PROFISSIONAL. Me pergunto quanto haverá uma respota coerente e MORAL DE REPÚDIO E EXIGÊNCIA FORMAL DE MORALIDADE ENTRE OS QUE SÃO ELEITOS OU DESIGNADOS PARA FUNÇÕES PÚBLICAS E CONTUDO AGEM COMO ESTIVESSEM NO CHIQUEIRINHO DA RAINHA E DO REI DOS MOLUSCOS COM A SUA PARCEIRA DE LIBAÇÕES DE CAMA E MESA.

  8. Helo disse:

    Calma: os outros estados da base aliada também serão atendidos, já que todos merecem. Porém nossa representanta, em campanha, só cuidará de manter os aliados ou evitar possíveis rachas internos, para não acontecer como em Pernambuco. O RGS produziu uma grande safra de grãos que terão a exportação dificultada por burocracia federal, falta de estradas e portos. Os 3 bi nem compensarão as perdas.
    O mau é que pelo Brasil há lentidão, desvios e falta de qualidade nas obras do PAC, Minha Casa, nos estádios, nas estradas, nos portos, no Bolsa, no planejamento em geral. Estamos vivendo tempos de corrupção, terceirizações, apagões, Petrobrás em crise, PIB ínfimo, inflação de volta, excesso em número e mediocridade dos nossos ministros. Um país sem oposição segue com os erros da Coréia do Norte, que apesar de cada vez mais pobre, com grande investimento em propaganda tem um presidente equivocado porém venerado. Melhor vai a C. do Sul que desburocratizou, investiu forte em educação, eliminou a miséria, o analfabetismo, o desemprego e tem crescimento espetacular.

  9. Luís Bustamante disse:

    Valeu, Paulo Nascimento.É bom saber que tem mais gente de olho não apenas nos fatos que vêm fazendo do nosso país a “casa da mãe joana”, mas também na interpretação de quem tem a missão de divulgar esses fatos. Somos cidadãos e temos o direito de exigir isenção e imparcialidade de quem atua na imprensa, especialmente articulistas. Sabemos que o posicionamento dos meios de comunicação é o posicionamento de seu(s) dono(s), mas distircer a realidade como fez o Sr. Leandro Mazzini é prestar um desserviço.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *