Início » Brasil » Temer vai enviar ao Congresso proposta para fechar a TV Brasil
EBC

Temer vai enviar ao Congresso proposta para fechar a TV Brasil

A ideia de Temer é mudar a Lei EBC, tirando Ricardo Melo definitivamente da presidência da empresa

Temer vai enviar ao Congresso proposta para fechar a TV Brasil
Atual presidente da EBC, Ricardo Melo (Foto: Juca Varella/Agência Brasil)

Depois da tentativa fracassada de tirar o presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Ricardo Melo, do cargo, o presidente interino Michel Temer quer agora fechar a TV Brasil. Melo havia sido indicado pela presidente afastada Dilma Rousseff. O Supremo Tribunal Federal, entretanto, permitiu que Melo voltasse ao cargo enquanto o plenário não toma uma decisão definitiva.

A EBC é controlada pela União. A empresa foi criada em 2007 com a ideia de ser uma espécie de “BBC brasileira” para fazer comunicação apartidária em diversas plataformas, como na Europa e nos Estados Unidos. A TV Brasil é o principal braço da empresa, que hoje é responsável por metade dos custos da companhia. No entanto, a audiência é baixa, contrariando uma de suas metas. A ideia do governo interino é fechar a TV Brasil e continuar com as outras linhas de negócio como a agência de notícias, a produção independente de conteúdo, o monitoramento de mídia e o portal.

Para fazer isso, o presidente interino Michel Temer vai enviar, nos próximos dias, ao Congresso um projeto de lei reduzindo a atuação e os custos da empresa. Como é controlada pela União, a empresa depende de recursos do Tesouro.

Segundo informações da Folha de S. Paulo, a mudança na lei permitirá o fim do conselho curador da EBC, que é formado por 22 integrantes com mandatos de dois anos. Estes membros tomam as decisões mais importantes da companhia. Além disso, a mudança na lei também acabaria de vez com o mandato do presidente atual da empresa. Atualmente, uma decisão deste tipo teria que ter o aval do conselho curador. No entanto, a situação muda, caso a lei seja outra. Ou seja, se essas medidas forem aprovadas, o atual presidente da EBC, Ricardo Melo, deixará o cargo definitivamente.

Fontes:
Folha de S.Paulo-Temer pretende reduzir atuação da EBC e fechar a TV Brasil

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. Beraldo disse:

    Depois que o Ministro do STF, Gilmar Mendes, fez visita ao Temer num sábado à noite, o bandido ficou mais confiante.

    Está à vontade: R$ 170 bilhões de deficit, R$ 60 bilhões de reajuste para o Judiciário e adjacências e, agora, despudoradamente atenta contra a liberdade de imprensa, sob argumentos inconsistentes.

    Safadeza tem limite!

    Nada como um dia depois do outro.

  2. helo disse:

    Dilma 3 dias antes de sair nomeou esse Ricardo Melo que mesmo sem curriculum ou trabalho no órgão, se recusa a sair, apelando ao STF, o famoso foro. Sua saída não representa atentado contra a liberdade de imprensa, somente atesta a dificuldade desesperada de alguns em largar o osso mesmo até antes de mordê-lo. Patético.

  3. Ludwig Von Drake disse:

    Ninguém paga imposto para o governo ter uma TV, pagamos imposto é para ter segurança; havendo paz social, todo o resto a sociedade consegue arranjar.

  4. Beraldo disse:

    O pior cego é o que não quer enxergar.

    A TV Brasil foi a única e lançar imagens e informações das manifestações contra o impeachment, em contraponto à Globo e suas seguidoras.

    Sua pretendida extinção nada mais é do que uma vingança contra o seu Gestor, cuja demissão foi barrada pelo STF.

    O Michel conspirador e traidor, monstra que é também vingativo.

    Conseguindo seu intento, que se dane a propalada liberdade de imprensa.

    Nada como um dia depois do outro.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *