Início » Brasil » Governo prevê rombo de R$ 40 bi na Previdência
Economia

Governo prevê rombo de R$ 40 bi na Previdência

No relatório de avaliação de receitas e despesas do quarto bimestre, a projeção para o rombo do regime de aposentadoria foi elevada em apenas R$ 524,7 milhões

Governo prevê rombo de R$ 40 bi na Previdência
Os números da Previdência Social relativos ao mês de agosto só deverão ser divulgados pelo Ministério da Previdência na semana que vem (Reprodução/Internet)

O rombo da previdência social neste ano pode superar R$ 50 bilhões, diante do crescimento das despesas com benefícios e a queda no ritmo previdenciário. Mas o governo manteve subestimado o déficit projetado para a Previdência Social no ano.

No relatório de avaliação de receitas e despesas do quarto bimestre, a projeção para o rombo do regime de aposentadoria foi elevada em apenas R$ 524,7 milhões, somando R$ 40,6 bilhões. Só que nos últimos 12 meses, encerrados em julho, o resultado negativo já atingiu R$ 47,8 bilhões e a tendência é de aumento até dezembro.

Segundo Fernando Monteiro, especialista em contas públicas e economista chefe da Tullett Prebon, a projeção previdenciária da Fazenda é absolutamente irrealista. “Da nossa parte, continuamos esperando um rombo de R$ 55 bilhões”, afirmou.

Os números da Previdência Social relativos ao mês de agosto só deverão ser divulgados pelo Ministério da Previdência na semana que vem, porque a pasta foi proibida de anunciar o resultado antes da divulgação do resultado das contas do governo central, que reúne Tesouro, Previdência e Banco Central. O balanço do INSS passou a ser publicado apenas no site da Previdência e só depois de passar pelo crivo do Palácio do Planalto.

Especialistas apontam para a alta no déficit da Previdência, diante do crescimento natural das despesas com benefícios, impulsionadas pelo reajuste real do salário mínimo. Afirmam também que as receitas previdenciárias estão crescendo em um ritmo muito menor esse ano, por conta da retração da economia. Entre janeiro e agosto, a arrecadação com as contribuições subiu 1,89% em relação aos primeiros oito meses de 2013, para R$ 227 bilhões. No mesmo período do ano passado, a alta era de 2,6%, de acordo com dados da Receita Federal.

“A estimativa da Fazenda para o déficit da Previdência em 2014 é um valor difícil de ser alcançado. É de se esperar que fique em R$ 50 bilhões ou pouco acima disso” destacou o especialista do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Marcelo Caetano.

O caminho mais adequado e transparente em relação às contas públicas seria o governo admitir que não conseguirá cumprir a meta de superávit primário neste ano, assumindo o déficit real da Previdência, segundo especialistas.

Para os especialistas, o caminho mais adequado e transparente em relação às contas públicas seria o governo admitir que não cumprirá a meta de superávit primário neste ano, assumindo o déficit real da Previdência.

 

Fontes:
O Globo-Governo prevê rombo de R$ 40 bi na Previdência

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *