Início » Brasil » Governo cria plano para desconstruir ideia de impeachment
contra-ataque

Governo cria plano para desconstruir ideia de impeachment

Ideia é veicular propagandas na TV, rádio e internet para quebrar o silêncio do governo e mostrar a falta de amparo jurídico para um impeachment

Governo cria plano para desconstruir ideia de impeachment
Ação também tentará desvincular a presidente dos recentes escândalos de corrupção (Reprodução/Internet)

O governo traçou uma estratégia para tentar conter a ameaça da oposição, que intensificou a busca por um embasamento jurídico que viabilize o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A ideia é investir em uma forte ofensiva de marketing, com propagandas na TV, no rádio e na internet, que serão veiculadas a partir de maio, para quebrar o silêncio adotado pelo governo nos últimos meses. Na última sexta-feira, 17, Dilma reuniu ministros no Palácio da Alvorada para discutir o plano.

No encontro, foi decidido que é preciso desconstruir a ideia de que um impeachment é possível. Para isso, o governo tentará demonstrar o que chama de “total falta de amparo jurídico para a medida”. Também será criado uma espécie de “cordão sanitário” para blindar Dilma dos sucessivos escândalos de corrupção.

Conselheiros da presidente estão preocupados com a suspeita levantada pela Operação Lava-Jato, de que a campanha de reeleição de Dilma possa ter usado dinheiro arrecadado pelo ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, preso na semana passada.

Edinho Silva, atual ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social que foi tesoureiro da campanha de reeleição de Dilma, defende que não houve nada ilegal na campanha de 2014. “Todo o processo de arrecadação financeira foi coordenado por mim e se deu dentro da legalidade. Não houve nada informal”.

Fontes:
Governo coloca em prática estratégia para tentar abafar tese do impeachment

2 Opiniões

  1. helo disse:

    O que se ganha com o impeachment? O PT vira oposição e vem o Lula? Como está ao menos a corrupção desenfreada, o populismo irresponsável darão uma trégua e a rejeição virá consistente nas próximas eleições.

  2. Renato Fregapani disse:

    Êdinho Silva é um pândego. Mostre-me uma arrecadação “dentro da legalidade” no PT. que eu mostro uma conta bem maquiada.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *