Início » Brasil » Governo de covardes!
Grita Brasil

Governo de covardes!

A covardia vai penetrando cada vez mais no governo, a ponto de fazer a presidente não seguir adiante com força e determinação no corte de despesas

Governo de covardes!
A coluna Grita Brasil é publicada às quintas
Governo, mostra a tua cara!

Governo, mostra a tua cara!

Sempre achei que o governo do PT fosse muito corajoso. Afinal, quem rouba tanto tem que ter coragem. E quem rouba de uma nação tem que ser ainda mais corajoso.

Mas confesso que estou decepcionado. Cadê essa coragem toda para agora admitir pelo menos que se continua errando em muita coisa na nossa visão, e em alguma coisa na visão deles, do governo?

A covardia é tamanha que a presidente Dilma usa o condicional, “Se cometemos erros…” Como assim “se”? Não existem dúvidas. Não existe condicional. Assim como ainda em campanha ela disse que “Se houve desvio de dinheiro público…”

Falando ainda em covardia, Dilma descartou a CPMF, não só porque não íamos engolir isso de novo como a única solução para os males do governo. Faltou coragem de enfrentar um Congresso, um Senado e o momento em que vive um dos períodos mais delicados do seu governo, tanto no que se refere a sua credibilidade quanto à própria crise política.

Mas a covardia não fica por aí. Ela é bem mais profunda. E grave. Tanto é que a equipe econômica do governo já acena com um aumento de impostos que não precisa ser votado nem no Congresso nem no Senado. Basta a presidente assinar o decreto. E aí estão a Cide – que no governo do Fernando Henrique Cardoso foi usado sobre os combustíveis –, o Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) e o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Bonito isso, né? Pois é. Vamos nos preparar.

Não foi à toa que a covardia fez também com que Dilma não aparecesse em cadeia de rádio e televisão para o pronunciamento do Dia da Independência do Brasil. Ela teve medo. Ela apareceu na internet, mas aí o grito dado por D. Pedro I em 1822, “Independência ou Morte” ficou abafado e quase ninguém ouviu.

E a covardia vai penetrando cada vez mais no governo, a ponto de fazer a presidente não seguir adiante com força e determinação no corte de despesas do próprio governo. Ceifar mil cargos comissionados não fará a diferença de que se precisa. Cortar ministérios é complicado para Dilma, porque ela quer evitar mexer com a base social que ainda tem ao seu lado, evitando perder o MST, se fosse, por exemplo, incorporar o Desenvolvimento Agrário à Agricultura ou ao Desenvolvimento Social e extinguir o Turismo.

Mas, antes de qualquer coisa, seria preciso que eles que estão lá dentro do governo se entendessem. Não é salutar ver que há uma rachadura grande dentro do próprio governo. O vice-presidente, Michel Temer, não pode ora defender o aumento de impostos, ora dizer que é a favor de cortes de despesa.

Só uma curiosidade: a taxa da propina, o desvio, o roubo iriam ser incluídos nesses cortes? Ou isso seria um caixa dois do governo? Ah, esqueci que isso não existe.

Sei que a situação é delicada, mas se quisesse realmente achar uma solução, o governo Dilma acharia. O que não pode acontecer é o governo paralisar e achar que a única solução é criar algum imposto novo para justificar a sua incompetência e a nossa contribuição na “parcela sacrifício”.

Será que já não fomos suficientemente sacrificados? Precisamos continuar sendo? Já não demos o nosso sangue? Será que não é hora do governo sangrar um pouco? Garanto que não vai doer. Pode doer no bolso deles, mas eles vão superar a dor.

Mas é claro que um corte na própria carne não é a cara do PT. Para eles de vermelho basta a bandeira. Só que eles esquecem que a nossa bandeira é verde e amarela.

E a Lava Jato, José? (versão moderna de “E agora, José?”)

Enfim, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a abertura de inquérito, atendendo pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o atual ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, para investigar a denúncia de Ricardo Pessoa, empreiteiro da UTC, de que financiou a campanha de Dilma Rousseff à Presidência da República em 2014 . Só aqui mesmo que um possível réu continua ministro. Acho que em qualquer outro país civilizado um suspeito de cometer um malfeito seria no mínimo afastado do seu cargo até tudo ser esclarecido.

E essa delação de Fernando Pessoa pode respingar ainda em Lula, que cá pra nós, foi e é o pai dessa quadrilha que ainda trabalha por aí. Tomara.

Mas é claro que a presidente Dilma irá dizer que não tinha como saber de onde vinham todas as doações, que isso era papel do tesoureiro. E que ela tinha que cuidar de outra parte da campanha. Não sei quem é pior. Quem aceita dinheiro sujo ou quem mente dizendo que vai pintar o país de cor de rosa.

Salve as baleias. Não fume em ambientes fechados. Não jogue lixo no chão.

6 Opiniões

  1. carlos alberto martins disse:

    caro markut..apenas quero lhe informar que o povo brasileiro sabe votar.o nosso maior problema são os partidos politicos,que nos dão toda a escória de bandidos sem o menor escrupulo para neles votar-mos.são eles que nos oferecem estelionatarios,corruptos,palhaços,analfabetos,candidatos que só interessam pela popularidade que tem e,não por formação.um candidato a vereador de minha cidade me procurou solicitando meu voto.ao pedir ao mesmo para me dizer o primeiro paragrafo da lei organica de nosso municipio,o mesmo desconhecia que o mesmo exista.e o pior de tudo é que foi eleito .sou da opinião que todo cidadão candidato a cargos públicos desde um vereador até presidente ,deveriam ter formaçao em pelo menos administração publica com formação superior,assim evitaría-mos o panorama de anarquia que são os senhores detentores do poder.sabemos votar,so não temos em quem.o Brasil não merece a atual situação pois somos o celeiro do mundo,somos a esperança de todos que aqui aportam esperando dias melhores porque lá fora as situação está ficando crítica.

  2. Markut disse:

    E a pergunta que não quer calar: afinal quem pôs essa quadrilha no poder se não nós mesmos,?
    A nossa imaturidade institucional e a ignorância do eleitor médio facultou a que se utilizasse o mais legitimo processo democrático, como escada para ascenção ao poder do mais descarado sistema de arrombamento dos cofres da nação.

  3. Áureo Ramos de Souza disse:

    Eu só lamento ter este espaço para desabafar e ler o que os amigos brasileiros também sofrem. Não é possível continuar, somos nós os irresponsáveis pois os colocamos no caso eu não, mais nossos irmão brasileiros acreditaram e tenho uma certeza a ELEIÇÃO E VOTOS DE DILMA foi forjado, ela não ganhou. E o Claudio Schamis se esforça para nos esclarecer, tintin por tintin e ficamos como diz Jô Soares HA É, É?

  4. carlos alberto martins disse:

    temos na realidade um problema gravissimo que é;o povo brasileiro, é um povo covarde e,sem nenhum amor ou respeito pelo Brasil,aceitando o atual governo com a maior cara de pau.pessoal a nossa bandeirra é VERDE,AMARELO,AZUL e BRANCO. se a mesma e o nosso HINO fossem respeitados,seríamos conhecidos como padrão para o mundo.

  5. carlos silva disse:

    tanto essa presidente dilmaladrona, pilantrona, sapatona, e esses bandidos do lado dela tendo como chefe da quadrilha o luladrão, nunca vão autorizar cortes nas despesas deles, e bestas somos todos nós brasileiros q aceitamos apenas batendo panelas em revolta, teriamos q fazer como em outros lugares do mundo, tinhamos de invadir esse ninho de corrupção que se tornou o palacio do planalto e jogar todos esses pilantras na rua. Ao invés de bater panelas iriamos bater com a cabeças deles na rua, ai sim funcionaria e serviria de exemplo para os proximos, para terem mas cuidado com a maquina publica.

  6. paulo fernando disse:

    ESTOU ATÉ AGORA SEM ENTENDER ESSSA EXPRESSÃO: “Se cometemos erros…” Como assim “se”?
    AO QUE PARECE DAR UMA IMPRESSÃO QUE NÃO HOUVE ERRO?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *